Um Baralho para a todos governar

Games quarta-feira, 20 de setembro de 2017 – 0 comentários

Perdidos aqui no Bacon, tem vários textos meus falando sobre TCGs, ou CCGs ou simplesmente jogos de cartas: O fato é que eu sempre curti a parada, e arranjar um deck de um jogo qualquer é muito mais fácil que comprar um videogame ou um computador novo ou até mesmo jogar RPG. E mais barato. Ou pelo menos era, antes da crise que crise.

 Toda vez que eu falo de jogo de carta eu boto um meme ruim do Yugi no texto… E ainda tem vários na reserva virados para baixo.

continue lendo »

Meu problema com os jogos de Gerenciamento de Recursos

Games sexta-feira, 01 de setembro de 2017 – 2 comentários

Pra mim os fatídicos “Resource Management games” são um erro, um sistema arcaico de game design que deveriam sumir desse mundo, e muito provavelmente este texto inteiro vai parecer um mimimi gigante.

 Discurso corporativo também poderia sumir do mundo.

continue lendo »

Nosso personagem gay, negro e autista ainda pula

Games quarta-feira, 02 de agosto de 2017 – 0 comentários

Já tem um par de semanas que eu venho dividindo o meu tempo ler mais sobre RPG e jogar Factory Idle, sendo que vez ou outra surge um Dishonored, Papers, Please ou o PS2 aí no meio, e eu me peguei pensando onde exatamente os jogos vão parar no futuro…

 continue lendo »

Zerar um jogo é muito mais legal que Platinar

Games quarta-feira, 19 de julho de 2017 – 0 comentários

Eu nunca liguei muito pra ter 100% nos jogos. Claro, eu quero os troféus, achievements e armas, mas 100%? Platinar? Do tipo coletar bandeirinha, fazer todas as arenas e completar o jornal? Porra, eu tenho mais o que fazer.

 continue lendo »

Videogame não é (E não deveria ser) história

Games quarta-feira, 12 de julho de 2017 – 3 comentários

Eu sei que sou tia velha, mas tipo… Eu não sou velho. Isso significa que apesar de ter jogado minha parte do NES, SNES, Mega Drive, Master System e alguns outros, eu não sou da época em que jogo ser difícil era a regra. Não quero entrar nos méritos do quê causava a dificuldade agora, mas é um simples fato: Os jogos, de maneira geral, foram ficando mais fáceis desde aquela época. E eu tô bem com isso. O que eu não tô bem é essa modinha de dizer que dificuldade não importa.

 continue lendo »

Velho Demais pra Guitar Hero

Games quarta-feira, 31 de maio de 2017 – 2 comentários

Com meu PS2 de volta à ativa, era apenas uma questão de tempo até eu chegar novamente no Guitar Hero 2. O jogo que eu zerei várias vezes, o jogo que era campeonato em todas as festas com os amigos, o jogo que te botava no lugar de um deus do rock. E eu não consegui jogar.

Ou melhor, consegui, já que o jogo rodou normalmente… Mas tô ruim pra caralho. Do tipo RUIM. PRA CARALHO.

continue lendo »

A Vida e a Morte do Meu PlayStation 2

Games quarta-feira, 24 de maio de 2017 – 0 comentários

Meu PlayStation 2 já apareceu aqui no Bacon várias vezes, e aproveitando que tem uma nova TV aqui em casa eu pensei “O que melhor combina com uma tela 4K UHD que um videogame de duas gerações atrás e 12 anos de vida?”.

 Com esse preço nem que eu quisesse fazer propaganda.

continue lendo »

Pontes Indestrutíveis. Ou não.

Games quarta-feira, 10 de maio de 2017 – 0 comentários

Tão ligados nos joguinhos de construir pontes, né? Então, cê tem que construir pontes. E eu sou péssimo construindo pontes.

 continue lendo »

Moirai

Games quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017 – 0 comentários

Um belo dia o Pizurk chegou no chat do Bacon e largou um link lá. “Você deveria ir ir neste mesmo link imediatamente, e só voltar aqui depois.”

Pizurk: Eu não falei exatamente isso. E sim, esse vai ser um texto em dupla, se fode ae.

 continue lendo »

Pokémon Go não foi

Games terça-feira, 16 de agosto de 2016 – 2 comentários

Desde que a Nintendo resolveu que precisava fazer algo de bom para a ajudar o mundo e começou a obrigar seus usuários a exercitarem-se enquanto jogam vídeo game, o mundo tornou-se um lugar um pouco mais sombrio. A mais nova moda, embora não seja 100% culpa da Nintendo, é Pokémon Go, que obriga você a andar por aí caçando criaturas que não existem. Eu sou um puta fã de Pokémon, ou fui um puta fã de Pokémon, pelo menos até a segunda geração, e deveria estar muito feliz, já que Pokémon Go é o mais próximo que qualquer um chegará do mundo de Pokémon, mas não, eu não quero ficar andando por aí caçando bichos, eu quero ficar em casa bebendo cerveja, comendo doritos e cagando o teclado do PC enquanto jogo Pokémon em algum emulador de Gameboy, porra! Mas se o Jo não vai até Pokémon Go, Pokémon Go vai até o Jo e cá estou eu, treinando uma jovem treinadora de Pokémon.

Pokémon Go.

continue lendo »

Página 1 de 812345...Última »

busca

confira

quem?

baconfrito