Deuses Americanos é o que há, meu irmãozinho

Televisão quarta-feira, 17 de maio de 2017 – 0 comentários

Neil Gaiman é um dos pouco escritores com livros páporra que eu realmente gosto. E quando digo que gosto é porque eu gosto mesmo, do tipo que lê qualquer coisa que o cara escreve e pouquíssimas vezes me decepciono e mesmo quando me decepciono é com algo fantasticamente bom. Lembram dos meus problemas com expectativas? Então. A verdade é que diferente da grande maioria, que conheceu Gaiman por Sandman, eu conheci por Deuses Americanos. Sim, numa época longínqua, onde eu mal sabia o que era internet, nunca tinha tocado num computador e toda informação nerd que eu podia receber vinha através de revistas nerds que eu lia de graça na banca de jornal do bairro, acabei lendo uma matéria sobre um escritor britânico que só veste preto e estava divulgando seu novo livro, Deuses Americanos. Sim, bastou uma entrevista e uma sinopse de Deuses Americanos pra eu me tornar essa putinha do Gaiman.

 continue lendo »

CDS #402 – Pissaicou (Biltre)

Clipe da Semana domingo, 07 de maio de 2017 – 0 comentários

Era mais uma madrugada como todas as outras. Eu tava completamente bêbado postando merda no Twitter e esperando que a MTV tocasse algo que preste, meio que numa reformulação do ritual do bêbado no escuro, quando de repente me deparei com esse som maravilhoso. Não é todo dia que a MTV te apresenta a melhor banda de todos os tempos da última semana. De lá pra cá, minha meta pra 2017 tornou-se espalhar o som da Biltre pro maior número de pessoas possível. Afinal, quem nunca quis ser tipo Radiohead? E tem uma versão de Piranha do Alípio Martins que é a coisa mais sensacional que eu já ouvi. Nós somos Biltres. Todos nós seres humanos. continue lendo »

Guardiões da Galáxia Vol.2 (Guardians of the Galaxy Vol.2) [2]

Cinema quarta-feira, 03 de maio de 2017 – 0 comentários

 Agora já conhecidos como os Guardiões da Galáxia, os guerreiros viajam ao longo do cosmos e lutam para manter sua nova família unida. Enquanto isso tentam desvendar os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill (Chris Pratt).

Guardiões da Galáxia foi certamente o filme mais divertido da Marvel Studios nesses quase 10 anos de existência. Além, é claro, de mostrar a competência do estúdio ao pegar um grupo de personagens B, quase C, e transformar na equipe favorita de muitos hoje em dia. Provando também que a DC, que tem personagens A+, precisa tomar vergonha naquela cara e entender que filme de super herói não tem que ser sombrio. Como é que o Superman vai trazer esperança pra alguém se ele vive deprimido jogando Baleia Azul?

A gente já tem um herói deprimido, o nome dele é Batman. Eu sei que ele é o grande trunfo da editora, mas cês não precisam transformar todo mundo nele. Afinal, ele nem é tão legal assim. Aproveitando esse espaço de encheção de linguiça pra dizer que o filme solo do Batman será o Logan da DC. Será tão foda quanto? Queremos que sim, mas tudo aponta pro fracasso. Enfim… continue lendo »

O Universo Compartilhado da Marvel não é tão compartilhado assim

Televisão terça-feira, 25 de abril de 2017 – 1 comentário

Guerra Infinita é o nome do terceiro e PENÚLTIMO filme da fase três da Marvel Studios com o UCM e promete ser um mega evento unificando todo o UCM nos dois últimos filmes. Porém, acompanhando o andar da carruagem, vemos que a Marvel, apesar de gritar que seus filmes e séries integram o mesmo universo, não anda muito interligada. Principalmente quando se trata das séries. Pois é, Agentes da S.H.I.E.L.D. e as séries da Netflix sempre fazem questão de citar algo que aconteceu nos filmes, mas por que caralhas as séries não interagem? Por que caralhas a S.H.I.E.L.D., que tá trabalhando com o Acordo de Sokovia, nunca foi lá atrás do Demolidor, da Jessica Jones ou do Luke Cage? Tá meio estranho isso aí e pelo visto só vai piorar, já que as séries dos Fugitivos, do casal Manto e Adaga e dos Novos Guerreiros estão a caminho mas cada uma produzida por um grupo diferente.

 continue lendo »

A segunda temporada de Legends of Tomorrow e o futuro

Televisão sexta-feira, 14 de abril de 2017 – 0 comentários

Uma das melhores estreias da CW em 2016, Legends of Tomorrow agradava justamente por distanciar-se das tramas teens de suas irmãs Arrow, Flash e Supergirl. Não que nessa segunda temporada a série tenha ficado mais teen, mas ela ficou completamente perdida, atirou pra todos os lados e acertou poucas vezes. Mas o que interessa aqui é o que está por vir. Ou seja, lá vou eu criar expectativas numa coisa que eu já devia ter abandonado, de novo.

 continue lendo »

A treta dos X-Men com os Inumanos

HQs terça-feira, 11 de abril de 2017 – 0 comentários

Os mutantes foram criados pra sofrer. Temidos e odiados, foram caçados, aprisionados, escravizados, infectados, torturados e quase extintos pela humanidade que juraram proteger. E tudo isso piorou quando a Marvel resolveu dar uma boicotada nos X-Men e tentou substitui-los pelos Inumanos, que até eram bons personagens, mas no desespero de torná-los tão populares quanto os mutantes, a Marvel acabou condenando-os a histórias rasas e medíocres. Mas não foi somente o lance editorial que tornou Inumanos e mutantes rivais, a névoa terrígena, responsável por despertar o poder dos Inumanos, tornou-se mortal aos mutantes e duas puta nuvenzonas terrígenas da porra foram soltas no planeta, o que culminou no inevitável embate entre as duas raças. Mas vamos por partes.

 continue lendo »

Fragmentado (Split)

Cinema terça-feira, 04 de abril de 2017 – 0 comentários

 Kevin (James McAvoy) possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar.

Os hereges dizem que esse filme marca o retorno triunfal de M. Night Shyamalan ao posto de um dos melhores diretores/roteirista de Hollywood. Mas como retornar a um posto que nunca deixou de ser seu? S2 tio M!

O que você precisa saber aqui é que você não pode ler esse texto antes de assistir o filme. Quer dizer, poder você pode, mas eu não aconselho. Afinal, como todos os filmes do Shyamalan, o spoiler assassina uma experiência de vida. Seja ela boa ou ruim. Então não dá mole e assiste o filme antes que cê perca essa maravilhosa chance de ser feito de trouxa de novo. De uma forma boa, é claro. Se é que isso existe. continue lendo »

Corpo Fechado (Unbreakable)

Cinema sexta-feira, 31 de março de 2017 – 0 comentários

 Um espantoso desastre de trem choca os Estados Unidos. Todos os passageiros morrem, com exceção de David Dunne (Bruce Willis), que sai completamente ileso do acidente, para espanto dos médicos e de si mesmo. Buscando explicações sobre o ocorrido, ele encontra Elijah Price (Samuel L. Jackson), um estranho que apresenta uma explicação bizarra para o fato.

Rever Corpo Fechado hoje em dia, após toda essa onda de super heróis e com os estúdios jurando que sabem fazer filmes de super heróis mais realista e pé no chão, torna tudo muito mais engraçado. Quer falar de super herói realista? Fala com o Marcinho Shyamalan, parça.

O cara não somente fez um filme de super herói que ninguém entendeu que era um filme de super herói, como está expandindo esse universo com outro filme de super herói que ninguém entendeu que era um filme de super herói até a cena pós créditos que ninguém entendeu que era uma cena pós créditos até ser. continue lendo »

Punho de Ferro – O desgraçado da cabeça

Televisão sexta-feira, 24 de março de 2017 – 0 comentários

A série solo do último Defensor finalmente chegou à Netflix e a única coisa que eu quero saber é: Como caralhas o brucutu do Luke Cage vira o melhor amigo de um filho de vó, um sabe de nada Jon Snow, um Toinho da Lua que sabe que a Ruthinha é boa e a Raquel é má, mas tem bastante dificuldade pra saber quem é a Ruthinha e quem é a Raquel, que nem o Punho de Ferro?

 continue lendo »

Logan

Cinema terça-feira, 21 de março de 2017 – 0 comentários

 Em 2029, Logan (Hugh Jackman) ganha a vida como chofer de limousine para cuidar do nonagenário Charles Xavier (Patrick Stewart). Debilitado fisicamente e esgotado emocionalmente, ele é procurado por Gabriela (Elizabeth Rodriguez), uma mexicana que precisa da ajuda do ex-X-Men para defender a pequena Laura Kinney / X-23 (Dafne Keen). Ao mesmo tempo em que se recusa a voltar à ativa, Logan é perseguido pelo mercenário Donald Pierce (Boyd Holbrook), interessado na menina.

Chamar Logan de puta filmão da porra é dizer mais do mesmo. Essa, muito provavelmente, deve ser a única resenha ainda não feita de Logan na internet. A grande questão aqui é: Se tirarmos a carga emocional de ser o último filme de Hugh Jackman e muito provavelmente do Professor Xavier que vale, Logan ainda seria um puta filmão da porra?

Eu tava esperançoso, mas esse ainda não foi o filme X que eu queria ver. E levando em conta que eu quase perdi amigos pra assistir o primeiro X-Men, a Fox me deve muito um filme X foda. continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito