Recomendo: Seu Madruga – Vila e obra (Pablo Kaschner)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 23 de novembro de 2010


Antigamente era assim, personagem de “programa infantil” podia fumar e dar mal-exemplo. Seu Madruga não só fumava, como apagava o cigarro na mão de Quico (ou Kiko? Whatever…). Talvez por isso ele seja um dos mais cômicos, amados e carismáticos da série Chaves. De toda forma, esse magrelo de olhos azuis (sim, descobri isso no livro) dispensa apresentações.

 Em camisas, só perde para Che Guevara

Uma boa opção de presente para os fãs é a biografia desse personagem da ficção (mas, nem tanto fictício, como se descobre no livro), chamado Don Ramón, conhecido no Brasil como Seu Madruga. O livro, Seu Madruga: Vila e Obra, é dividido em 14 capítulos, um para cada mês de aluguel devido. Neles, há fotos, informações de bastidores, desmistificação de mitos (como aquele boato de que vários personagens haviam morrido num acidente de avião), uma previsão de uma entrevista do biografado que seria feita num talkshow, diálogos e pérolas memoráveis, a veia rock n’ roll do bigodudo, quem é o ator Ramón Valdés e até se fala sobre os personagens que interpretou em Chapolin, como o temido Tripa-Seca.

Para quem tinha como lema de vida “Não existe trabalho ruim. Ruim é ter que trabalhar”, o magrelo até que trabalhou bastante:

Ele já foi de tudo: toureiro, leiteiro, sapateiro, barbeiro, carpinteiro, violeiro, jardineiro, pedreiro, eletricista, revendedor de bilhetes de loteria, lixeiro, professor de barquinho de papel, fotógrafo, empresário de jogadore de ioiô, vendedor de churros, entregador de lenha, nadador, entregador de leite, cabeleleiro, jogador de boliche, beisebol e futebol, treinador de futebol americano, professor substituto, lutador de boxe, mecânico, pintor de paredes e de cartazes, vendedor de balões e de artigos usados e cenotécnico (montando um palco para um festa), além de ter dado uma de dramaturgo, diretor de teatro e, ufa, regente de coral. E ainda há quem tenha a audácia de chamá-lo de vagabundo, ora onde já se viu?!

Quer saber mais? Tá tudo no livro. Para aqueles que são fãs de verdade, essa biografia é imperdível. Não perca tempo e clique no banner da Submarino lá cima e compre. By the way, o autor também já publicou Chaves de um Sucesso, outro sucesso que traz informações sobre o personagem central do seriado.

Seu Madruga – Vila e obra


Ano de Edição: 2010
Autor: Pablo Kaschner
Número de Páginas: 125
Editora: Mirabolante

Leia mais em: , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito