Jogando e ficando puto Pt. 9

Nerd-O-Matic quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Comentário relevante da semana

Mr. Moura, prata da casa, marcando presença com o comentário mais relevante da semana:

Deveras, companheiro. É fato que a Nintendo deveria promover uma melhor seleção no licenciamento dos jogos para seus consoles, o que nos livraria da tortura que virou o GARIMPO de jogos bons nos consoles da Nintendo.

Coisas que eu odeio nos games pt.9

Maravilha, penúltimo artigo desta série que está aliviando minha úlcera gamer aos poucos. Vocês não sabem como é bom poder dedicar alguns meses só pra ficar reclamando de tudo que incomoda quando eu jogo vídeo-game.

Hoje resolvi parar de reclamar um pouco sobre o presente e mirar para o futuro. Reclamarei de algo que ainda não aconteceu no mundo gamístico e que já devia ter acontecido há tempos.

KD FUTURO CHEGA LOGO PORRA

Este artigo foi inspirado por uma conversa que tive com um colega no bar esses dias. Estávamos nós discutindo e dando risadas sobre o fracasso do empreendimento chamado Virtual Boy.

 Tralha

Não sei se algum de vocês teve o prazer de entrar em contato com esse aparelho. Eu mesmo só conheci por fotos e vídeos. O Virtual Boy foi um console da Nintendo que ambicionava colocar os jogadores em uma realidade virtual, através de um ridículo dispositivo que precisava ser apoiado numa mesa, e sobre o qual o jogador apoiaria sua cabeça. Era algo mais ou menos assim:

 LQL

Absolutamente impensável e fadado ao fracasso. Vídeo-games são atividades prazerosas e lazerzísticas, que não podem ser feitas numa posição como essa, que eu comparo ao provável desconforto de cagar de pé enquanto alguém aperta seus testículos com um alicate.

Pois bem, o Virtual Boy fracassou fragorosamente, e tem sido motivo de piada até os dias atuais, maculando a reputação da Nintendo desde então.

Mas o que me importa discutir hoje é que, infelizmente, desde o fracasso do brinquedo citado nenhum fabricante se meteu novamente a criar dispositivos de realidade virtual. Isso deveria ser o futuro ÓBVIO dos consoles, enfiar o jogador numa imersão total no seu ambiente de jogo. É claro que os dispositivos de RV continuaram em desenvolvimento, principalmente para fins de treino militar e tratamento psicológico de fobias. Mas por que caralhos virtuais nunca mais se viu nada nos consoles caseiros?

Eu chamo isso de “Trauma Bundístico Virtual Boy”; depois de todo mundo ver a Nintendo levar na bunda com sua tentativa, ninguém quis enveredar pelo mesmo caminho, procurando preservar suas pregas financeiras.

Ok, é compreensível o cagaço gerado. Mas qual foi a nefasta conseqüência para nós jogadores? PORRA NENHUMA DE AVANÇO nas formas de jogar. Olha só, convenhamos que o PS3 e o X360 são os brinquedos mais avançados que temos atualmente, mas na prática eles são apenas computadores disfarçados de consoles. Isso está cada vez mais descarado, principalmente devido ao fato de que agora precisamos INSTALAR os jogos em nossos consoles. Instalar jogo. Em um console de vídeo-game. Vocês lembram quando vídeo-game era uma coisa legal, que você só encaixava uma fitinha e saía jogando? Pois é, só demos passos pra trás desde então. Sacam Devil May Cry 4, que precisa ser instalado no PS3?

Mas tudo bem, nem reclamo tanto da geração atual. Afinal, temos o Wii que, apesar dos jogos motherfuckerers, está pelo menos tentando nos mostrar que dá pra controlar os jogos de outras maneiras. E eu estou bem feliz com meu X360. Mas o que realmente me preocupa é a próxima geração. Será que vai ter próxima geração de vídeo-games? Vocês já pararam pra pensar nisso?

Porque, veja bem, se o que nós temos são computadores ao invés de consoles, então não tem motivo pra ficar desenvolvendo uma carcaça diferente se o interior será igual. Sinceramente, alguém precisa de gráficos melhores num jogo do que o PS3 e o X360 conseguem fazer? E mesmo que consigam melhorar os gráficos: PRA QUÊ? Você já viu a perfeição de uma Ferrari no último Gran Turismo? Já viu as cabeças explodindo em Fallout 3? Você quer o quê, que a Lara Croft seja mais humana do que já é? Então assiste um filme pornô, fdp.

