Referência

Nona Arte quarta-feira, 08 de abril de 2009 – 4 comentários

É sábado de tarde. Você, amado leitor, está no meio de duas decisões de grande importância: se chatear assistindo o programa do Luciano Huck ou mergulhar de cabeça no tédio quase tangível que está o fim de semana. Você não tem grana para preencher sua face de etanol, ir pra uma churrascaria rodízio/festa ou praticar tiro ao alvo em vegetarianos bebês. Todo o dinheiro que você tem, incluindo as moedas perdidas no sofá, dá exatamente o preço de uma entrada de cinema. Então, com a esperança à sua frente, você vai ao cinema e vê que, sei lá, [Filme de cavaleiros genérico/aleatório] está em cartaz. Você compra a entrada, entra na sala de projeção e assiste o filme. Mais na frente, no entanto, durante uma cena de luta, você vê que no desenrolar da ação aparece no fundo da imagem, por alguns poucos segundos, uma mão saindo da água com uma espada, e um jovem cavaleiro recebendo-a. É nessa hora que seu cérebro explode e o pensamento voa: RÁÁÁÁÁÁ!PEGADINHA DO MALANDRO! Isso foi uma referência à história do Rei Arthur! Meia hora depois, aparece um cavaleiro, e, diante de uma proposta que ofende seu código de honra, ele solta um Ni! E a torcida vai à loucura com a referência a Monty Python e o Cálice Sagrado!
continue lendo »

Problemas de Identidade

Nona Arte quarta-feira, 01 de abril de 2009 – 1 comentário

80… não, 99. É isso. 99% dos personagens de HQs, secundários e principais, devem sofrer de alguma variação seletiva e bem branda de prosopagnosia.[/House]

Sério, isso é uma palhaçada. Você conhece uma pessoa há tempos. Convive, conversa, trabalha, briga… Aí, ela tira os óculos ou muda de roupa e… surpresa! Um desconhecido superpoderoso está ali parado no mesmo lugar que estava Chiquinho, seu amigo de infância e assistente de almoxarifado do mercadinho da esquina. Mas, veja só, esse desconhecido é praticamente idêntico ao Chiquinho, com a diferença que ele não usa óculos para corrigir 25 graus de miopia. Mas não pode ser ele, afinal, o Chiquinho é um loser, esse cara parece foda só de olhar. continue lendo »

3 filmes que deveriam ter uma versão para HQs

Nona Arte quarta-feira, 25 de março de 2009 – 11 comentários

O título é auto-explicativo. Vamos nessa:

1. Blade Runner

A distopia noir futurista etc etc etc. Não se precisa disso para saber que Blade Runner é foda. Clonagem, perseguições, vingança, um roteiro de primeira…
O bom é que ele não tem muitas cenas de ação insana, facilitando a vida dos desenhistas. Um estilo de desenho tipo Aeon Flux (a série, não o filme) ou Morte ficaria massa aqui. Também seria uma boa para abrir espaço para a discussão clássica sobre Blade Runner: Deckard é ou não um replicante? Como HQs não têm que se preocupar em resumir um conteúdo em um espaço de tempo curto, ficaria a deixa. continue lendo »

Influência

Nona Arte quarta-feira, 18 de março de 2009 – 0 comentários

Eles voam/se teleportam, têm força extraordinária, inteligência descomunal, habilidades (supostamente) invencíveis, poderes fantásticos e… não são NADA.

Sim, estou falando dos heróis. Sim, estou falando que eles não possuem a influência que deveriam. Talvez eu esteja muito mal-humorado ultimamente para escrever sobre qualquer coisa. Não, isso não foi um desabafo. continue lendo »

Popularidade é necessariamente algo bom?

Nona Arte quarta-feira, 11 de março de 2009 – 29 comentários

Watchmen estreou mundialmente há poucos dias, com um hype somente igualado por Batman: The Dark Knight. Eu posso dizer que eu estava grávido de Watchmen, uma vez que comecei a esperar pelo filme no meio do ano passado, quando vi o anúncio do lançamento no Judão.

Nota-se que as adaptações de HQs estão em alta: Batman, Watchmen, Homem de Ferro, Preacher… todas elas estavam sendo transportadas do papel para as grandes telas. E, com toda essa divulgação de HQs, as vendas obviamente subiram. Watchmen ganhou edições especiais por ocasião do lançamento do filme, Batman nunca foi mais popular (graças ao Coringa de Heath Ledger, claro) e o Homem de Ferro perdeu a ferrugem. Mas… isso é algo bom?

Não necessariamente.
continue lendo »

Prazo de Validade

Nona Arte quarta-feira, 04 de março de 2009 – 6 comentários

Eu não gosto de HQs que se estendem por dezenas de anos a fio. #prontofalei. Não, eu não quero perder meu “emprego” aqui no AOE e nem estou dizendo que não gosto de HQs. Apenas que não gosto daquelas que não chegam a um final com o passar dos tempos.

Vejamos um bom exemplo: o alien tanga com malha azul coladinha e cueca por cima da calça, também conhecido por Superman. Criado em 1938 por Jerry Siegel e Joe Shuster, o azulão está prestes a completar 71 anos de existência, que provavlmente ainda vão se estender por bastante tempo. O mesmo vale para Batman, Hulk ou quem quer que você pense. Estão aí há dezenas de anos, tomando o dinheiro dos nerds pobres e o dando às ricas editoras.
continue lendo »

Morte à Nova Mídia!

Nona Arte quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009 – 5 comentários

No dia 21/02/2009, eu, Guten, entediado ao extremo numa tarde chuvosa no litoral, saí do apartamento em que estava enfurnado e, mal-humorado em pleno Carnaval, me dirigi ao shopping mais próximo para entupir minhas artérias com o colesterol sólido proveniente do McDonald’s e praticar meu esporte predileto: fuçar livrarias.

Após diminuir minha expectativa de vida em alguma semanas com um hambúrguer, fritas e uma coca, me dirigi à livraria mais próxima e comecei a vasculhar as prateleiras por livros que aparentassem ser interessantes. Meia hora depois, cheguei, inconscientemente, à prateleira de HQs e, à minha esquerda, jaziam belos, atraentes e não tão intocados, os livros com a série Sandman, de Neil Gaiman. Foi amor à primeira vista. Num frênesi de paixão, agarrei quatro volumes (Fábulas e Reflexões, Terra dos Sonhos, Fim dos Mundos e Vidas Breves) e, sem ligar para minha limitações de estudante sustentado pelos pais, comprei todos os quatro volumes. continue lendo »

Definindo o melhor-Parte I

Nona Arte quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009 – 4 comentários

Uma das brigas clássicas entre os fãs de quadrinhos é: quem é o melhor herói de todos? É o Fulano, por ser forte? O Sicrano, por ser extremamente inteligante/habilidoso? Ou o Beltrano, cujos poderes dependem de um fator externo, porém incrivelmente poderoso? continue lendo »

HQs: Onde e como consegui-las

Nona Arte quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009 – 3 comentários

Certo, depois de ler o título, você já pensou nos lugares mais comuns: livrarias e bancas de jornal. Todos os lançamentos e clássicos estarão lá, esperando ser resgatados daquelas prateleiras pelo seu belo e precioso dinheiro. Se você não conseguir encontrar o que quer nos locais acima, vai tentar seu último recurso (ou primeiro, vai saber): a Internet. Mas, e se você não conseguir a 1ª edição do gibi dos Trapalhões no eBay, Submarino ou qualquer outro site?
continue lendo »

A Intangibilidade Vilanística

Nona Arte quarta-feira, 04 de fevereiro de 2009 – 4 comentários

Como já foi demonstrado aqui, ser um vilão tem suas vantagens: gordinhas, vida boa, nenhuma preocupação e outras coisas que eu gostaria de ter facilmente. Mas, acima de tudo isso, você tem a certeza de que não vai morrer pelas mãos do seu inimigo, mas sim de algum acidente idiota ou velhice.
continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito