Fallout 3 lava, cozinha e passa.

Nerd-O-Matic quinta-feira, 29 de janeiro de 2009 – 13 comentários

(Eu já escrevi uma review de Fallout 3, então isso não é uma resenha. Leia lá o outro texto se você quer uma resenha.)

Fallout 3 é mulher pra casar

Vocês sabem (ou deveriam saber) jogos são mais ou menos como mulheres: quanto menos enchem o saco, mais tempo você passa com elas. Afinal, a coisa mais insuportável do mundo é uma mulher que fica gralhando e torrando sua paciência porque você mija e não abaixa a tampa depois. Aliás, já que toquei no assunto, POR QUE CARALHOS MIJADOS elas reclamam tanto por causa disso? O KID, que é um gamer de respeito, já explorou a questão anteriormente, mas ela continua sem resposta. Eu acho que é só um comportamento default de encheção de saco que vem no software de toda mulher, sabe como é, pra que nenhuma deixe de encher o saco de um homem em pelo menos algum momento de sua vida feminina e reclamona.

continue lendo »

O Vidente Fodão Pt. Última

Nerd-O-Matic quinta-feira, 22 de janeiro de 2009 – 2 comentários

Comentário relevante da semana

Então, cara, acho que nesse ano a Sony vai aprender isso. Como eu já disse por aí, creio que chegamos no ápice do que um console pode apresentar em termos de hardware, então não tem mais porque investir uma grana pra lançar um novo console. É possível que a partir do PS3 nós testemunhemos a Sony mudar de estratégia. Afinal, a competição com o X360 continua feroz.

continue lendo »

O Vidente Fodão Pt. 4

Nerd-O-Matic quinta-feira, 15 de janeiro de 2009 – 7 comentários

Comentário relevante da semana

Vou falar a verdade: esse só ganhou sua relevância porque citou Nelson Rodrigues. Mas é fato que os nintendistas curtem apanhar.

continue lendo »

O Vidente Fodão Pt. 3

Nerd-O-Matic quinta-feira, 08 de janeiro de 2009 – 6 comentários

Comentário relevante da semana

Tchulanguero FDP, finalmente concordando comigo em alguma coisa. Aguardem mesmo, pois sinto que a Home vai gerar muitas piadas para a Sony. CAGADA, Sony.

continue lendo »

O Vidente Fodão Pt. 2

Nerd-O-Matic quinta-feira, 01 de janeiro de 2009 – 8 comentários

Comentário relevante da semana

Porra, se não fosse o Tchulanguero nem teria o que colocar aqui nessa semana.

Cara, concordo com você que o PS3 ainda não vale a pena. Mas dá um tempo pro console, pô. Tem coisas boas saindo e acho que ao longo do tempo o console da Sony vai acabar se diferenciando de alguma forma do X360. Mas também acho bem foda que atualmente a gente precise optar por um dos dois, já que ter ambos consoles é quase redundante.

continue lendo »

O Vidente Fodão Pt. 1

Nerd-O-Matic quinta-feira, 25 de dezembro de 2008 – 5 comentários

Comentário relevante da semana

Devido à DESMEMBRAÇÃO MASTER BOMBA do AOE em vários sites, alguns leitores noobs ainda não conseguiram entender direito onde foram parar os quadros e colunas de games, o que causou uma queda da freqüência de leitores à minha coluna semanal. A noobice de vocês ocasionou portanto uma queda nos comentários, então não tive outra opção a não ser me aproveitar da Bel de novo (heh):

Eu falo pra vocês que a Bel é gente boa pra cacete. Ela se dá ao trabalho até de atualizar a gente sobre os progressos gamísticos dela. Boa Bel. BOA CAMPEÃO! É isso mesmo, não deixa um jogo de bosta vencer você. Esse é o espírito gamer: play hard, play more.

continue lendo »

Jogando e ficando puto Pt. 10

Nerd-O-Matic quinta-feira, 18 de dezembro de 2008 – 10 comentários

Comentário relevante da semana

O comentário relevante da semana vai para nossa querida Bel, que continua se prestando ao papel de expressar sua noobice nesta coluna, para que todos nós possamos nos sentir melhor com a nossa própria noobice. A Bel é um exemplo de humildade e perfeição mamária:

Então Bel, o que eu poderia lhe dizer? Eu não acredito que você tenha vindo de fábrica com defeito no gene de fazer drift em Need for Speed. Eu acho que é só uma questão de treino com a assistência adequada de um gamer mais proficiente em drift. É lógico que gamers DE VERDADE não aceitam ajuda de ninguém, preferindo xingar quem tenta ensinar qualquer coisa e recorrendo ao gamefaq.com às escondidas. Mas olha só: melhor você pedir ajuda do que passar o resto da vida sendo noob, por mais que eu ache isso extremamente engraçado.

continue lendo »

Jogando e ficando puto Pt. 9

Nerd-O-Matic quinta-feira, 11 de dezembro de 2008 – 33 comentários

Comentário relevante da semana

Mr. Moura, prata da casa, marcando presença com o comentário mais relevante da semana:

Deveras, companheiro. É fato que a Nintendo deveria promover uma melhor seleção no licenciamento dos jogos para seus consoles, o que nos livraria da tortura que virou o GARIMPO de jogos bons nos consoles da Nintendo.

continue lendo »

Jogando e ficando puto Pt. 8

Nerd-O-Matic quinta-feira, 04 de dezembro de 2008 – 26 comentários

Comentário relevante da semana

Continuando a série “Eu só tenho leitor Crasse A”, admirem o comentário do Cagão (que não é o Red)

Depois do comentário Crasse A, o Felipe sugeriu que nosso amigo Cagão desse um pause no jogo pra aliviar suas entranhas. Mas sabe, não é a mesma coisa. Além do mais, no caso do XBox 360, todo o tempo em que ele fica ligado (mesmo que em pause) é mais tempo que o processador fica esquentando e ameaçando torrar o aparelho todo. Aí como é que eu vou dar aquela barrigada susse se eu ficar preocupado com a hipótese de eu sair do banheiro e meu 360 estar derretido e pingando plástico no chão da sala? Nem dá.

continue lendo »

Jogando e ficando puto Pt. 7

Nerd-O-Matic quinta-feira, 27 de novembro de 2008 – 17 comentários

Comentário relevante da semana

Sensacional. Não sei o que é melhor: o cara ser fã da SEGA até hoje (o que eu respeito, apesar do tom irônico do cara) ou escrever SEGA GENESIS errado. Meus leitores são tudo Crasse A, véi.

Coisas que eu odeio nos games pt.7

Fala sério, cês não acreditavam que eu conseguiria passar tanto tempo achando defeitos nos games hein? Mas são anos de prática, pimpolhos; fica fácil achar defeito depois de tanto tempo envolvido com o objeto de estudo. É como casamento.

Mas enfim, como já percebi que esse tema de reclamação é praticamente infinito, decidi limitar os textos reclamativos a um número de DEZ, por enquanto. Por mais que eu adore xingar e botar defeito nas paradas, tem outras coisas das quais eu quero falar. Sem falar que se eu continuar só reclamando, daqui a pouco vocês vão achar que eu não gosto de jogar vídeo-game.

Salve-se quem puder

Sabem o que eu odeio muito nos jogos atuais? SAVES. Serião. Me enchem o saco de pregos.
Neste momento alguns de vocês podem estar confusos, já que certa vez eu falei do grande avanço que este mecanismo chamado save representou para a jogatina e extensão dos jogos. Sim, e ainda sustento a minha opinião de outrora. Porém, seguindo nessa espiral de coerência infinita que é minha mente quero agora xingar o mesmo mecanismo; não por sua existência mas por sua lenta evolução. Contarei um causo.

Depois de mais de um ano protelando, finalmente adquiri um X360 pra chamar de meu. Não ter um 360 era uma falha imperdoável no meu caráter gamístico, e algo precisava ser feito a respeito de tal fato. Pois bem, agora sou uma pessoa melhor. Eu ME SINTO melhor.

Quê? O X360 de vocês não é assim?

Mas olha só: por algum motivo incompreensível pra mim o 360 despertou a vontade de jogar em minha mulher. Eu acho isso extremamente esquisito, já que o Wii convive conosco por mais de um ano e ela nunca se entusiasmou com o aparelho. Enfim, agora ela joga vídeo-game. E pelo menos é um vídeo-game de macho e tals.

Aí né, que fomos escolher jogos para nos afundarmos na poltrona. Por coincidência ambos escolhemos RPG’s: eu peguei Fallout 3 porque sabia que o sistema VATS me permitira estourar cabeças com headshots sexys.

HEADSHOT motherfucker!

Já a minha mulher pegou Infinite Undiscovery, porque achou a capa bonitinha. “VSF”, pensei na hora. “VSF, nem a pau que cê vai levar jogo só porque tem capa bonitinha”. Mas daí dei uma olhada e vi que tinha dedo da Square no jogo, então não podia ser tão ruim assim. Leva aí o jogo, mulher.

Evite

Bom, o Infinite Undiscovery é um saco, eu canso só de ficar olhando ela jogar o troço. Puta RPG cheio de clichê e coisa bicha. Eu juro que em uma das magias eu vi os persoanagens atirarem corações rosados. Mas isso não vem ao caso. O que vem ao caso são as diferenças dos sistemas de saves entre o jogo “dela” e o “meu” (Na real é tudo meu, porra).

Fallout 3 é exatamente tudo que um RPG deve ser. É tão perfeito que eu só consigo me arrepender de não ter comprado o 360 antes. É o tipo de jogo que justifica o console. Mas não vou fazer review aqui, o que importa é o sistema de save de Fallout 3, que colocado muito simplesmente é: VOCÊ SALVA ONDE FUCKING QUISER NA FUCKING HORA QUE QUISER. A qualquer momento do jogo você aperta start, escolhe “save” e ele vai gravar o jogo exatamente onde você parou. Perfeito.

Infinite Undiscovery é o contrário: ele tem o PIOR sistema de save que já vi num RPG. Além de não ter checkpoints, ele possui aquelas malditas bolinhas brilhantes flutuantes, que são os pontos de save, os únicos lugares onde você pode gravar seu progresso. Pra piorar, em Infinite os saves ficam DEPOIS dos acontecimentos importantes do jogo. Então, ao invés de ter um save antes de enfrentar um chefe por exemplo, o jogo só vai te dar um save na cidade que fica depois de você enfrentar e derrotar o chefe. Se perder, vai fazer o caminho todo de volta desde a última cidade (e último save). Caralho.

Putaqueospariu, como pode ainda existir esse tipo de coisa na geração atual? Meu, não consigo entender qual a justificativa técnica atual que impede QUALQUER JOGO de ser salvo a qualquer momento. É questão de espaço para salvar? Não pode ser. A porra do meu X360 tem um HD de 20 giga só pra saves, cacete. Não é como se eu ainda estivesse usando um memory card de 8 mega do PS2. Além do mais, alguém me explica como pode o Fallout 3 salvar em qualquer ponto e mesmo assim cada save ocupar míseros 100K? Sabe quanto espaço ocupam os saves fixos de Infinite Undiscovery? FUCKING 4 MB!!

Véi, é muito incoerente.

Esse troço de save limitado é muito chato, porque te impede de levar sua vida do jeito que quiser, saca? Você não pode aproveitar uma meia horinha que sobrou do seu tempo pra dar uma jogada, porque se você não achar o próximo save ao término dos seus 30 minutos disponíveis cê vai ter que desligar o console e perder tudo que fez. E disso pra largar o jogo de vez é um passo. Saves limitados são uma coisa muito anti-jogatina.

Agora pega o Fallout. Cara, eu posso ligar o troço e fazer coisas altamente relevantes com míseros 10 minutos de jogo. Com 10 minutos eu saio nas Wastelands, mato 3 nego que tão perdido por ali, saqueio eles e consigo dinheiro e peças pra consertar minhas armas. Com 10 minutos de jogo eu cumpro uma quest opcional de levar um item de uma cidade à outra. E, terminados meus 10 minutos disponíveis, eu só aperto start, imediatamente salvo o que fiz, e saio pra fazer minhas outras obrigações. Sensacional. É totalmente pró-jogatina.

Vou fechar a coluna por aqui. Mas só pra deixar todo mundo ainda mais puto: tem sistema de save pior que o de Resident Evil, com as malditas fitas que, além de limitarem os lugares onde você pode salvar ainda limitam QUANTAS VEZES você pode salvar? Qualé Capcom, tá de sacanagem?

hahahaha. Pega a máquina de escrever e ENFIA, Capcom.

Só podem estar de sacanagem.

busca

confira

quem?

baconfrito