Biografias e Como se sentir mal sobre si mesmo

Livros sexta-feira, 29 de dezembro de 2017 – 1 comentário

O natal veio e passou e 2017 ainda tá aí, se arrastando lentamente ao seu fatídico final… Aposto que cês achavam que depois de 2016 as coisas não poderiam ficar pior, né? Pois não só ficaram, mas ficaram piores e com o pau pra fora.

Falando de pau pra fora, eu tô lendo a biografia dos Beatles.

 If you know what I mean.

continue lendo »

Recomendo: Slash (Slash e Anthony Bozza)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 25 de janeiro de 2011 – 1 comentário
 Ingleses adoram um “chá”…

Desde muito novo gostei do som do Guns n’ Roses. Quando comecei a tocar guitarra passei a gostar mais ainda, especialmente em razão da guitarra estridente e ao mesmo tempo melodiosa de Slash. Estranho é que foi preciso alguém me dar de presente a biografia (outra obsessão minha) desse grande músico para eu criar interesse de lê-la. Mas depois que comecei a leitura, devorei-a! continue lendo »

HQ Biográficas

HQs sexta-feira, 17 de dezembro de 2010 – 4 comentários

Biografias tem se tornando uma nova febre da mídia, principalmente quando trazem detalhes da vida de celebridades e/ou pseudo-celebridades. Só que se antes as biografias eram um ramo quase exclusivo da literatura e, sendo vez ou outra, apresentadas nos cinemas, hoje as histórias de vidas também invadiram os quadrinhos.

Aqui no Bacon o Delamare já escreveu um artigo muito bom sobre esse assunto. Mas, resolvi abordar essa nova vertente que vem crescendo a cada dia, principalmente nos Estados Unidos. continue lendo »

Recomendo: Seu Madruga – Vila e obra (Pablo Kaschner)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 23 de novembro de 2010 – 0 comentários


Antigamente era assim, personagem de “programa infantil” podia fumar e dar mal-exemplo. Seu Madruga não só fumava, como apagava o cigarro na mão de Quico (ou Kiko? Whatever…). Talvez por isso ele seja um dos mais cômicos, amados e carismáticos da série Chaves. De toda forma, esse magrelo de olhos azuis (sim, descobri isso no livro) dispensa apresentações. continue lendo »

Paulo Coelho: o homem e sua obra

Analfabetismo Funcional terça-feira, 19 de outubro de 2010 – 2 comentários
 Hoje: vida boa.

Pra entender a motivação da (criticada) temática constante dos livros de Paulo Coelho, um bom começo é conhecer um pouco da sua história de vida. Bom, na verdade, pra conhecer melhor qualquer pessoa é indispensável conhecer o caminho que ela atravessou na vida, uma vez que as circunstâncias que permeiam a senda pessoal de cada um são determinantes para a formação, em sentido lato, dos indivíduos, podendo refletir em diversos aspectos na vida pessoal e, no caso, profissional. continue lendo »

Recomendo: O Anjo Pornográfico (Ruy Castro)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 03 de agosto de 2010 – 0 comentários

Fomentando a modinha de biografia que estamos vivendo, depois da biografia de Tim Maia, chegou a hora da história da vida de mais um loucão super figura: Nelson Rodrigues. continue lendo »

Modinha de Biografia

Analfabetismo Funcional terça-feira, 15 de junho de 2010 – 11 comentários

Algo que me surpreende a cada visita a uma livraria é o crescente número de biografias que estão sendo publicadas. Ao que me parece, a febre começou no exterior (Leia-se Estados Unidos) e há alguns anos dominou as terras tupiniquins (Muito brega essa expressão, né?). O fato é que pra todo lado que se olha há uma biografia de alguma celebridade ou personagem histórica, e as ficções perdem algum espaço para as histórias da vida (supostamente) real.

Não vejo problema algum nessa nova modinha. Na verdade, eu gosto muito ler biografias. Até já indiquei a de Tim Maia por aqui (Vale Tudo – O som e a fúria de Tim Maia, de Nelson Motta). Desde que se trate de um biografado que tenha uma vida interessante e que a pesquisa seja de qualidade, o livro tem boas chances de ser melhor do que muita ficção.

Mas, quais seriam os motivos para essa tendência de supervalorização das biografias? continue lendo »

Recomendo: Vale Tudo – O som e a fúria de Tim Maia

Analfabetismo Funcional terça-feira, 11 de maio de 2010 – 3 comentários
 Em matéria de porra-loquismo, o Tim era PhD!

Uma das minhas maiores paixões literárias são as biografias. E nesses tempos em que esse “gênero” está em moda e lotando as livrarias, estou feliz como pinto no lixo! Para mim, o motivo do fascínio que as biografias geram é o seguinte: Nenhuma mente, por mais genial que seja, consegue criar um ficção tão boa quanto a vida real. Sobre isso tenho que citar uma excelente observação de Tom Clancy (Sim, o mesmo que dá nome aos jogos):

Qual a diferença entre a realidade e a ficção? A ficção tem de fazer sentido.

continue lendo »

Clarice Revisitada

Antípodas da Mente sexta-feira, 04 de dezembro de 2009 – 0 comentários

Pois é, minha gente.
Uma de nossas melhores escritoras, se não for a melhor, acaba de ganhar Mais Uma Biografia, desta vez publicada aqui no Brasil pela Cosac Naify.

Você, leitor assíduo e fã de Clarice Lispector (Que eu tenho certeza que você é), pode primeiramente pensar que estamos falando do mesmo blá blá blá de sempre.
Aquela coisa toda de família ucraniana refugiada aqui no Brasil, casamento com diplomata, vida de dona de casa, câncer e fim. continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito