Literatura cansa

Livros sexta-feira, 09 de Fevereiro de 2018 – 0 comentários

Como faz tempo que eu não discuto literatura. Sério, faz mor tempão mesmo. Tipo, sei lá, 2012? 2014 no máximo. E meu deus, é tão distante, saca? Parece que foi há tanto tempo… Eu não sei se isso é bom ou não, só sei que eu tô perfeitamente bem com isso.

 continue lendo »

A leitura digital e a morte do papel

Livros terça-feira, 23 de Janeiro de 2018 – 0 comentários

Já tem coisa de uma semana que eu tenho me questionado bastante acerca dos meus hábitos de leitura, mais especificamente em como, quando e onde eu leio. Os temas e preferências continuam os mesmos de sempre, variando desde artigos científicos e descobertas recentes até memes e literatura infantojuvenil (Fazia tempo que cê não escutava essa expressão, não é?), mas de uns anos pra cá a logística da minha leitura mudou muito… Em outras palavras, eu leio muitos poucos livros.

 Todas as imagens aqui serão stock porque foto de livro é redundante.

continue lendo »

Apagando rascunhos

Livros sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018 – 0 comentários

Creio que já falei disso antes: Abrir mão das coisas. Não me refiro ao batidíssimo “se o ama, deixe-o ir” e nem do “ame-o ou deixe-o” do nosso BêÉrre, mas aquela coisa de abrir mão de uma ideia só porque você não colocou tempo e dedicação o suficiente nela. Tenho quase certeza que já falei disso antes, mas até onde me lembro, falei no meio de piadas ruins e brincadeiras idiotas… Hoje não vai ser diferente, só ligeiramente mais sério.

 Isto foi há nove anos atrás.

continue lendo »

Biografias e Como se sentir mal sobre si mesmo

Livros sexta-feira, 29 de dezembro de 2017 – 1 comentário

O natal veio e passou e 2017 ainda tá aí, se arrastando lentamente ao seu fatídico final… Aposto que cês achavam que depois de 2016 as coisas não poderiam ficar pior, né? Pois não só ficaram, mas ficaram piores e com o pau pra fora.

Falando de pau pra fora, eu tô lendo a biografia dos Beatles.

 If you know what I mean.

continue lendo »

O ladrão que roubava troco

Contos sexta-feira, 20 de outubro de 2017 – 0 comentários

Tudo aconteceu na década de 80, mas poderia bem ser nos dias atuais. O Rio de Janeiro acordava de manhã e descobria mais um crime: O arrombamento e furto da Quitanda Dona Margarida, no então recente bairro de Padre Miguel. Seria outro crime comum, não fosse o que o ladrão levou: Apenas as moedas, e notas baixas de Cruzeiro.

 Deus do céu, eu sou um gênio pós-moderno.

continue lendo »

Eu, Bialik e a Ignorância

Livros sexta-feira, 06 de outubro de 2017 – 0 comentários

Umas semanas atrás comprei um livro diferente: A trombeta envergonhada, uma coletânea de textos do autor Haim Nahman Bialik; muito provavelmente a Nelly conheçe, mas pra mim é novidade, tal como creio ser pra grande maioria dos brasileiros… Porra, o cara é tão desconhecido por aqui que o prefacio tem 26 páginas!

 Cadê o chapéuzinho?

continue lendo »

Dor de Corno

Livros terça-feira, 08 de agosto de 2017 – 0 comentários

Ok, eu tenho um problema grave com livros: Eu tenho manias. Gosto de coisas de um determinado jeito sem nenhum motivo ou razão lógica para elas.

Faz tempo que não escrevo nada deste tipo, mas taí: Acabo de descobrir que odeio que leiam o livro que estou lendo. A capa, beleza. Contracapa, abas. Isso tudo é feito para interessar o possível leitor, é externo, social, comunitário. continue lendo »

O que você está aprendendo a escrever agora?

Livros quarta-feira, 26 de Abril de 2017 – 2 comentários

Por falta de assunto tive uma ideia interessante nem tanto assim: Escrever é o tipo de coisa que gente pra caralho faz, e não poderia ser diferente, sendo o jeito mais fácil, rápido e prático de documentar alguma coisa, mas que comumente adquire ares de grandiosidade sem muito motivo pra isso. Tendo em vista de que a grande maioria do que é escrito com intuito de ser lido por outras pessoas (Textos como este aqui, por exemplo, ao oposto de listas de compras ou recados do telefone – textos querem transmitir um pensamento ou ideia ao invés de ser um memorando), resolvi compartilhar com vocês as maiores dificuldades atuais na minha escrita.

Em palavras muito mais práticas e agradáveis de se ler (Mas que não preenchem o espaço do parágrafo introdutório do texto): Já que eu passo tempo escrevendo coisas que outras pessoas leem pppfffffff, posso muito bem compartilhar também o que eu escrevo e sei que não serve nem mesmo pra ser chamado de porcaria. continue lendo »

VENDE-SE, Único Dono

Contos quarta-feira, 22 de Março de 2017 – 0 comentários

Oswaldo estava aproveitando seu horário de almoço para fazer um favor à esposa: Passar no shopping e retirar uma encomenda feita há algumas semanas. Oswaldo não sabia o que era, só sabia que era importante. Ele, analista financeiro e ela publicitária, eram casados há 12 anos, mas não tinham filhos, e viviam uma vida confortável, preferindo viajar à ter móveis caros e carros do ano. Oswaldo tinha um Corolla 1999. continue lendo »

Mano, imagina que loco que tivessem cheerleaders na tua vida?

Cinema, Games, HQs, Livros, Música, Televisão quarta-feira, 15 de Março de 2017 – 0 comentários

Joãozinho era um bosta. Mas muito mesmo. Ele não tinha amigos, ia mal na escola, apanhava no recreio e quando chovia os carros pareciam mirar nele pra passar naquela poça d’água do tamanho dum açude. Até que um dia Joãozinho foi abduzido por ETs, aí vendido como escravo na África, escapou tirando duas costelas e se espremendo pra fora da corrente e, por fim, chegou ao Japão onde conseguiu uma namorada metade gente metade gato.

 Véi, q q eu to fazendo com a minha vida?

continue lendo »

Página 1 de 5312345...102030...Última »

busca

confira

quem?

baconfrito