Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis — Review

Cinema segunda-feira, 13 de setembro de 2021 – 0 comentários

Eu me entubei num cinema por 2 horas e 12 minutos com uma galera que não sabe nem botar nariz pra dentro da máscara para apresentar-vos o review de Shang-Chi. O primeiro filme do MCU protagonizado por um ator de etnia asiática (Simu Liu é sino-canadense) estreou aqui no Brasil no dia 02 de setembro exclusivamente nos cinemas, e deve estar disponível no Disney+ a partir do dia 18 de outubro. Decidi fazer um review sem spoilers (Além do que já foi mostrado nos trailers) para quem compreensivelmente escolheu esperar para ver em casa. Shang-Chi tem duas cenas pós-créditos, uma antes e outra depois dos créditos em preto e branco (Também não vou falar sobre elas, mas tem no Google). Let’s go.

 continue lendo »

Viúva Negra — Review

Cinema segunda-feira, 12 de julho de 2021 – 0 comentários

Depois de um longo inverno de 2 anos e 4 dias (Desde Homem-Aranha: Longe de Casa, 2019), o MCU está de volta às telonas com Viúva Negra (Também disponível no Disney+, com o Premier Access). O filme é uma midquel que se passa entre Capitão América: Guerra Civil (2016) e Vingadores: Guerra Infinita (2018). Vim aqui fazer hora extra no Bacon para trazer-vos esse nada imparcial review. Lembrando que tem uma (Só 1) cena pós-créditos. Vamo lá (Com spoilers).

 continue lendo »

Sonic – O Filme (Sonic The Hedgehog)

Cinema quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020 – 0 comentários

 ‘SONIC – O Filme’ é uma aventura live-action baseada na franquia mundial de vídeo game da Sega que conta a história do ouriço azul mais famoso do mundo. O longa segue as aventuras de Sonic enquanto ele tenta se adaptar à nova vida na Terra com seu novo melhor amigo humano, o policial Tom Wachowski (James Marsden). Sonic e Tom unem forças para tentar impedir que o vilão Dr. Robotnik (Jim Carrey) capture Sonic e use seus poderes para dominar a humanidade.

Você, nintendista de plantão, provavelmente se lembra da bomba que foi o filme do Mario. E não ouse perguntar qual Mario, pelo amor dos seus filhinhos. Mas, 27 anos depois, Super Mario Bros aparenta ter sido uma lição pra galera da SEGA que prestou consultoria pro rolê, já que, a despeito do filme ser uma adaptação de um jogo que não tem história praticamente nenhuma [Ou você acha que o Dr. Ivo “Eggman” Robotnik transformar os animais em robôs é história?], é bem fiel ao seu material de origem, tanto quanto é possível numa adaptação feita por Hollywood. continue lendo »

Aves de Rapina – Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (Birds of Prey (And the Fantabulous Emancipation of One Harley Quinn))

Cinema quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020 – 0 comentários

 Você já ouviu aquela da policial, do pássaro que canta, da psicopata e da princesa da máfia? Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa) é um conto distorcido contado pela própria Arlequina, como somente a própria pode contar. Quando o vilão mais narcisista de Gotham, Roman Sionis, e seu zeloso braço direito, Zsasz, têm como alvo uma jovem chamada Cass, a cidade fica de cabeça para baixo procurando por ela. Os caminhos de Arlequina, Caçadora, Canário Negro e Renee Montoya se cruzam e o improvável quarteto não tem escolha a não ser se unir para derrubar Roman.

Ao contrário do que possa parecer pelo cartaz, Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa não é uma obra-prima como O Nascimento de Vênus de Sandro Botticelli. Mas, ao contrário do último da DC nos cinemas, não vai ganhar nenhum Oscar é uma adaptação de quadrinhos sensacional, considerando o material de referência. continue lendo »

O Caso Richard Jewell (Richard Jewell)

Cinema quinta-feira, 02 de janeiro de 2020 – 0 comentários

 “Há uma bomba no Centennial Park. Vocês têm trinta minutos”. O mundo é apresentado a Richard Jewell pela primeira vez como o guarda de segurança que relata ter encontrado uma bomba no atentado de 1996 em Atlanta – o fato o tornou um herói cujas ações rápidas salvaram inúmeras vidas. Mas em poucos dias, o aspirante a agente da lei se torna o suspeito número um do FBI, difamado pela imprensa e pelo público, tendo sua vida destruída. Chegando ao advogado independente e antissistema Watson Bryant, Jewell firmemente professa sua inocência. Bryant, porém, descobre que lutar contra os poderes combinados do FBI, GBI (The Georgia Bureau of Investigation) e APD (Atlanta Police Department) para limpar o nome de seu cliente, enquanto impede Richard de confiar nas pessoas que tentam destruí-lo, está além de suas habilidades.

Se você nunca viu um filme dirigido pelo Clint Eastwood e liga pra essas coisas, eu não recomendo começar por aqui. Vai ver Os Imperdoáveis, que pra quem gosta de faroeste, é um prato cheio. Mas O Caso Richard Jewell é uma ode do diretor aos heróis não reconhecidos, como é o caso de Richard Jewell [Trocadilho intencional], que foi tirado pra bode espiatório pelo FBI e pela imprensa pro caso da bomba do Centennial Olympic Park. Mas graças ao advogado Watson Bryant, ele conseguiu provar sua inocência. Ou ao menos que não existia prova contra ele. continue lendo »

Coringa (Joker)

Cinema quinta-feira, 03 de outubro de 2019 – 0 comentários

 Para sempre sozinho no meio da multidão, Arthur Fleck busca conexão. No entanto, enquanto caminha pelas ruas de Gotham City e percorre os trilhos grafitados do transporte público de uma cidade hostil repleta de divisão e insatisfação, Arthur usa duas máscaras. Seu dia de trabalho como palhaço, e uma outra que ele nunca pode remover; é o disfarce que ele projeta em uma tentativa fútil de sentir que faz parte do mundo ao seu redor, e não o homem incompreendido que a vida está repetidamente derrotando. Sem pai e com uma mãe frágil, indiscutivelmente sua melhor amiga, que o apelidou de Happy, um apelido que dá a Arthur um sorriso que esconde a dor do seu coração. Mas quando é intimidado por adolescentes nas ruas, insultado no metrô ou simplesmente provocado por palhaços colegas de trabalho, esse desvio social só fica ainda mais fora de sincronia com todos ao seu redor.

Eu devo ser muito chato mesmo, pra não ter achado o filme tudo isso que tão falando. Não me leve à mal, a atuação do Joaquin Phoenix é bem foda mesmo, mas fica por ae. A história, se não fosse um filme do Coringa, faria muito sentido: Uma pessoa com sérios disturbios psicológicos que sai tocando o terror pela cidade. Onde eu já vi isso mesmo? Ah, é: Taxi Driver. continue lendo »

Pokémon: Detetive Pikachu (Pokémon Detective Pikachu)

Cinema terça-feira, 13 de agosto de 2019 – 0 comentários

Ligeiramente baseado no jogo para Nintendo DS de mesmo nome, Detetive Pikachu segue a história de Tim (Justice Smith), ao saber que seu pai foi morto num acidente. Quando Tim percebe que o antigo parceiro de seu pai, um Pikachu com amnésia, pode falar normalmente com ele, ambos juntam suas forças para percorrer Ryme City e descobrir exatamente como o pai de Tim morreu.

Tá, eu sei que o filme saiu faz tempo, mas primeiro: Eu só assisti agora. Segundo: Eu não deveria ter feito isso. Terceiro: Quem liga?

