Recomendo: Praticamente Inofensiva (Douglas Adams)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 18 de janeiro de 2011 – 3 comentários

Essa recomendação é cheia de ressalvas e alertas. Grande parte dessas considerações devem ser feitas por culpa da Editora Sextante, responsável pelo livro no Brasil. Vou tentar ser objetivo para explicar a confusão: continue lendo »

Conto: Tese de bar

Analfabetismo Funcional terça-feira, 11 de janeiro de 2011 – 0 comentários

 Num boteco comum, de uma metrópole qualquer, numa típica noite de sexta-feira. Entre uma cerveja e outra:
– Mulher mal-comida é foda.
– É… foda mesmo.
– Parece uma bomba-relógio. Pavio curto do caralho.
– Bomba-relógio tem pavio? Puta merda, essa maminha tá salgada pra caralho!
– Porra, tu entendeu! Mulher mal-comida reclama de tudo, bota defeito em tudo, tem sempre uma respostinha mal-criada para qualquer crítica, se mete onde não e chamada e blá blá blá. É um pé no saco! Lá no trabalho tem uma dessas.
– Todo lugar tem alguma boceta queijuda dessas… Mas sabe o que é pior que mulher mal-comida?

continue lendo »

As novidades literárias de 2011

Analfabetismo Funcional terça-feira, 21 de dezembro de 2010 – 1 comentário

O mundo da literatura não é – nem de perto – badalado como o do cinema, por exemplo. Mesmo assim, ainda se cria alguma expectativa para lançamentos de livros que “prometem abalar”. Pois bem, quando se cria essa expectativa normalmente se dá ao redor de três tipos de lançamentos: continue lendo »

Minha primeira vez…

Analfabetismo Funcional terça-feira, 14 de dezembro de 2010 – 1 comentário

Como toda primeira vez, foi marcante. No começo, difícil. Meio sem jeito, um tanto diferente de tudo que já tinha feito. Cheio de novas descobertas. Com o passar do tempo tudo foi se ajustando e vi que era uma prática interessante. Foi assim a primeira vez que li/ouvi um audiobook ou, para quem preferir, audiolivro.

Há algum tempo ouvia falar em audiobooks, ótima opção para deficientes visuais, idosos, pessoas sem tempo para ler, ou que simplesmente não queriam ler. Eis que certo dia – andava meio sem tempo, gastando horas diárias no trânsito – me deparei com uma promoção de um audiobook água-com-açúcar: Marley & eu, de John Grogan.

Comprei-o. continue lendo »

Recomendo: Um Conto de Natal (Charles Dickens)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 07 de dezembro de 2010 – 0 comentários

Tá chegando o Natal! Época de trocar presentes, comer peru, encher a cara de vinho pra suportar reuniões de família, enfrentar filas intermináveis, ouvir esse jingle em ritmos acelerados e insuportáveis em toda esquina, ver crianças sentadas no colo de um velho gordo e barbudo vestido bizarramente, enfim, sentir o “espírito natalino”. Afinal de contas, que puerra é isso? Até hoje não entendi essa história alimentada pelos comerciantes. Afinal, o que tem a ver Santa Claus (ou St. Nicholas), o velhinho barbudo pedófilo, com a celebração o nascimento de Jesus. Agradeço se alguém explicar. A propósito, ontem foi o dia de São Nicolau, ou como queriam chamá-lo. continue lendo »

Conto: Psicodelia indigesta

Analfabetismo Funcional terça-feira, 30 de novembro de 2010 – 1 comentário

Vermelho, verde, amarelo, azul, verde, vermelho, marrom, amarelo, roxo. Verde, azul, roxo, amarelo, roxo. Luz forte. Fumaça. Escuridão. Luz forte. Fumaça. Escuridão. Luz forte. Escuridão. Luz forte. Escuridão. Luz forte. Escuridão. Luz forte. Escuridão. Tum, tss, Tum, tss, Tum, tss… continue lendo »

Recomendo: Seu Madruga – Vila e obra (Pablo Kaschner)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 23 de novembro de 2010 – 0 comentários


Antigamente era assim, personagem de “programa infantil” podia fumar e dar mal-exemplo. Seu Madruga não só fumava, como apagava o cigarro na mão de Quico (ou Kiko? Whatever…). Talvez por isso ele seja um dos mais cômicos, amados e carismáticos da série Chaves. De toda forma, esse magrelo de olhos azuis (sim, descobri isso no livro) dispensa apresentações. continue lendo »

Mario Vargas Llosa e o Nobel

Analfabetismo Funcional terça-feira, 26 de outubro de 2010 – 1 comentário

 No começo do mês, o escritor peruano Mario Vargas Llosa foi consagrado com o Prêmio Nobel de Literatura. Para quem não o conhece, recomendo começar lendo Travessuras da Menina Má. O fato é que esse reconhecimento é mais do que merecido. Vargas Llosa é um escritor completo, daqueles que consegue ser profundo e popular ao mesmo tempo, com textos agradáveis, fluidos e leves. O tema central de seus romances é a natureza humana, que é abordada de forma sutil, o que o torna diferenciado. Eu me arrisco a dizer que ele é uma versão moderna e mais acessível de Machado de Assis. continue lendo »

Paulo Coelho: o homem e sua obra

Analfabetismo Funcional terça-feira, 19 de outubro de 2010 – 2 comentários
 Hoje: vida boa.

Pra entender a motivação da (criticada) temática constante dos livros de Paulo Coelho, um bom começo é conhecer um pouco da sua história de vida. Bom, na verdade, pra conhecer melhor qualquer pessoa é indispensável conhecer o caminho que ela atravessou na vida, uma vez que as circunstâncias que permeiam a senda pessoal de cada um são determinantes para a formação, em sentido lato, dos indivíduos, podendo refletir em diversos aspectos na vida pessoal e, no caso, profissional. continue lendo »

Conto: Crime na pousada

Analfabetismo Funcional terça-feira, 28 de setembro de 2010 – 0 comentários

O ambiente era bucólico. Bucólico ao extremo. O cheiro de bosta de vaca pairava no ar, as formigas atacavam os pés incautos, o verde predominava no horizonte, os telefones celulares não passavam de meros enfeites de um mundo distante e a energia elétrica era usada exclusivamente para iluminação durante a noite. Foi nesse ambiente – uma distante pousada no campo – que ocorreu um crime macabro. continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito