A segunda temporada de Legends of Tomorrow e o futuro

Televisão sexta-feira, 14 de abril de 2017 – 0 comentários

Uma das melhores estreias da CW em 2016, Legends of Tomorrow agradava justamente por distanciar-se das tramas teens de suas irmãs Arrow, Flash e Supergirl. Não que nessa segunda temporada a série tenha ficado mais teen, mas ela ficou completamente perdida, atirou pra todos os lados e acertou poucas vezes. Mas o que interessa aqui é o que está por vir. Ou seja, lá vou eu criar expectativas numa coisa que eu já devia ter abandonado, de novo.

 continue lendo »

A treta dos X-Men com os Inumanos

HQs terça-feira, 11 de abril de 2017 – 0 comentários

Os mutantes foram criados pra sofrer. Temidos e odiados, foram caçados, aprisionados, escravizados, infectados, torturados e quase extintos pela humanidade que juraram proteger. E tudo isso piorou quando a Marvel resolveu dar uma boicotada nos X-Men e tentou substitui-los pelos Inumanos, que até eram bons personagens, mas no desespero de torná-los tão populares quanto os mutantes, a Marvel acabou condenando-os a histórias rasas e medíocres. Mas não foi somente o lance editorial que tornou Inumanos e mutantes rivais, a névoa terrígena, responsável por despertar o poder dos Inumanos, tornou-se mortal aos mutantes e duas puta nuvenzonas terrígenas da porra foram soltas no planeta, o que culminou no inevitável embate entre as duas raças. Mas vamos por partes.

 continue lendo »

Fragmentado (Split)

Cinema terça-feira, 04 de abril de 2017 – 0 comentários

 Kevin (James McAvoy) possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar.

Os hereges dizem que esse filme marca o retorno triunfal de M. Night Shyamalan ao posto de um dos melhores diretores/roteirista de Hollywood. Mas como retornar a um posto que nunca deixou de ser seu? S2 tio M!

O que você precisa saber aqui é que você não pode ler esse texto antes de assistir o filme. Quer dizer, poder você pode, mas eu não aconselho. Afinal, como todos os filmes do Shyamalan, o spoiler assassina uma experiência de vida. Seja ela boa ou ruim. Então não dá mole e assiste o filme antes que cê perca essa maravilhosa chance de ser feito de trouxa de novo. De uma forma boa, é claro. Se é que isso existe. continue lendo »

Corpo Fechado (Unbreakable)

Cinema sexta-feira, 31 de março de 2017 – 0 comentários

 Um espantoso desastre de trem choca os Estados Unidos. Todos os passageiros morrem, com exceção de David Dunne (Bruce Willis), que sai completamente ileso do acidente, para espanto dos médicos e de si mesmo. Buscando explicações sobre o ocorrido, ele encontra Elijah Price (Samuel L. Jackson), um estranho que apresenta uma explicação bizarra para o fato.

Rever Corpo Fechado hoje em dia, após toda essa onda de super heróis e com os estúdios jurando que sabem fazer filmes de super heróis mais realista e pé no chão, torna tudo muito mais engraçado. Quer falar de super herói realista? Fala com o Marcinho Shyamalan, parça.

O cara não somente fez um filme de super herói que ninguém entendeu que era um filme de super herói, como está expandindo esse universo com outro filme de super herói que ninguém entendeu que era um filme de super herói até a cena pós créditos que ninguém entendeu que era uma cena pós créditos até ser. continue lendo »

Punho de Ferro – O desgraçado da cabeça

Televisão sexta-feira, 24 de março de 2017 – 0 comentários

A série solo do último Defensor finalmente chegou à Netflix e a única coisa que eu quero saber é: Como caralhas o brucutu do Luke Cage vira o melhor amigo de um filho de vó, um sabe de nada Jon Snow, um Toinho da Lua que sabe que a Ruthinha é boa e a Raquel é má, mas tem bastante dificuldade pra saber quem é a Ruthinha e quem é a Raquel, que nem o Punho de Ferro?

 continue lendo »

Logan

Cinema terça-feira, 21 de março de 2017 – 0 comentários

 Em 2029, Logan (Hugh Jackman) ganha a vida como chofer de limousine para cuidar do nonagenário Charles Xavier (Patrick Stewart). Debilitado fisicamente e esgotado emocionalmente, ele é procurado por Gabriela (Elizabeth Rodriguez), uma mexicana que precisa da ajuda do ex-X-Men para defender a pequena Laura Kinney / X-23 (Dafne Keen). Ao mesmo tempo em que se recusa a voltar à ativa, Logan é perseguido pelo mercenário Donald Pierce (Boyd Holbrook), interessado na menina.

Chamar Logan de puta filmão da porra é dizer mais do mesmo. Essa, muito provavelmente, deve ser a única resenha ainda não feita de Logan na internet. A grande questão aqui é: Se tirarmos a carga emocional de ser o último filme de Hugh Jackman e muito provavelmente do Professor Xavier que vale, Logan ainda seria um puta filmão da porra?

Eu tava esperançoso, mas esse ainda não foi o filme X que eu queria ver. E levando em conta que eu quase perdi amigos pra assistir o primeiro X-Men, a Fox me deve muito um filme X foda. continue lendo »

A Chegada (Arrival)

Cinema quarta-feira, 08 de março de 2017 – 0 comentários

 Quando seres interplanetários deixam marcas na Terra, a Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista especialista no assunto, é procurada por militares para traduzir os sinais e desvendar se os alienígenas representam uma ameaça ou não. No entanto, a resposta para todas as perguntas e mistérios pode ameaçar a vida de Louise e a existência de toda a humanidade.

Confesso que não entendi todo o chororô pelo fato da Amy Adams não ser indicada ao Oscar de melhor atriz por esse filme. OK, o filme é legal e tal, mas não tem nada que destaque o talento de Amy Adams ao ponto de merecer uma estatueta. Não que hoje em dia um Oscar signifique alguma coisa, mas ainda assim.

E antes que apareça alguém gritando que eu só digo isso por ser macho, gostaria de lembrar que ela concorreria a melhor atriz, que vejam só, é composta apenas por atrizes. Sendo assim, ela não perdeu lugar pra homem algum, logo: SEJE MENAS, PORRA! E se querem reclamar de alguma coisa, reclamem das categorias técnicas, lá sim rola uma treta maligna. continue lendo »

Capitão Fantástico (Captain Fantastic)

Cinema sexta-feira, 03 de março de 2017 – 0 comentários

 Ben (Viggo Mortensen) tem seis filhos com quem vive longe da civilização, no meio da floresta, numa rígida rotina de aventuras. As crianças lutam, escalam, leem obras clássicas, debatem, caçam e praticam duros exercícios, tendo a autossuficiência sempre como palavra de ordem. Certo dia um triste acontecimento leva a família a deixar o isolamento e o reencontro com parentes distantes traz à tona velhos conflitos.

Capitão Fantástico é daqueles raros filmes que te fazem pensar por dias. Confesso que aprendi uma ou duas coisas com o filme que muito provavelmente carregarei pelo resto da vida. O filme pode ser enxergado como uma fábula abordando o socialismo contra o capitalismo, de forma que aponta tanto o lado bom quanto o lado ruim de ambos. E em tempos sombrios como este em que vivemos, onde ser sensato é praticamente crime, fazer um filme desses é um tanto quanto ousado. Por isso, aconselho cautela ao dizer que entendeu a real proposta do filme, pois é possível que preguem uma placa de “isentão” no seu peito e te queimem em praça pública. continue lendo »

LEGO Batman – O Filme (The Lego Batman Movie) [2]

Cinema terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 – 0 comentários

 Extremamente egocêntrico, Batman leva uma vida solitária como o herói de Gotham City. Apesar disto, ele curte bastante o posto de celebridade e o fato de sempre ser chamado pela polícia quando surge algum problema – que ele, inevitavelmente, resolve. Quando o comissário Gordon se aposenta, quem assume em seu lugar é sua filha Barbara Gordon, que deseja implementar alguns métodos de eficiência de forma que a polícia não seja tão dependente do Batman. O herói, é claro, não gosta da ideia, por mais que sinta uma forte atração por Barbara. Paralelamente, o Coringa elabora um plano contra o Homem-Morcego motivado pelo fato de que ele não o reconhece como seu maior arquinimigo.

Eu estou de fato tentando retomar meu relacionamento com o Batman. É sério, apesar das várias merdas que aconteceram durante os Novos 52, a revista do Batman foi uma das poucas que saíram intactas, e isso me fez dar uma segunda chance pro morceguinho. Mentira, foi por causa do Batffleck mesmo. Me julguem! continue lendo »

Desproblematizando as marchinhas de carnaval (ou quase isso)

Música terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 – 0 comentários

Vivemos em uma época complicada onde o politicamente correto impera. A época não é errada por causa do politicamente correto, afinal de contas, o politicamente correto tá correto, errado tá você que é babaca. O grande problema dessa época é o politicamente correto incorreto. “Ah, , o que diabos é o politicamente correto incorreto?” É simples meu querido amigo meio idiota, é quando você pega algo, na maioria das vezes voltado pro humor, e não entende que aquilo é uma crítica e não um incentivo. Foi mais ou menos o que aconteceu com a UDR
tá de volta todos chora, com o Eu Sou o Gabe e com muitos outros comediantes por aí. Falta aquela interpretação de texto que te faz entender que aquilo não é um incentivo, mas uma bela duma crítica. Embora seja aí que voltamos ao caso do politicamente correto estar correto e o errado ser você, que é um babaca.

 continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito