Jogando e ficando puto Pt. 9

Nerd-O-Matic quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Comentário relevante da semana

Mr. Moura, prata da casa, marcando presença com o comentário mais relevante da semana:

Deveras, companheiro. É fato que a Nintendo deveria promover uma melhor seleção no licenciamento dos jogos para seus consoles, o que nos livraria da tortura que virou o GARIMPO de jogos bons nos consoles da Nintendo.

Coisas que eu odeio nos games pt.9

Maravilha, penúltimo artigo desta série que está aliviando minha úlcera gamer aos poucos. Vocês não sabem como é bom poder dedicar alguns meses só pra ficar reclamando de tudo que incomoda quando eu jogo vídeo-game.

Hoje resolvi parar de reclamar um pouco sobre o presente e mirar para o futuro. Reclamarei de algo que ainda não aconteceu no mundo gamístico e que já devia ter acontecido há tempos.

KD FUTURO CHEGA LOGO PORRA

Este artigo foi inspirado por uma conversa que tive com um colega no bar esses dias. Estávamos nós discutindo e dando risadas sobre o fracasso do empreendimento chamado Virtual Boy.

 Tralha

Não sei se algum de vocês teve o prazer de entrar em contato com esse aparelho. Eu mesmo só conheci por fotos e vídeos. O Virtual Boy foi um console da Nintendo que ambicionava colocar os jogadores em uma realidade virtual, através de um ridículo dispositivo que precisava ser apoiado numa mesa, e sobre o qual o jogador apoiaria sua cabeça. Era algo mais ou menos assim:

 LQL

Absolutamente impensável e fadado ao fracasso. Vídeo-games são atividades prazerosas e lazerzísticas, que não podem ser feitas numa posição como essa, que eu comparo ao provável desconforto de cagar de pé enquanto alguém aperta seus testículos com um alicate.

Pois bem, o Virtual Boy fracassou fragorosamente, e tem sido motivo de piada até os dias atuais, maculando a reputação da Nintendo desde então.

Mas o que me importa discutir hoje é que, infelizmente, desde o fracasso do brinquedo citado nenhum fabricante se meteu novamente a criar dispositivos de realidade virtual. Isso deveria ser o futuro ÓBVIO dos consoles, enfiar o jogador numa imersão total no seu ambiente de jogo. É claro que os dispositivos de RV continuaram em desenvolvimento, principalmente para fins de treino militar e tratamento psicológico de fobias. Mas por que caralhos virtuais nunca mais se viu nada nos consoles caseiros?

Eu chamo isso de “Trauma Bundístico Virtual Boy”; depois de todo mundo ver a Nintendo levar na bunda com sua tentativa, ninguém quis enveredar pelo mesmo caminho, procurando preservar suas pregas financeiras.

Ok, é compreensível o cagaço gerado. Mas qual foi a nefasta conseqüência para nós jogadores? PORRA NENHUMA DE AVANÇO nas formas de jogar. Olha só, convenhamos que o PS3 e o X360 são os brinquedos mais avançados que temos atualmente, mas na prática eles são apenas computadores disfarçados de consoles. Isso está cada vez mais descarado, principalmente devido ao fato de que agora precisamos INSTALAR os jogos em nossos consoles. Instalar jogo. Em um console de vídeo-game. Vocês lembram quando vídeo-game era uma coisa legal, que você só encaixava uma fitinha e saía jogando? Pois é, só demos passos pra trás desde então. Sacam Devil May Cry 4, que precisa ser instalado no PS3?

Mas tudo bem, nem reclamo tanto da geração atual. Afinal, temos o Wii que, apesar dos jogos motherfuckerers, está pelo menos tentando nos mostrar que dá pra controlar os jogos de outras maneiras. E eu estou bem feliz com meu X360. Mas o que realmente me preocupa é a próxima geração. Será que vai ter próxima geração de vídeo-games? Vocês já pararam pra pensar nisso?

Porque, veja bem, se o que nós temos são computadores ao invés de consoles, então não tem motivo pra ficar desenvolvendo uma carcaça diferente se o interior será igual. Sinceramente, alguém precisa de gráficos melhores num jogo do que o PS3 e o X360 conseguem fazer? E mesmo que consigam melhorar os gráficos: PRA QUÊ? Você já viu a perfeição de uma Ferrari no último Gran Turismo? Já viu as cabeças explodindo em Fallout 3? Você quer o quê, que a Lara Croft seja mais humana do que já é? Então assiste um filme pornô, fdp.

Eu suponho que os consoles, assim como os computadores, só vão sofrer upgrades daqui por diante, e não mais avanços significativos ou trocas de formatos. Eu vejo pessoas falando de “Playstation 4” e que a Sony “ já tá desenvolvendo o novo console”, e dou risada. Por que caralhos a Sony investiria num novo console quando ainda está perdendo rios de dinheiro com o PS3? Pra que colocar mais um monte de dinheiro em marketing e um novo design de produto que essencialmente fará a mesma coisa que o anterior? Vídeo-games não são como carros, que as pessoa trocam de ano pra ano mesmo que só tenha mudado o formato do farol ou uma linha no capô. O investimento num console deve durar por ANOS. Tem nego que joga Playstation 1 até hoje. Tem gente que joga Super Nintendo até hoje. Tem gente que gasta moeda pra jogar Street Fighter II : The World Warrior no fliperama até hoje. Vídeo-games duram mais do que carros.

Aliás, conheço um monte de gente que se recusa a comprar um X360 ou um PS3, porque eles já têm um PS2 e consideram que só a melhora nos gráficos não é motivo suficiente pra desembolsar mais de 1000 reais por um novo brinquedo. E quer saber? Eles estão certos. A gente compra porque é lôco. Lôco por vídeo-games. Mas é impossível não concordar que os jogos da geração atual são exatamente a mesma coisa que os da geração passada. O único que trouxe algo de novo foi o Wii. O console que abriu mão de investir em gráficos e que vende mais que os outros dois juntos.

Ouçam minhas palavras: do jeito que a coisa vai, a “próxima geração” já vai nascer morta. Ou os grandes fabricantes acham uma maneira realmente NOVA pra gente jogar os jogos de sempre ou duvido que nego vai botar mais uma centena de dólares num console novo só pra ver os pêlos da mão do soldado se mexendo de acordo com o vento em Call of Duty. KD minha realidade virtual, porra?

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito