Resident Evil 4 – Recomeço (Resident Evil: Afterlife)

Cinema quinta-feira, 13 de setembro de 2012 – 1 comentário

 Em um mundo devastado pela infecção por um vírus que faz com que suas vítimas se tornem zumbis, Alice (Milla Jovovich) segue sua jornada em busca de sobreviventes. O confronto com a Umbrella Corporation atinge um novo nível, o que faz com que Alice receba a inesperada ajuda de um velho amigo. Los Angeles aparenta ser um local seguro para os não-infectados, mas ao chegarem à cidade eles descobrem que foram atraídos para uma armadilha mortal.

Esse filme se passa algum tempo depois do terceiro, quando Alice descobre seus clones e resolve botar a Umbrella para baixo. Acredito que talvez role spoiler sobre os acontecimentos da película anterior, então sinta-se à vontade de parar de ler agora. continue lendo »

Resident Evil 3 – A Extinção (Resident Evil: Extinction)

Cinema quinta-feira, 13 de setembro de 2012 – 1 comentário

 O T-Vírus experimental, criado pela Umbrella Corporation, foi liberado no mundo, transformando a população em zumbis que se alimentam de carne humana. Com as cidades sem segurança alguma, Carlos Olivera (Oded Fehr) e L.J. (Mike Epps), juntamente com as sobreviventes K-Mart (Spencer Locke) e Betty (Ashanti), reúnem um grupo e fogem pelo deserto, em um comboio blindado. Eles procuram outras pessoas que não estejam infectadas, mas apenas encontram outros mortos-vivos. O grupo é acompanhado pelo dr. Isaacs (Iain Glen), que está num complexo laboratorial subterrâneo da Umbrella Corporation, escondido sob uma torre de rádio abandonada em Nevada. Isaacs acompanha também Alice (Milla Jovovich), que, após ser capturada pela Umbrella, foi submetida a um teste biogenético que alterou sua configuração genética. Agora transformando-se constantemente e sob o risco de ser traída pelo seu próprio corpo, Alice segue o comboio e tenta conduzi-los ao seu destino: O Alasca, onde acreditam que estarão livres dos zumbis. continue lendo »

Resident Evil 2 – Apocalipse (Resident Evil: Apocalypse)

Cinema quinta-feira, 13 de setembro de 2012 – 0 comentários

 Desde que foi capturada pela Corporação Umbrella, Alice (Milla Jovovich) passou por várias experiências biogênicas. Ela teve seus genes modificados, o que fez com que adquirisse poderes, sentidos e agilidade sobre-humanos. Agora ela precisa retornar à cidade de Racoon, onde recebe o apoio de Jill Valentine (Sienna Guillory) e Carlos Olivera (Oded Fehr) para eliminar um vírus mortal que ameaça fazer com que todo ser humano retorne como morto-vivo.

Só uma coisa: Uau! Uma continuação que conseguiu ser, no mínimo, cinco vezes melhor que o original! continue lendo »

Resident Evil: O Hóspede Maldito (Resident Evil)

Cinema quinta-feira, 13 de setembro de 2012 – 2 comentários

 Alguma coisa terrível está oculta na “Colméia”, um enorme laboratório subterrâneo utilizado para pesquisa genética que é controlado pela Umbrella, uma dos maiores conglomerados do mundo. Lá há uma epidemia do T-Vírus, uma arma biológica de grande poder que acaba matando todos os cientistas que lá trabalhavam. Na verdade se eles tivessem sido mortos realmente teria sido ótimo, mas todos são transformados em zumbis, que sentem uma fome incontrolável e transformam todas as suas vítimas em outros zumbis. Quando isto acontece Alice (Milla Jovovich), que não sabe bem quem ela é, e Rain Ocampo (Michelle Rodriguez) se integram a um comando que entra na “Colméia” para entender e tentar controlar a situação. Porém isto tem de ser feito muito rápido, pois em três horas “Rainha Vermelha”, o supercomputador que controla o local, o selará para sempre e quem estiver lá dentro estará fatalmente condenado a se tornar um zumbi.

Primeiro: Pra que deixar o título em inglês se a tradução do mesmo foi usada como sub-título? Seria pra deixar óbvio ao público que o filme é baseado num jogo? Mas já não é óbvio o suficiente?

E outra, procurar um termo mais bonito que hóspede dumal não teria sido a melhor saída já que esse subtítulo tão polêmico acaba ficando fora do contexto do filme? Nenhum dos tradutores conhecia a história? Isso e muito mais aqui no Bacon Repórter. continue lendo »

Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros (Abraham Lincoln: Vampire Hunter)

Cinema quinta-feira, 06 de setembro de 2012 – 0 comentários

 Nancy Lincoln (Robin McLeavy) é a mãe do presidente Abraham Lincoln (Benjamin Walker) e foi assassinada por uma criatura sobrenatural. Incorfomado com o fato, ele declara uma guerra sem piedade contra os seres das trevas e começa a destruir todos os vampiros e os escravos que os ajudam.

Cara… Não sei o que pensar desse filme. Tive dois derrames e meio enquanto assistia. Acho que nunca houve tantas reviravoltas de uma só vez em toda a história do cinema. Eu, pelo menos, nunca tinha visto um filme que caísse tanto de qualidade em menos de dez minutos. O que prometia ser um filme de ação less than brainless acabou virando um ode ao nacionalismo americano… Ou coisa parecida.

Vamos logo pro resto da resenha. Quanto mais rápido acabarmos com isso, mais rápido vou me recuperar do trauma. continue lendo »

O Legado Bourne (The Bourne Legacy)

Cinema quinta-feira, 06 de setembro de 2012 – 0 comentários

 ‘O Legado Bourne’ expande o universo Bourne criado por Robert Ludlum com uma história original que apresenta um novo herói: Aaron Cross (Jeremy Renner). Ele passou pelo mesmo tipo de recrutamento de Bourne no misterioso programa conhecido como Treadstone. Tony Gilroy, o arquiteto da narrativa por trás dos filmes da série Bourne, assume a direção do próximo capítulo da popular franquia de espionagem, que já arrecadou quase US$ 1 bilhão nas bilheterias de todo o mundo.

É claro que a continuação não-programada [Ou não desejada pelo principal ator, vai saber] de uma franquia tem tudo pra cagar na cabeça de geral. O que não é o caso aqui. Eles só ignoram que o ciclo do personagem tá terminado e querem continuar com outro agente secreto que tem problemas mentais sérios. Não que isso torne o filme ruim, ele só não preenche as expectativas de uma continuação de uma saga foda, o que não aconteceria se o nome da saga não fosse usado. Ou mesmo se referências à saga anterior não fossem feitas. Mas quem liga pra isso, quando os dólares estão rolando? continue lendo »

Intocáveis (Intouchables)

Cinema terça-feira, 04 de setembro de 2012 – 0 comentários

 Na sequência de um acidente de parapente que o deixou tetraplégico, Philippe (François Cluzet), um aristocrata francês de meia-idade, decide contratar alguém que o apoie nas suas rotinas diárias. É então que conhece Driss (Omar Sy), um jovem senegalês de um bairro problemático, recém-saído da prisão. Driss é, segundo todas as aparências, alguém totalmente inadequado à função, porém Philippe, estabelecendo com ele um vínculo imediato, contrata-o. Assim, com o passar dos dias, aqueles dois homens com vidas tão díspares vão encontrar coisas em comum que ninguém julgaria possíveis, nascendo entre eles uma amizade que, apesar de improvável, se tornará mais profunda a cada dia.

Nunca assisti um filme com tamanha desconfiança. Leiam a sinopse e me falem que parece ser um saco de filme, com um monte de besteira sentimental proibida para pessoas diabéticas? Acontece que tem besteiras sentimentais, mas não é só isso minha gente. Já digo que vou babar ovo pro filme mesmo, vocês que se danem. Só pra deixar claro também, o filme é baseado em fatos reais. continue lendo »

A Lagoa Azul (The Blue Lagoon)

Bogart é TANGA! sexta-feira, 31 de agosto de 2012 – 4 comentários

 Essa é pra vocês que acham que pra escrever no Bacon é só chegar e já era. Não se enganem jovens, antes da fama, dos milhões e das mulheres, há um rigoroso processo de seleção. Que é doloroso demais pra descrever aqui, mas pra vocês terem uma ideia, é bastante próximo do treinamento do BOPE, como visto no filme Tropa de Elite. Tirando a parte dos exercícios, lições de estratégia e comer comida do chão em 10 segundos. E adicionando a escrita de alguns textos com tema pré-determinado e prazos absurdos. Então, como eu vinha dizendo, nada a ver com o Tropa de Elite. Mas o fato é durante o processo da minha incursão nesse site, uma das coisas que a Uiara (Editora de cinema na época) me fez fazer foi uma resenha do Lagoa Azul. E essa pérola teria se perdido na imensidão da internet pra sempre, não fosse a minha mania de não apagar emails e revê-los casualmente anos depois. continue lendo »

Os Mercenários 2 (The Expendables 2)

Cinema quinta-feira, 30 de agosto de 2012 – 0 comentários

 Ao aceitarem uma missão aparentemente simples, o grupo é surpreendido e as coisas não saem como planejado. O que era uma simples missão, passa a ser uma questão de honra para a equipe. Além de enfrentarem Van Damme e seu bando, o grupo terá que correr contra o tempo para evitar um incidente nuclear.

No retorno do sr. Stallone ao papel de Barney Ross, juntamente com toda a trupe do primeiro [Bom, nem toda, já que o Mickey Rourke não aparece nessa bagaça], temos um filme que se leva muito menos a sério que o primeiro. E isso é muito bom, porque como foi apontado pelo Lucas, os atores e os papéis que eles representaram e ainda representam são maiores do que tudo isso. Afinal, se você tá na internet, com certeza já viu uma piada sobre a omnipotência de Chuck Norris. E não adianta mentir, que até quem não tá na internet já viu a piada/meme, que vazou pro “mundo real”. E eu vou logo avisando que esse texto terá spoilers. Não porque eu sou chato e quero revelar a trama pra vocês, mas porque não tem como falar desse filme sem citar o enredo. “Enredo”, pfff. Além do que, é um filme de ação, porra. Quem liga pra história? continue lendo »

Os Mercenários (The Expendables)

Cinema quarta-feira, 29 de agosto de 2012 – 0 comentários

 Barney Ross (Sylvester Stallone) é o líder de um grupo de mercenários, que realiza qualquer missão desde que ela seja bem paga. Entre seus companheiros usuais estão o especialista em facas Lee Christmas (Jason Statham), Yin Yang (Jet Li) e Gunnar Jensen (Dolph Lundgren), que têm demonstrado instabilidade emocional durante as missões. Um dia, Barney e sua trupe são contratados para derrubar o general Garza (David Zayas), ditador da ilha de Vilena. Barney e Lee vão ao local e encontram Sandra (Giselle Itié), que deseja derrubar o governo. Só que logo eles são atacados pelas forças de Garza e de Monroe (Eric Roberts), um empresário americano que financia o governo local. Barney e Lee deixam Vilena e abandonam a missão, mas a persistência de Sandra, que deseja ficar para lutar pela liberdade, mexe com os até então inexistentes princípios de Barney.

Eu não sei se o nível geral do cinema caiu muito nos últimos dois anos ou a expectativa que eu tinha na época em que Os Mercenários foi lançado prejudicou o meu julgamento inicial. Mas o fato é que eu achei o filme bem melhor depois dessa última revisão. continue lendo »

confira

quem?

baconfrito