Então caso você queira uma resolução simples sobre assistir ou não o bagulho, ou ainda apenas uma versão reduzida do que eu vou passar parágrafos falando, aqui vai: Foge. Se você gosta de Pokémon, foge. Se você gosta de filme, foge. Porra cara, se você gosta de café foge também. Aliás, faz algo mais produtivo na tua vida e vai arranjar um emprego… Não que tenha emprego sobrando mas né… O trabalho dignifica o homem… Ou qualquer coisa que o valha. continue lendo »

Terra à Deriva (Liú làng dì qiú)

Cinema quarta-feira, 17 de julho de 2019 – 0 comentários

 No futuro não muito distante, quando a expansão do Sol ameaça a tudo e todos no planeta Terra, governos se unem para colocar em prática um plano ambicioso: construir milhares de motores gigantes na superfície do planeta, levando-o para fora do perigo no nosso sistema solar. 17 anos mais tarde, o plano corre perigo de falhar catastróficamente quando a Terra passa por Júpiter. Um jovem rapaz, Liu Qi, sua irmã e seu avô são envolvidos sem querer nos esforços para impedir que, em 37 horas, Terra e Júpiter se choquem.

Confesso que fiquei um bom tempo sem assistir um filme do início ao fim por conta de um misto de pura preguiça mental e falta de tempo. Acompanhar séries é mais fácil, com a narrativa convenientemente diluída em episódios de 20, 30, 40 minutos. Com a vergonha pesando na consciência decidi um tempo atrás recomeçar minha carreira com a megaprodução chinesa que entrou sem alarde no catálogo da Netflix no início desse ano: Terra à Deriva. continue lendo »

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald)

Cinema quinta-feira, 15 de novembro de 2018 – 0 comentários

 Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald é a segunda de cinco novas aventuras no Mundo Bruxo de J.K. Rowling. No final do primeiro filme, o poderoso bruxo das trevas Gerardo Grindelwald (Johnny Depp) foi capturado pela MACUSA (Congresso Mágico dos Estados Unidos da América) com a ajuda de Newt Scamander (Eddie Redmayne). Mas, cumprindo sua ameaça, Grindelwald escapou da custódia e começou a reunir seguidores, a maioria desavisada de sua verdadeira intenção: criar magos de sangue puro para dominar todos os seres não-mágicos. Em um esforço para frustrar os planos de Grindelwald, Alvo Dumbledore (Jude Law) recruta seu ex-aluno Newt Scamander, que concorda em ajudar, desconhecendo os perigos que estão por vir. As linhas são desenhadas à medida que o amor e a lealdade são testados, mesmo entre os mais verdadeiros amigos e familiares, em um mundo bruxo cada vez mais dividido.

Eu vou te falar, esperava mais dissae. Não sei se foi o primeiro filme que não era tão descaradamente uma continuação esperando pra acontecer, ou o fato de que esse aqui nem entregou o que o título prometia: Quais foram os crimes de Gindelwald? Porra, mostra o cara arrancando umas cabeças, sei lá. continue lendo »

Homem-Formiga e a Vespa (Ant Man and the Wasp)

Cinema quinta-feira, 05 de julho de 2018 – 0 comentários

 Depois dos acontecimentos de ‘Capitão América: Guerra Civil’, Scott Lang (Paul Rudd) enfrenta as consequências de suas escolhas tanto como super-herói quanto como pai. A medida que ele luta para equilibrar sua vida em casa com suas responsabilidades de Homem-Formiga, ele é convocado por Hope van Dyne (Evangeline Lilly) e Dr. Hank Pym (Michael Douglas) para uma nova e urgente missão. Scott precisa mais uma vez vestir seu uniforme e aprender a lutar ao lado da Vespa a medida que o time trabalha junto para descobrir segredos de seu passado.

Se você notou que não teve Homem-Formiga em Guerra Infinita [Nem Gavião Arqueiro], esse filme é pra você. Basicamente, a história é que ele tá igual um adolescente de castigo, que não pode sair de casa sob pena de ir pra uma cadeia de verdade. O que, a sua adolescência não foi assim? Que sorte a sua! E, como todo adolescente, ele vai tentar dibrar o castigo das formas mais ridículas possíveis. Ou cê tá pensando que o filme todo se passa na casa do Scott Lang? Isso aqui não é a Fox, não, pra ficar regulando orçamento. continue lendo »

confira

quem?

baconfrito