Supletivo Nerd #02 – Equipes X – Parte 2

Nona Arte terça-feira, 26 de maio de 2020 – 0 comentários

Segunda e última parte das equipes X que valem a pena ser citadas. Sim, eu vou deixar de fora a Geração X, por motivos de ninguém tá nem aí pra isso e a única coisa boa que ela fez foi a M, e mesmo assim ela só é interessante no X-Factor. Paciência.

“Mas teve até filme”. NINGUÉM SIMPORTA!

Excalibur (1988)

Formada por Capitão Britânia, Meggan, Noturno, Kitty Pryde e Fênix (Rachel Grey, filha de Ciclope e Jean Grey de outra realidade), a equipe britânica surgiu em uma época onde todos acreditavam que os X-Men estavam mortos. O primeiro volume durou 125 edições, chegando ao fim após o casamento de Capitão Britânia e Meggan. Outros membros importantes da equipe nesse volume foram Colossus, Wisdom, Lupina, Cavaleiro Negro e Douglock, o Cifra dos Novos Mutantes, que fundiu-se ao Warlock.

Em 2001, o segundo volume de Excalibur surgiu em formato de minissérie, mostrando o Capitão Britânia tornando-se rei da dimensão Outromundo e em 2004 o terceiro volume, que durou 14 edições, chegou com a equipe sendo formada por Professor X, Magneto, Calisto (Ex-líder dos *Morlocks), Fera Negro (O Fera da Era do Apocalipse) e alguns novos personagens, dos quais apenas a Sentinela Ômega viria a ter certo destaque futuramente.

Em 2005, o Novo Excalibur surgiu e retomou as origens da equipe. Trazendo Capitão Britânia e Wisdom de volta, o time contava com Fanático, Sábia, Cristal, Longshot e Nocturna, filha de Noturno e Feiticeira Escarlate de outra realidade. Esse volume durou 24 edições e deu lugar à série Capitão Britânia e o MI 13.

*Morlocks são mutantes que viviam nos esgotos de Nova York.

X-Force (1991)

Em 1989, Aquele Que Não Devemos Nomear assumiu o volume dos Novos Mutantes e fez grandes mudanças ao colocar o Cable, agora um brucutu que veio do futuro com armas maiores que um cavalo e mais bolsos que qualquer um possa utilizar, como tutor dos jovens. Na edição número 100 de Novos Mutantes, a equipe passou a chamar-se X-Force e tornou-se um grupo militar de brucutus violentos como a maioria dos heróis na década de 90. Esse primeiro volume da X-Force durou até 2001, quando a Marvel voltou a ter juízo e começou a investir novamente na qualidade de sua publicações.

Em 2004, uma minissérie de seis edições foi lançada, tornando-se o segundo volume da X-Force, e em 2008, após os acontecimentos de Complexo de Messias, Ciclope cria uma nova X-Force para lidar com ameaças mutantes. Wolverine, X-23, Apache e Lupina foram os membros fundadores e mais tarde ganharam os reforços de Anjo, Deadpool, Dominó, Fantomex e outros.

Após o lançamento da *Marvel Now, duas X-Forces surgiram. Enquanto Cable e a X-Force era formada por Cable, Dr. Nêmesis, Colossus, Dominó e Dinamite, Fabulosa X-Force contava com Psylocke, Tempestade, Fantomex, Bishop, Pigmeu e Espiral. Após algumas tretas, as duas equipes se unem, porém, o fim já estava próximo.

Em 2019, após a morte de Cable (Calma, tem um jovem Cable agora), uma nova X-Force formada pelos membros originais surge para vingar a morte do brucutu em um volume de 10 edições, porém, ainda em 2019, a equipe é reformulada para atender melhor os acontecimento de *Dinastia X e Poderes do X.

*Marvel Now foi como ficou conhecida a linha editorial da Marvel após Vingadores vs X-Men, trazendo grandes mudanças nas equipes e nos personagens da editora.

*Dinastia X e Poderes do X são duas minisséries lançadas em 2019 responsáveis por mudar o status quo dos mutantes, que agora vivem em Krakoa, a nação mutante.

X-Táticos (2002)

Quando eu disse que Marvel recobrou o juízo nos anos 2000, eu não tava exagerando. Tentando dar uma suavizada na X-Force e desmilitarizar o grupo mutante, a Marvel trouxa Axel Allonso e Peter Milligan e entregou a eles o título da X-Force pra que fizessem o que quisessem com ele, desde que os personagens não fossem mais brucutus sanguinários. Da mente louca dos dois artistas surgiu então os X-Táticos (Eram X-Force, mas os membros da antiga equipe revindicaram o nome), uma equipe de mutantes que não quer nada além de fama e fazem parte de um reality show onde a principal diversão é matar algum membro toda semana. Não faz muito sentido, né? Mas é um dos melhores títulos da Marvel no início dos anos 2000. A série durou 26 edições e foi responsável pela introdução de Dup no universo Marvel.

A seguir: Os heróis mais poderosos da Terra.

Supletivo Nerd #01 – Equipes X – Parte 1

Nona Arte terça-feira, 19 de maio de 2020 – 0 comentários

Passei muito tempo da minha vida lendo quadrinhos e precisava colocar todo esse incrível conhecimento pra fora. Por isso, decidi começar uma série de textos sobre quadrinhos nessa coluna a tanto tempo esquecida, conhecida como Nona Arte. A intenção é fazer um mega resumo de tudo o que aconteceu de “importante” no universo Marvel e DC até o atual momento, pra que você, jovem inocente que deseja adentrar esse universo de diversão e (Na maioria das vezes) decepção, não precise gastar horas e mais horas lendo histórias antigas de qualidade duvidosa. Porém, antes de começarmos a falas das grandes sagas, é preciso que vocês conheçam as principais equipes.

 continue lendo »

Baconews #53 – All Hail The Taika

Cinema, Games, HQs, Livros, Televisão sexta-feira, 08 de maio de 2020 – 0 comentários

Primeiras imagens de A Velha Guarda, nova série da Netflix baseada nos quadrinhos da Image Comics, escrita por Greg Rucka, são divulgadas.

 A série estreia em 10 de julho.

continue lendo »

Oséias: gay, preto e lobisomem

HQs terça-feira, 04 de fevereiro de 2020 – 0 comentários

Lá pro final do ano passado chegou à minha atenção uma campanha do Catarse de um gibi. Sendo a puta de financiamento coletivo que eu sou, fui lá conferir, e eis que fui esbofeteado pela sinopse da parada: Oséias é um lobisomem gay que consegue ver o futuro. Esse tipo de absurdo é exatamente o que eu quero na minha vida.

 continue lendo »

Alvorada, POA e o Pablito Aguiar

HQs, Webcomics quarta-feira, 09 de outubro de 2019 – 0 comentários

Uns tempos atrás, eis que me assalta um carioca uma entrevista em forma de quadrinhos, contando a história de um pescador. Li, gostei, vida que segue… Eis que, pouco depois, descubro que é uma série, a Porto Alegre em Quadrinhos, e que tem mais… Muito mais.

 continue lendo »

Cê curte HQ de briga?

Webcomics terça-feira, 09 de abril de 2019 – 0 comentários

Por acaso você é velho e acabado feito a gente? Cê passou as manhãs da tua vida vendo programa infantil com apresentadoras de sainha? Cê tava lá no final dos anos 80 até os primeiras anos 2000 vendo a tão fatídica chamada invasão japonesa? Já passou vergonha achando que o auge do storytelling envolvia centenas de milhares de horas de fluff e enrolação com direito à montagens intermináveis de flashbacks e discursos de motivação? Pois então saca só HQ de briga:

 continue lendo »

Novo Baconews (de novo) #47

Cinema, HQs, Televisão sexta-feira, 19 de outubro de 2018 – 0 comentários

Comemoração dos 80 anos da Marvel traz grandes clássicos de volta

Em 2019 a Marvel comemora seus 80 anos (contando a época em que foi Timely Comics e Atlas) e para comemorar anunciou lançamentos especiais de 3 grandes clássicos. Crypt of Shadows (Cripta das Sombras), lançada nos anos 70 que contava histórias de terror, Journey into Unknown Worlds (Jornada aos Mundos Desconhecidos), dos anos 80 e que focava em histórias de ficção científica e War is Hell (A Guerra é um Inferno), também da década de 70 e que, como o nome já diz, reunia histórias sobre a Segunda Guerra Mundial.

 continue lendo »

O ego e a alma

HQs segunda-feira, 15 de outubro de 2018 – 0 comentários

O simbionte que viria a ser o Venom surgiu como o uniforme negro do Homem Aranha em 1984 durante as Guerras Secretas, um mega crossover pra vender bonequinho, e foi idealizado por um fã, que vendeu a ideia do uniforme negro pela bagatela de 220 dólares. Após ser rejeitado por Peter Parker ao descobrir que a roupinha nova na verdade era uma criatura alienígena maligna, o simbionte ficou mais rancoroso que crocodilo no esgoto e fundiu-se a Eddie Brock, outra recalcada que teve sua carreira como jornalista destruída pelo Homem Aranha e assim, sob a guarda de Todd McFarlane, tivemos o surgimento do Venom brucutu e nojento, que deveria ser um dos maiores vilões do Cabeça de Teia, mas que na verdade só serviu pra “inspirar” a criação do Spawn e algo muito pior, a Image Comics. E é aí que eu quero chegar.

Olha a merda que eu fiz!

continue lendo »

Baconews #46 – Tâmo de volta de novo mais uma vez

Cinema, HQs, Televisão quarta-feira, 10 de outubro de 2018 – 0 comentários

A primeira série live action de Star Wars finalmente virá ao mundo.

Cê fraga Boba Fett, o personagem mais inútil de Star Wars que toma volta pro Han Solo cego? Então, calma. A série não é sobre ele, mas sim sobre o povo dele. The Mandalorian é o nome da série e é focada em um mandaloriano, obviamente, se metendo em altas confusões em uma galáxia muito, muito distante.

A série é ambientada entre O Retorno de Jedi e O Despertar da Força, será produzida por Jon Favreau, terá entre seus diretores Dave Filonni e Taika Waititi e eu sinceramente não sei se quero ver mais universo expandido de Star Wars.

 continue lendo »

Eeeeeee ô ôoooo, vida de Pantera

HQs quarta-feira, 18 de julho de 2018 – 0 comentários

Apesar de toda a sua importância política e de representatividade, Pantera Negra, assim como o Homem de Ferro, estava longe da série A dos super heróis da Marvel antes de seu primeiro filme solo. Com certeza, graças ao sucesso do filme, o personagem finalmente ganhará seu lugar ao sol e começará a ter mais importância dentro da própria editora, inclusive já garantindo lugar na nova HQ dos Vingadores que irá surgir esse ano. Mas você fraga mesmo de Pantera Negra?

 continue lendo »

confira

quem?

baconfrito