Os Vilões Mais Fodas das HQs 6 – Charada

Nona Arte quarta-feira, 24 de junho de 2009 – 3 comentários
 E agora, a pergunta valendo um milhão de reais que valem mais do que dinheirommm: Por que a galinha atravessou a ruammm?

Edward Nigma é uma super-mente criminosa com uma estranha compulsão de desafiar a dupla dinâmica (Batman e Robin), deixando pistas de seus crimes na forma de charadas e quebra-cabeças. Nas histórias mais recentes, ele aparentemente abandonou o estilo de vida criminoso e escolheu usar suas habilidades de modo lucrativo, se tornando um investigador “freelancer”. continue lendo »

Os Vilões Mais Fodas das HQs 5 – As Fúrias

Nona Arte quarta-feira, 17 de junho de 2009 – 3 comentários

Antes de tudo, estabeleçamos uma pequena hierarquia:

 No nível de hierarquia “Deuses”, deve-se considerar Bel, divindade-mor dos leitores pirocaflitas do SaT

As Fúrias, ou Bondosas, Hécates, ou como quiser chamá-las, encontram-se no patamar de “Criaturas Míticas”. Segundo a mitologia, as Fúrias são as vingadoras divinas: destroem aqueles que procuram fugir de seus destinos, dos deuses ou derramam sangue da família. Normalmente, seria impossível para elas virar suas forças contra qualquer ser de nível hierárquico superior. continue lendo »

Os Vilões Mais Fodas das HQs 4 – O Santo dos Assassinos

Nona Arte quarta-feira, 10 de junho de 2009 – 10 comentários
 Bacon Frito? Que porra é essa e como eu vim parar aqui? Hmmm… Bacon.

O cara era um soldado assassino sem nenhuma misericórdia. Depois de participar da Guerra Civil Americana e do Exército da Confederação, se torna um caçador de recompensas. Após encontrar o amor da vida dele, tem uma filha. As duas morrem doentes e ele mata toda a gangue que o impediu de comprar os remédios. Quando vai matar o chefe, as balas acabam e o cara morre. continue lendo »

Os 7 Vilões Mais Fodas das HQs 3 – Ozymandias

Nona Arte quarta-feira, 03 de junho de 2009 – 2 comentários


Ah, a polêmica. Doce polêmica, o combustível das massas, o néctar dos trolls, o mana dos nerds, a alma dos noticiários povão sangrentos, o… ok, acho que vocês já entenderam.

Muito se discute pelos fóruns de HQs se nosso amigo Ozy é ou não um vilão de verdade. Afinal, apesar de ter obliterado metade da população de New York, ele fez isso visando um bem maior: a paz mundial. Mas, aí, já começa aquela outra discussão: os fins justificam os meios?

Na minha visão (e na de Rorschach), o alter-ego de Adrian Veidt merece, com toda a honra, ir pro patíbulo. Por mais eficiente que tenha sido o plano dele, a mudança no mundo poderia ser feita de modo mais lento, porém menos destrutivo. Afinal, recurso é o que não faltava.

Quanto aos atributos: além de habilidades físicas impressionantes, o cara é um super gênio arquimilionário que conseguiu tudo que tem sozinho. Papai e mamãe Veidt eram ricos a dar com o pau. Ele poderia ter sido apenas mais um playboyzinho de merda, e passar o resto da vida ouvindo psytrance no último volume da sua Lamborghini Diablo enquanto duas gostosas ficavam se agarrando no banco ao lado. Mas, não. O cara doou todos os seus milhões, viajou pelo mundo e reconstruiu tudo do zero.

Danem-se as boas intenções, o Ozzy é um cara de respeito.

 BEETLEJUICE BEETLEJUICE BEETLEJUICE

Os 7 Vilões Mais Fodas das HQs 2-Coringa

Nona Arte quarta-feira, 20 de maio de 2009 – 1 comentário

2.Coringa

Para começar: apesar de esse lado dele não ser muito divulgado, o cara é um super gênio: segundo a origem de todo o conhecimento, o Palhaço dos Infernos possui profundos conhecimentos de física, química, mecânica e engenharia genética, além de manjar bastante de psicologia. Tudo isso para construir suas armadilhas e “pegadinhas” pro Batman.

A melhor parte do personagem é, como mostrado em O Cavaleiro das Trevas, a falta de um motivo para cometer suas atrocidades. Roubou 5 bihões de euros? Taca fogo e usa as cinzas pra fazer sabão. Colocou as mãos em um punhado de diamantes? Usa pra decorar o fundo do aquário, oras!

A “insanidade sã” e a completa falta de razão em seus atos o torna completamente imprevisível. Afinal, se o Fulano só age daquele jeito por vingança ou cobiça, dá para se ter uma idéia do que ele vai fazer e como vai agir. Mas, e no caso de alguém cujas ações são regidas pela imprevisibilidade? É simplesmente impossível. Por tudo isso, o Coringa vai para o rol da fama permanente dos vilões.

Os 7 Vilões Mais Fodas das HQs

Nona Arte quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 0 comentários

Esse texto faz parte de uma série sem índice, feita para encher linguiça, uma vez que o autor encontra-se sem idéias decentes para escrever e com pouco tempo livre.

