Supletivo Nerd #02 – Equipes X – Parte 2

Nona Arte terça-feira, 26 de maio de 2020 – 0 comentários

Segunda e última parte das equipes X que valem a pena ser citadas. Sim, eu vou deixar de fora a Geração X, por motivos de ninguém tá nem aí pra isso e a única coisa boa que ela fez foi a M, e mesmo assim ela só é interessante no X-Factor. Paciência.

“Mas teve até filme”. NINGUÉM SIMPORTA!

Excalibur (1988)

Formada por Capitão Britânia, Meggan, Noturno, Kitty Pryde e Fênix (Rachel Grey, filha de Ciclope e Jean Grey de outra realidade), a equipe britânica surgiu em uma época onde todos acreditavam que os X-Men estavam mortos. O primeiro volume durou 125 edições, chegando ao fim após o casamento de Capitão Britânia e Meggan. Outros membros importantes da equipe nesse volume foram Colossus, Wisdom, Lupina, Cavaleiro Negro e Douglock, o Cifra dos Novos Mutantes, que fundiu-se ao Warlock.

Em 2001, o segundo volume de Excalibur surgiu em formato de minissérie, mostrando o Capitão Britânia tornando-se rei da dimensão Outromundo e em 2004 o terceiro volume, que durou 14 edições, chegou com a equipe sendo formada por Professor X, Magneto, Calisto (Ex-líder dos *Morlocks), Fera Negro (O Fera da Era do Apocalipse) e alguns novos personagens, dos quais apenas a Sentinela Ômega viria a ter certo destaque futuramente.

Em 2005, o Novo Excalibur surgiu e retomou as origens da equipe. Trazendo Capitão Britânia e Wisdom de volta, o time contava com Fanático, Sábia, Cristal, Longshot e Nocturna, filha de Noturno e Feiticeira Escarlate de outra realidade. Esse volume durou 24 edições e deu lugar à série Capitão Britânia e o MI 13.

*Morlocks são mutantes que viviam nos esgotos de Nova York.

X-Force (1991)

Em 1989, Aquele Que Não Devemos Nomear assumiu o volume dos Novos Mutantes e fez grandes mudanças ao colocar o Cable, agora um brucutu que veio do futuro com armas maiores que um cavalo e mais bolsos que qualquer um possa utilizar, como tutor dos jovens. Na edição número 100 de Novos Mutantes, a equipe passou a chamar-se X-Force e tornou-se um grupo militar de brucutus violentos como a maioria dos heróis na década de 90. Esse primeiro volume da X-Force durou até 2001, quando a Marvel voltou a ter juízo e começou a investir novamente na qualidade de sua publicações.

Em 2004, uma minissérie de seis edições foi lançada, tornando-se o segundo volume da X-Force, e em 2008, após os acontecimentos de Complexo de Messias, Ciclope cria uma nova X-Force para lidar com ameaças mutantes. Wolverine, X-23, Apache e Lupina foram os membros fundadores e mais tarde ganharam os reforços de Anjo, Deadpool, Dominó, Fantomex e outros.

Após o lançamento da *Marvel Now, duas X-Forces surgiram. Enquanto Cable e a X-Force era formada por Cable, Dr. Nêmesis, Colossus, Dominó e Dinamite, Fabulosa X-Force contava com Psylocke, Tempestade, Fantomex, Bishop, Pigmeu e Espiral. Após algumas tretas, as duas equipes se unem, porém, o fim já estava próximo.

Em 2019, após a morte de Cable (Calma, tem um jovem Cable agora), uma nova X-Force formada pelos membros originais surge para vingar a morte do brucutu em um volume de 10 edições, porém, ainda em 2019, a equipe é reformulada para atender melhor os acontecimento de *Dinastia X e Poderes do X.

*Marvel Now foi como ficou conhecida a linha editorial da Marvel após Vingadores vs X-Men, trazendo grandes mudanças nas equipes e nos personagens da editora.

*Dinastia X e Poderes do X são duas minisséries lançadas em 2019 responsáveis por mudar o status quo dos mutantes, que agora vivem em Krakoa, a nação mutante.

X-Táticos (2002)

Quando eu disse que Marvel recobrou o juízo nos anos 2000, eu não tava exagerando. Tentando dar uma suavizada na X-Force e desmilitarizar o grupo mutante, a Marvel trouxa Axel Allonso e Peter Milligan e entregou a eles o título da X-Force pra que fizessem o que quisessem com ele, desde que os personagens não fossem mais brucutus sanguinários. Da mente louca dos dois artistas surgiu então os X-Táticos (Eram X-Force, mas os membros da antiga equipe revindicaram o nome), uma equipe de mutantes que não quer nada além de fama e fazem parte de um reality show onde a principal diversão é matar algum membro toda semana. Não faz muito sentido, né? Mas é um dos melhores títulos da Marvel no início dos anos 2000. A série durou 26 edições e foi responsável pela introdução de Dup no universo Marvel.

A seguir: Os heróis mais poderosos da Terra.

Supletivo Nerd #01 – Equipes X – Parte 1

Nona Arte terça-feira, 19 de maio de 2020 – 0 comentários

Passei muito tempo da minha vida lendo quadrinhos e precisava colocar todo esse incrível conhecimento pra fora. Por isso, decidi começar uma série de textos sobre quadrinhos nessa coluna a tanto tempo esquecida, conhecida como Nona Arte. A intenção é fazer um mega resumo de tudo o que aconteceu de “importante” no universo Marvel e DC até o atual momento, pra que você, jovem inocente que deseja adentrar esse universo de diversão e (Na maioria das vezes) decepção, não precise gastar horas e mais horas lendo histórias antigas de qualidade duvidosa. Porém, antes de começarmos a falas das grandes sagas, é preciso que vocês conheçam as principais equipes.

 continue lendo »

Alvorada, POA e o Pablito Aguiar

HQs, Webcomics quarta-feira, 09 de outubro de 2019 – 0 comentários

Uns tempos atrás, eis que me assalta um carioca uma entrevista em forma de quadrinhos, contando a história de um pescador. Li, gostei, vida que segue… Eis que, pouco depois, descubro que é uma série, a Porto Alegre em Quadrinhos, e que tem mais… Muito mais.

 continue lendo »

Cê curte HQ de briga?

Webcomics terça-feira, 09 de abril de 2019 – 0 comentários

Por acaso você é velho e acabado feito a gente? Cê passou as manhãs da tua vida vendo programa infantil com apresentadoras de sainha? Cê tava lá no final dos anos 80 até os primeiras anos 2000 vendo a tão fatídica chamada invasão japonesa? Já passou vergonha achando que o auge do storytelling envolvia centenas de milhares de horas de fluff e enrolação com direito à montagens intermináveis de flashbacks e discursos de motivação? Pois então saca só HQ de briga:

 continue lendo »

O ego e a alma

HQs segunda-feira, 15 de outubro de 2018 – 0 comentários

O simbionte que viria a ser o Venom surgiu como o uniforme negro do Homem Aranha em 1984 durante as Guerras Secretas, um mega crossover pra vender bonequinho, e foi idealizado por um fã, que vendeu a ideia do uniforme negro pela bagatela de 220 dólares. Após ser rejeitado por Peter Parker ao descobrir que a roupinha nova na verdade era uma criatura alienígena maligna, o simbionte ficou mais rancoroso que crocodilo no esgoto e fundiu-se a Eddie Brock, outra recalcada que teve sua carreira como jornalista destruída pelo Homem Aranha e assim, sob a guarda de Todd McFarlane, tivemos o surgimento do Venom brucutu e nojento, que deveria ser um dos maiores vilões do Cabeça de Teia, mas que na verdade só serviu pra “inspirar” a criação do Spawn e algo muito pior, a Image Comics. E é aí que eu quero chegar.

Olha a merda que eu fiz!

continue lendo »

Eeeeeee ô ôoooo, vida de Pantera

HQs quarta-feira, 18 de julho de 2018 – 0 comentários

Apesar de toda a sua importância política e de representatividade, Pantera Negra, assim como o Homem de Ferro, estava longe da série A dos super heróis da Marvel antes de seu primeiro filme solo. Com certeza, graças ao sucesso do filme, o personagem finalmente ganhará seu lugar ao sol e começará a ter mais importância dentro da própria editora, inclusive já garantindo lugar na nova HQ dos Vingadores que irá surgir esse ano. Mas você fraga mesmo de Pantera Negra?

 continue lendo »

Quem CAR@!#S é Cable?

HQs quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018 – 0 comentários

O primeiro filme do mercenário tagarela mal tinha estreado nos cinemas e a Fox já tava louca anunciando a presença do Cable no segundo filme. Mas peraí, quem caralhas é Cable? De onde ele veio? Pra onde vai? Qual seu poder, conectar coisas?

 continue lendo »

O Espírito que Anda pode salvar o Superman

Cinema, HQs sexta-feira, 08 de dezembro de 2017 – 0 comentários

Apesar de eu não assistir mais filmes de super heroi (Muito menos séries) e ter reduzido enormemente o que eu leio de quadrinhos, o debate acerca da coisa toda é rotineiro aqui no Bacon por motivos de #somostodosputinhas: Não que a gente se esforce pra isso, mas os filmes de quadrinhos são o nosso futebol, eis a grande verdade. Nesse debate tem aqueles personagens que não tem filme ainda… E os que a gente queria que não tivesse tido.

 No meio disso tudo, tem o Fantasma.

continue lendo »

O Futuro da Produção de Quadrinhos é VOCÊ

HQs sexta-feira, 27 de outubro de 2017 – 0 comentários

Tenho pensado muito em quadrinhos ultimamente. Lido muito pouco (Lê-se “nada, tirando quatro ou cinco webcomics”), mas pensado muito sobre… É aquele tipo de coisa que ocupa a tua mente quando você não pode fazer mais nada: No ônibus, no metrô, no quarto depois de broxar. Nas horas em que ou você pode jogar um pouco da tua dignidade no lixo e tirar um cochilo sem ligar pra ninguém falando contigo ou pensar em alguma outra coisa qualquer, que te dê um momento de descanso do mundo ao teu redor.

 Todas as imagens deste post serão ruins por motivos de: Tá foda.

continue lendo »

O caminho do Super Herói. Ou: 5 passos para o collant

HQs segunda-feira, 18 de setembro de 2017 – 0 comentários

Ser um herói não demanda muito esforço. Basta coragem, capa e uma enorme vontade de morrer. Ser um Super Herói, por outro lado, é algo um pouco mais complicado. Alguns diriam que basta colocar uma cueca por cima da calça e amarrar uma cortina no pescoço, mas não, meus amigos. Ser um Super Herói é muito mais do que é isso e é para que deixem de dizer idiotices como essas que trago aqui os cinco passos para ser um Super Herói de respeito. Ou quase isso.

 continue lendo »

confira

quem?

baconfrito