Eu suponho que os consoles, assim como os computadores, só vão sofrer upgrades daqui por diante, e não mais avanços significativos ou trocas de formatos. Eu vejo pessoas falando de “Playstation 4” e que a Sony “ já tá desenvolvendo o novo console”, e dou risada. Por que caralhos a Sony investiria num novo console quando ainda está perdendo rios de dinheiro com o PS3? Pra que colocar mais um monte de dinheiro em marketing e um novo design de produto que essencialmente fará a mesma coisa que o anterior? Vídeo-games não são como carros, que as pessoa trocam de ano pra ano mesmo que só tenha mudado o formato do farol ou uma linha no capô. O investimento num console deve durar por ANOS. Tem nego que joga Playstation 1 até hoje. Tem gente que joga Super Nintendo até hoje. Tem gente que gasta moeda pra jogar Street Fighter II : The World Warrior no fliperama até hoje. Vídeo-games duram mais do que carros.

Aliás, conheço um monte de gente que se recusa a comprar um X360 ou um PS3, porque eles já têm um PS2 e consideram que só a melhora nos gráficos não é motivo suficiente pra desembolsar mais de 1000 reais por um novo brinquedo. E quer saber? Eles estão certos. A gente compra porque é lôco. Lôco por vídeo-games. Mas é impossível não concordar que os jogos da geração atual são exatamente a mesma coisa que os da geração passada. O único que trouxe algo de novo foi o Wii. O console que abriu mão de investir em gráficos e que vende mais que os outros dois juntos.

Ouçam minhas palavras: do jeito que a coisa vai, a “próxima geração” já vai nascer morta. Ou os grandes fabricantes acham uma maneira realmente NOVA pra gente jogar os jogos de sempre ou duvido que nego vai botar mais uma centena de dólares num console novo só pra ver os pêlos da mão do soldado se mexendo de acordo com o vento em Call of Duty. KD minha realidade virtual, porra?

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Victor

    Em pensar q eu tinha um psone e vendi pra pagar parte do ps2… e que tive que comprar um psp pra jogar psone denovo.

    Mas discordo, se compararmos o MGS1 com o MGS4, não podemos dizer que se trata da mesma coisa, não absolutamente, pelo menos. E olha que o MGS3 é bem mais legal do que o MGS4.

    Outro exemplo: Não existe nada parecido com dead space, ou mesmo dark sector nos consoles antigos.
    É que vc nao deve ter tido esta experiência, mas matar zumbis com o siaxxis do PS3 é bem interessante.

    Quer saber o futuro dos games? Mega produções (vide Gears os war, Good of war, Dead Space e afins), ou seja, filmes interativos.

  • Luke2206

    Ainda concordo com o Atillah

    Os videogames dessas gerações são versões upgraded da geração antiga(exclua o Wii dessa). Olha o PS2. A biblioteca de jogos dele eh gigante!! E tem pra todos os gostos e ainda continuam lançando jogos. Pq diabos a Sony teve que ser apressadinha e lançar um próximo vídeogame? Gráficos mais potentes? Gráfico naum eh tudo…

    O Motivo por qual não me flagelo por naum ter um PS3 eh pq ainda tem muuuuito jogo bom pra PS2 antes que eu possa migrar satisfeito pro PS3.

    Agora a Nintendo sim eh um pontinha de esperança. Com Wii e Nintendo DS. Agora vai sair o DSi, aí eu quero ver o bichu pegar com a câmera VGA.

    Ainda tenhu certeza que um dia ela vai lançar o Nintendo Brain. Soh naum quero saber o que ocorre depois do Game Over quando se joga nele. ;)

  • Eu to cantando essa pedra faz tempo, mas não adianta, povo na verdade quer gráfico bonito no seu “vidiugayme” porque é bacana, porque dá status, pra falar que tem um produto de alta tecnologia na sua casa.

    O Victor citou ae em cima Metal Gear por exemplo, mesmo eu só tendo jogado o 1 e 2, de tudo que eu vi do 3 e 4 (e afinal, se os jogos hoje em dia são filmes interativos, não é difícil de saber como eles são vendo os vídeos do YouTube) eu ainda acho o mais doido o primeiro, pelo clima tenso e sombrio que ele tem. A cena da morte da Sniper Wolf pra mim é uma das mais fodas em jogos que eu já vi, com gráficos quadradões e tudo mais.

    Claro que eu não to falando pra todo mundo voltar e ficar jogando jogos antigos, os consoles hoje em dia conseguem enfiar muito mais inimigos na tela do que conseguiam antes, mas o foco dos jogos mudou, o lance agora é criar cenas bacanas pra você endoidar e querer comprar o próximo.

    Voltando um pouco mais para o assunto do texto, teve um oriental maluco ae que criou um esquema usando o Wii que faz as imagens “saltarem” da tela da televisão (tipo uma holografia) e tudo que você precisa usar é um óculos lá que não é nenhum trambolho. O dia que tiver um video-game usando uma tecnologia dessa, com um controle do tipo do Wii, gráficos de uns 8 anos atrás serve, som estéreo, e um processamento pra colocar trocentos inimigos na tela ae sim vamos estar realmente em um novo nível de entretenimento.

  • Invocando a Wikipédia logo vejo sobre Mario Clash de Virtual Boy:

    Mario Clash é um jogo Virtual desenvolvido pela Nintendo em 1995. Causava dores de cabeça em quem jogava por um tempo muito prolongado, a própria Nintendo recomendava um descanso a cada 15-30 minutos, para evitar as enxaquecas. A maior parte dos jogos lançados vinham com a opção auto-pause para lembrar os jogadores de descansar. Crianças com menos de 7 anos não podiam jogar, pois poderia atrapalhar o desenvolvimento dos olhos

    Tinha como isso fazer sucesso?

  • Leonard Lecter

    É uma merda mesmo. Ainda to esperando o sabre de luz.

  • Agora descobri o motivo dar dor de cabeça:
    http://www.youtube.com/watch?v=-66LHTOPPUQ

  • ANgelo

    Eu jogo meu playstation até hoje(é o bloco cinza xD)também curto emuladores de super e sega pra jogar com os amigos.Eu junto a galera aqui e vou jogar bomberman 3D, é uma puta zuação.também acho que já é suficiente a qualidade dos gráficos.

  • joão !

    kkkkkk

    “comparo ao provável desconforto de cagar de pé enquanto alguém aperta seus testículos com um alicate.”

  • Olha…
    Eu sou do tipo que gasta ficha pra jogar Street Fighter 2, Cadillac Dinosaurs…é um fato, muitas vezes os jogos antigos trazem muito mais entretenimeno que os atuais. Tipo, mesmo vendo o gráfico fuderoso, isso, aquilo… o único console que sinto uma vontade de comprar (estou até pensando, tentando descobrir um jeito), é o Wii. Gráficos bons demais não me atraem, eu sou do tipo que se preocupa com jogabilidade, entretenimento. Quero que o jogo prenda minha atenção, tanto faz os gráficos.

    Sim, vários jogos da nova geração fazem isso… mas existem vários “ports 3D” que foram feitos deles, que… não chegam nem aos pés. Uma tentativa de se chegar nessa próxima geração que foi citada, seja essa coisa de “tudo ser 3D”, o que deixou os jogos horríveis. Muitos até não jogaveis, sem graça.

    E eu espero muito, por um dispositivo que eu jogue sem mover meu corpo. Tipo comandando o vídeo-game através do cérebro. Seria o head-shot perfeito.

  • ao invés de vir com controle q vibra, deve vir com controle que da xoque.

  • Ches

    Tenho meu Playstation 1 guardado(jogado) em algum ármario,mas os jogos estão inteiros!
    SNES faz pouco tempo que eu voltei a joga-lo,os gráficos não são bons,mas véi foda-se os gráficos,o que interessa é a diversão,tu junta um pessoal,e passa horas jogando Samurai Shodown,Bomberman,Kkirby’s avalanche…
    Jogo Play2,ultimamente tenho achado uns jogos muito bons,que valem a pena…

  • joao

    ‘uma centena de dólares num console novo só pra ver os pêlos da mão do soldado se mexendo de acordo com o vento em Call of Duty’

    cara,isso seria muito foda!

  • Caio, The Eldar

    Bom, talvez um passo muito tímido na direção dessa RV sejam os jogos You’re in the movies do X3RL e um de cartas (tipo Magic, mas que não lembro o nome) do PS3. Ambos funcionam com a captação de imagens pela camera e repassando a imagem com os graficos do jogo. Aindá há esperança que nos tornemos TRON.

  • Sagara

    Ah… nem citaram a Power Glove.
    Tipo, se a Nintendo combinasse o mecanismo do Wii com a Power Glove (e esta realmente funcionasse) seria foda demais.

  • Capitao Zanzarini

    UOUUUU

    Athila meu caro, vc ta mais que certo pra variar.
    To achando que esses malandroes que desenvolvem games sao estagiarios e ficam jogando rock and roll racer no pc, dae nao teem tempo pra trabalhar

  • bel

    “Vocês lembram quando vídeo-game era uma coisa legal, que você só encaixava uma fitinha e saía jogando? ”

    Correção: você primeiro SOPRAVA a fitinha e só depois encaixava.

    “Aliás, conheço um monte de gente que se recusa a comprar um X360 ou um PS3, porque eles já têm um PS2 e consideram que só a melhora nos gráficos não é motivo suficiente pra desembolsar mais de 1000 reais por um novo brinquedo” –> eu.
    Mas isso se dá também porque sou, tipassim, uma péssima jogadora e tal. Seria investir 1000 reais pra não conseguir fazer uma porcaria de drift no carrinho mais molenga do joguinho de corrida mais bunda que existir.

  • ghostued

    @Bel

    acho que a questão de ser um jogador ruim é relativo.

    Por exemplo, nunca tive saco pra ficar jogando Need for Speed, o que me fez um jogador ruim desse treco. Também nunca consegui passar do Cerberus no Devil May Cry 3 (dificuldade normal.)

    Mas jogava (parei por causa do trabalho) muito bem obrigado Tekken 5, que é um tezão de jogo, no qual eu gastava horas dando porrada.

  • Java

    a única coisa que falta ser feito para que um console desça em nossas gargantas é melhorar a jogabilidade.

  • Daniel

    Cara, não precisa nem de um console muito foda pra fazer coisas legais. Uma webcam e um pc caseiro já bastam:
    http://www.youtube.com/watch?v=5ks1u0A8xdU

  • O lado de games da Sony falir é que nem a Atari “falir” nos anos ’80… Vai ser um marco bom, vai acabar fazendo as hardwarehouses se tocarem…

    Tá que agora não é o mesmo mercado inocente daquela época, e mesmo que você não compre, ainda vai ter gente comprando Zeebos e Virtual Boys por aí…

    Mas, ponho fé na Nintendo e seu próximo videogame… Qual era a data mesmo?

  • Marco

    Os próximos consoles estarão ainda mais centrados na internet do que hoje. O Steam nos PCs mostrou que é possível fazer distribuição digital de jogos de forma segura e confortável ao jogador, por preços menores e com lucro maior, por tanto o que hoje é o Xbox Live Arcade, WiiWare e seja lá como isso se chama no Playstation 3 na próxima geração será a forma principal de distribuir o conteúdo.

    Além disso da Nintendo pode-se esperar que o seu próximo videogame vai ser Media Center como seus concorrentes atuais e seguindo o DSi.

    Outra coisa é que por causa do DS e do Wii uma nova legião de jogadores entrou no mercado, ainda que isso deve ser sentido já, na próxima geração já é um mercado consolidado e que ainda não viu grandes jogos como Chrono Trigger, Half-Life, e afins e que aceitaram comprar o que nós chamamos de mais do mesmo.

  • Marco

    E o ramo de games da Sony, definitivamente, não vai falir.

    Não que eu não queira.

  • Shimoo

    Na minha singela ( e possivelmente a ser ignorada ) opinião, se você se interessa mais com gráficos, é perda de dinheiro comprar um console. Um PC nem tão top hoje ja supera um PS3 ou Xbox360. Não preciso nem mostrar um monte de números, é só olhar os GTA’s. A versão para PC vem sempre mais “tunada”. Foi asim com San Andreas ( se não me engano ) e agora com o GTA 4. E mesmo que lancem uma nova geração de consoles com hardware mais potente, em questão de meses já é possível superá-lo com um computador, e provavelmente com um upgrade no micro que sai mais barato que um console novo. A Nintendo jogou bem não tentando “empacotar” um PC, mas inovando. Vamos ver se o resto continua nessa linha ( de morte certa ) de empacotar um pc e vender como videogame.

  • Red

    Nessa tu mandou bem pra caralho Leo Atillah.

    Concordo em genero numero e grau

  • Angelo Dias

    PORRA. Esse texto foi demais. Tipo… nada a adicionar. Demais.

  • André

    exato!
    eu vivo dizendo que não vai existir próxima geração porque agora dá pra entrar na internet, baixar programas e a única empresa que pode se dar bem na próxima geração é a nintendo,
    mesmo que as idéias já estejam acabando eu acredito que muita gente compraria um wii 2 com sensores melhores, uma internet melhor e alguns acessórios a mais.
    Se bem que nem precisa dos acessórios, é só dar uma melhorada na wii balance board que dá pra andar com ela nos jogos. Se melhorarem os sensores do wiimote e você tivesse total liberdade pra jogar um star wars ou um zelda a nintendo se garantia.

  • Bahamuto

    Só nao concordo com essa da mídia não mudar… Na proxima geração provavelmente não muda, deve ser Blue Ray, MAS se somente se realmente houver uma outra geração de consoles (PS5), provavelmente vãot tentar inserir esses discos novos de 500GB que já tem notícias por aí.
    (Eu espero que tudo vire PC, chega de console, huaeuhaeu)

  • Olaf!

    Amém!

  • Bleach

    Bela analise
    Gostei mt

    Concordo com oq vc falou.Oq precisamos é d algo diferente,algo q achemos mais divertido de se jogar(não sei se vc pensou assim,mas desse jeito q interpretei)

    Flw!

  • C

    Isso é um problema sério, os jogos de hoje estão atingindo numeros de continuações que até então só eram imaginaveis em filmes pornôs!

    Se o que é pior, a Sony com as 13a continuações dos jogos de PSOne com graficos melhores ou a Nintendo e seu gamecube com powerglove (vulgo Wii) dos mesmos malditos jogos de sempre (Mario, Zelda, Metroid e Pokémon) é dificil dizer.

    Só sei que o futuro ta demorando demais pra chegar, nem baixar putaria no KaZaA com conexão discada demorava tanto…

  • Renato

    Puta merda nessa parte da sua coluna falou exatamente o que eu penso….video game tem que parar que virar filme e voltar a ser vídeo game simples e divertido, o pessoal ainda jogo os video games antigos ou fliperamas porque a essência está nesses quando um jogo tinha menos de 8 bits poucas cores e um som horrivel eu me divertia mais do que jogando god of war II com muita violência e sangue mais realista.
    O divertido do video game não são os graficos e sim a pura diversão de você sentar rodar alguma bosta desligar e ir embora fazer alguma coisa que realmente interessa.

  • Arthur Elias

    fala sério né mano ! vc dizer q “a essência está nesses quando um jogo tinha menos de 8 bits poucas cores e um som horrivel ” é o cumulo da burrice aguda X) kkkkkkkkkkk

  • dcolombo

    sim, qnd fui jogar pela primeira vez mgs4 (nunca joguei nenhum deles) no ps3 dum amigo, e aqla merda comeco a instala…fiqei frustrado, afinal, na discussao entre xbox e ps3 com os meus colegas, eu defendia ps3 =P
    na verdade nunca fui mto de jogar no console, em tda minha vida soh tive 2…snes e ps1, gostava pq dava de jogar com os amigos e talz, pq naquela epoca a gente ainda nem tinha pc e se tinha nao era em rede
    mas agora os tempos mudaram…meus consoles pifaram, os pcs avancaram e agora soh jogo alguns jogos + interessantes nos emuladores do pc, pq ainda tem alguns que valem a pena ser lembrados (harvest moon, rock’n roll racing, etc)
    com a queda do preco do ps2, aumenta minhas expectativas de comprar 1 =P
    e soh penso em comprar um dos novos consoles se for com algum jogo que eu perca um bom tempo se divertindo com os amigos, como guitar hero…etc

busca

confira

quem?

baconfrito