Heróis, heróis, heróis, blá, bá, blá Whiskas Sachê. Já se disse aqui que ser o cara bonzinho (mesmo que não seja TÃO bonzinho assim) só serve para uma coisa: servir de saco de pancada para os vilões e seus capangas. E esses, claro, são os caras mais escalofodeticamente fodas daquele livrinho em suas mãos. Por isso, resolvi listar aqueles 7 que, na minha opinião, são os melhores, sem graduação nenhuma. Começando por:

1.Brainiac

 Não…não…não!! O Corinthians perdeu de novo! AAHHHHH!!!

O HD externo ambulante dos quadrinhos, Brainiac é uma mistura de ser vivo e computador, criado pelo pai do Superman (ou não, já que existem n+1 teorias sobre a origem dele) para ver se conseguia terminar um maldito jogo de Paciência Spider no Nível Difícil.
A origem dele não interessa agora. Basta saber que ele se tornou sedento por informações. Mas não era uma sede que poderia ser aplacada com umas boas enciclopédias e umas visitas à Wikipédia. Isso é para os mortais fracos como nós. Como um bom programa destinado a ser vilão, Braniac construiu uma nave para ele, se enfiou nela e partiu de Krypton junto com o Cuecão. Este veio pra cá infernizar a vida dos soviéticos. O B-Man rodou todo o Universo coletando informações de todo o tipo, de um modo fácil e agradável, descrito nos seguintes passos:
1.Chegar num novo planeta;
2.Coletar todo e qualquer bit de informação, útil ou não;
3.Destruição de toda a população do planeta;
4.Volte ao início.
No meio de tudo isso, coloque sangue, destruição e sal à vontade mortes, MUITAS mortes.

Além do fato de ser praticamente imortal/indestrutível (uma vez que pode se replicar quantas vezes quiser) e saber, literalmente, de tudo, ele ainda tem uma capacidade intelectual indescritível, capaz de resolver os mais inextricáveis mistérios do universo. Tá bom ou quer mais?

A Agonia de Uma Longa Espera – O Frete Maldito

Nona Arte quarta-feira, 06 de maio de 2009 – 2 comentários

O Santhyago começou a falar disso semana passada: o quanto é agoniante esperar por um livro. Ele abordou o assunto sobre a óptica dos lançamentos: aguardar que uma série se complete, ou que um escritor que você adore lance algo novo. Mas, e quando o livro já foi lançado e a espera é a do frete? continue lendo »

Mais Webcomics

Nona Arte quarta-feira, 29 de abril de 2009 – 4 comentários

Lembram desse artigo aqui? Pois bem, ele está de volta com mais três webcomics que chutam muitas bundas:

1.Looking For Group
Descobri essa pérola por sugestão de alguém (Não lembro se foi a Manuela ou a Vane). LFG tem uma característica que se sobressai em relação a outras webcomics: ela tem um roteiro, que, apesar das mudanças constantes, evita que a história se torne um delírio psicodélico. Nerds viciados em referências, como eu, têm orgasmos intelectuais ao ler LFG. Primeiro, a coisa toda tem um esquema “História de RPG” na formação da história. No decorrer da mesma, aparecem refrências a (claro) SdA, Star Wars e até mesmo Martin Luther King Jr.! Para quem gosta da sensação de cabeça explodindo, não tem melhor.

2.Sinfest
Essa semana, quando comecei a ler esse texto do Vassourada, tive um acesso de ódio mortal para comigo mesmo. Como diabos eu havia esquecido de incluir Sinfest na minha primeira coluna sobre webcomics? Bom, agora é um pouco tarde, mas estou ratificando o meu erro. Para quem não conhecia, apresento-lhes Sinfest! Sexo e sexualidade, religião, a natureza humana… tudo que possa causar alguma polêmica nessas áreas com certeza já foi abordado pelo traço mestiço de mangá e cartoons cheios de humor negro e sarcasmo de Tatsuya Ishida.

3.Os Machistas
Para não tangas e mulheres sem frescuras, temos a nacional Os Machistas. O conteúdo é óbvio, já se mostrando no título da série: uma visão incrivelmente machista sobre qualquer coisa que você pensar, de holocausto masculino a sexo, passando pelo cotidiano. Se você gosta de umas boas garagalhadas politicamente incorretas, esse é o seu lugar.

É isso aí, putardos. Bom resto de semana… not!

Watchmen, O Filme

Nona Arte quarta-feira, 22 de abril de 2009 – 3 comentários

Acalmem-se, vocês estão no Naftalina, esta é a coluna Nona Arte e eu ainda sou eu (mas o efeito do lítio tá passando, vou tomar outro antes que meu alterego volte à tona, só um instante… pronto, voltei).

Voltando ao assunto: depois de assistir ao filme três vezes e reler a obra completa, minha opinião era a seguinte:

Ai meus deuses, esse filme tá bom demais, a trilha sonora chuta bundas, a parte de CG também, Zack Snyder é o cara etc.

continue lendo »

Compro Qualidade

Nona Arte quarta-feira, 15 de abril de 2009 – 4 comentários

Umas semanas atrás, numa noite com uma ausência completa de algo bom para fazer, resolvi dar uma rápida olhada no meu Tuíter. Coisa de gente sem muito o que fazer, mesmo. Após acessar minha conta, vou olhando os updates e, então, encontro um comentário relevantíssimo do Kid, do Hoje é um Bom Dia:

Pois é, é triste mas é a realidade. continue lendo »

confira

quem?

baconfrito