Truque de Mestre (Now You See Me)

Cinema sexta-feira, 19 de julho de 2013 – 0 comentários

 Daniel Atlas (Jesse Eisenberg) é o carismático líder do grupo de ilusionistas chamado Os Quatro Cavaleiros. O que poucos sabem é que, enquanto encanta o público com suas mágicas sob o palco, o grupo também rouba bancos e ainda por cima distribui o dinheiro para os próprios espectadores. Estes crimes fazem com que o agente do FBI Dylan Hobbs (Mark Ruffalo) esteja determinado a capturá-los de qualquer jeito, ainda mais após o grupo anunciar que em breve fará seu assalto mais audacioso. Para tanto ele conta com a ajuda de Alma Vargas (Melanie Laurent), uma detetive da Interpol, e também de Thaddeus Bradley (Morgan Freeman), um veterano desmistificador de mágicos.

O Pizurk achou a ideia genial, mas né, é o Pizurk, então vamos com calma. Não é ruim, mas também não é bom, então vou falar umas coisas que vocês já sabem e outras que não gostariam de saber. continue lendo »

Los Angeles – Cidade Proibida (L.A Confidential)

Bogart é TANGA! terça-feira, 02 de novembro de 2010 – 2 comentários

Se alguém aí acompanha esse quadro, já deve ter percebido que eu sou um grande apreciador dos filmes noir. É, quando eu não falo de algum específico, sempre faço relações com outras obras ou falo da influência que eles exerceram. É uma pena que esse movimento, gênero… Ah, ninguém sabe ao certo o que essa porra é, tenha durado tão pouco (Entre os anos 40 e 50), mas pelo menos, uma vez ou outra, alguém os relembra e faz uma homenagem.

 continue lendo »

Conto: Crime na pousada

Analfabetismo Funcional terça-feira, 28 de setembro de 2010 – 0 comentários

O ambiente era bucólico. Bucólico ao extremo. O cheiro de bosta de vaca pairava no ar, as formigas atacavam os pés incautos, o verde predominava no horizonte, os telefones celulares não passavam de meros enfeites de um mundo distante e a energia elétrica era usada exclusivamente para iluminação durante a noite. Foi nesse ambiente – uma distante pousada no campo – que ocorreu um crime macabro. continue lendo »

O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs)

Bogart é TANGA! terça-feira, 27 de julho de 2010 – 4 comentários

Vejam só, e não é que a maioria dos meus leitores vai até poder bater um papo sobre o filme de hoje? Porque, claro, se você nunca ouviu falar em Hannibal Lecter deve ter caído aqui procurando mulher pelada por acidente, logo você pode clicar nesse X aí do seu navegador e pular da ponte de uma vez.

 continue lendo »

Onde Os Fracos Não Têm Vez (No Country For Old Man)

Cinema sábado, 27 de março de 2010 – 8 comentários

A minha proposta inicial era escrever sobre Barton Fink, Delírios de Hollywood, também dos Irmãos Coen, quando por coincidência no texto do vassourada surgiu uma discussão de alguns noobs falando que o filme em questão é FRAQUÍSSIMO. Como minha função aqui nessa bodega é ajudar a vocês, noobs, a enxergar como alguns filmes bons passam batidos (Por vocês, idiotas, o filme ganhou 4 Oscars sendo de Diretor, Roteiro Adaptado, Filme e Ator Coadjuvante), me senti na obrigação de escrever esse texto.

Onde Os Fracos Não Têm Vez (Irmãos Coen, 2007)

continue lendo »

Ilha do Medo (Shutter Island)

Cinema quinta-feira, 11 de março de 2010 – 4 comentários

 Em 1954, uma dupla de agentes federais investiga o desaparecimento de uma assassina que estava hospitalizada. Ao viajarem para Shutter Island – ilha localizada em Massachusetts – para cuidar do caso, eles enfrentam desde uma rebelião de presos a um furacão, ficando presos no local e emaranhados numa rede de intrigas.

Imagina um filme policial. Certo, quem não consegue fazer isso? Agora imagina um filme policial, com dois agentes federais sendo enviados pra uma ilha, que também é um hospício encarregado de tratar criminosos. Bem mais difícil, não? Agora junta nessa merda toda chuva pra caralho, os anos 50 e reviravoltas. Esperadas ou não. Parabéns, cê acabou de fazer Ilha do Medo. Ou cê tem uma imaginação foda. continue lendo »

Vicío Frenético (The Bad Lieutenant: Port of Call – New Orleans)

Cinema quinta-feira, 14 de janeiro de 2010 – 0 comentários

 Terence era um bom policial mas se considerava acima da lei. Lutando contra ladrões e traficantes ele acaba por se render à corrupção e às drogas que o cercam. Mas às vezes uma coisa ruim leva à outra, e à outra… Agora ele e sua namorada têm apenas um ao outro para se livrar desta armadilha do destino. Assim, juntos eles mergulham num mundo frenético de desejo e compulsão.

Filmes policiais são sempre a mesma lenga lenga: Ou o policial é honesto até a medula óssea, e acaba ficando sozinho na corporação por conta disso, ou ele é um safado bastardo, que faz tudo sozinho, por baixo dos panos. E não, esse não foge do estereótipo. continue lendo »

Terror na Antártida (Whiteout)

Cinema quinta-feira, 01 de outubro de 2009 – 0 comentários

 Em Terror na Antártida, as coisas para a agente federal americana Carrie Stetko (Kate Beckinsale) estão para ficar ainda mais perigosas. Sendo a única representante da lei nesse território cruel, ela acaba de ser enviada para investigar um corpo encontrado no gelo. O primeiro homicídio da Antártida. Uma descoberta chocante que vai levá-la a um mistério ainda mais estranho e à revelação de segredos há muito enterrados no gelo infinito… Segredos pelos quais alguém acredita que vale a pena matar.
Enquanto Carrie se apressa a encontrar o assassino antes que ele a encontre, o inverno está apertando. No terrível território gelado da Antártida, Carrie só vai vê-lo quando ele estiver perto demais.

Tái uma premissa original. Ou pelo menos uma que não se vê todo dia: Assassinato na Antártida. Afinal, pra lá só vão os cientistas mais blá blá blá. Que ainda são seres humanos. Ou seja, ainda tem sentimentos. Os bons e os ruins. Mas chega de mimimi. continue lendo »

Força Policial (Pride and Glory)

Cinema quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009 – 1 comentário

Os policiais seguem a vida obedecendo a um estrito código de honra: “proteja sempre os seus”. A família Tierney é uma dinastia de oficiais, começando pelo patriarca Francis, passando pelos filhos Francis Jr., Ray e Sean e chegando do genro Jimmy Egan. Para eles, o código não tem apenas a ver com trabalho, mas sim com família. Quando uma batida de rotina em um ponto de drogas dá terrivelmente errado, um escândalo de corrupção no coração da polícia acaba se tornando a principal manchete dos jornais. Nomeado investigador do caso, Ray descobre mais do que gostaria quando percebe que o rastro do crime aponta direto para a sua própria casa. Qualquer decisão que ele tome pode mudar para sempre sua vida e também daqueles que ama. continue lendo »

As Duas Faces da Lei (Righteous Kill) (2)

Cinema quarta-feira, 15 de outubro de 2008 – 1 comentário

O esperado encontro entre os dois maiores “dinossauros” vivos do cinema americano, Al Pacino e Robert DeNiro (antes eles dividiram somente os créditos do clássico O Poderoso Chefão II, sem atuarem juntos, e no filmaço Fogo contra Fogo, no qual dividiam somente algumas cenas), se tornou real no policial As Duas Faces da Lei (título genérico e copiado do suspense de tribunal, As Duas Faces do Crime, com Richard Gere e o estreante na época, Edward Norton).

Uma palavra resume o filme: DECEPÇÃO (ou broxante, se você preferir). Não que o filme seja de todo ruim, mas a trama é banal e extremamente (repito, extremamente) PREVISÍVEL (até mesmo para mim que dificilmente mato as reviravoltas dos filmes em geral). O roteiro de Gerwitz (do ótimo O Plano Perfeito, com Denzel Washington e Jodie Foster), reza a cartilha do gênero – uma dupla de policiais, em vias de aposentadoria, parte em busca de um suposto serial killer justiceiro e, em meio a isto, são interrogados pela corregedoria, dividem a investigação com outra dupla de policiais e se tornam também suspeitos dos crimes.

O roteiro cria diferentes linhas narrativas de tempo, assim como acontecia em O Plano Perfeito. No entanto, como mencionei, o mistério é frágil e óbvio, tornando várias sequências inúteis tentando plantar pistas falsas. O diretor, operário padrão, Jon Avnet (do clássico Tomates Verdes Fritos), que deve ser muito amigo dos atores para convencê-los a embarcar nesta barca furada, não consegue fazer diferença com este material, mas também não precisava mimetizar (aka copiar) a ambientação da maioria das séries policiais americanas atuais, principalmente, The Shield. É o básico do básico!

Ainda bem que estamos falando de Pacino e DeNiro em cena, pelo menos. Suas cenas e diálogos demonstram uma química que não conhecíamos, pelo menos nos filmes. Ainda assim, DeNiro tem um personagem melhor desenvolvido, o que facilita sua performance e, quem sabe, coloca a carreira do ator de volta nos eixos (perdidos em filmes como O Amigo Oculto e O Enviado), na verdade dos dois atores.

As Duas Faces da Lei

Righteous Kill (101 minutos – Policial)
Lançamento: Eua, 2008
Direção: Jon Avnet
Roteiro: Russell Gerwitz
Elenco: Robert De Niro, Al Pacino, 50 Cent, Carla Gugino, John Leguizamo, Donnie Wahlberg, Brian Dennehy

busca

confira

quem?

baconfrito