Orgulho Nerd?

baconfrito terça-feira, 26 de maio de 2015 – 3 comentários

Quem são os nerds? De onde vieram? Para onde vão? Do que se alimentam? Como se reproduzem? (HaHa) Tudo isso e muito mais você descobrirá hoje no Bacon. Ou não. Passamos por mais um Dia do Orgulho Nerd. Ou seria o Dia da Toalha? Bom, pelo que sei, a data começou a ser comemorada em 2001 pelos fãs de Douglas Adams, como homenagem ao dia de sua morte. Mesmo a data estando errada. Coincidentemente e posteriormente a isso, alguns fãs de Star Wars, ou talvez até os mesmos fãs de Adams que criaram o Dia da Toalha, resolveram comemorar os 29 anos da estreia de Star Wars – Uma Nova Esperança. Porém, é também comemorado o Glorioso 25 de Maio pelos fãs de Discworld. Sendo assim, já que tanta coisa maneira era celebrada no mesmo dia, por que não juntar a porra toda e transformar esse dia maravilhoso no Dia do Orgulho Nerd? Ok, legal. Mas peraí, orgulho nerd?

BIZNAGA!

continue lendo »

Estereótipos

Música quarta-feira, 01 de dezembro de 2010 – 1 comentário

estereótipo (estereo- + -tipo)
1. Artes gráf. Chapa obtida pela fusão de chumbo numa matriz ou numa impressão. = cliché
2. Trabalho feito com essa chapa.
3. Ideia, conceito ou modelo que se estabelece como padrão.
4. Preconceito.
5. Coisa que não é original e se limita a seguir modelos conhecidos. = lugar-comum
s. m.
6. Patol. Comportamento ou discurso caracterizado pela repetição automática dum modelo anterior, anónimo ou impessoal, e desprovidas de originalidade e da adaptação à situação presente. = estereotipia

De: Dicionário Priberam

Não estamos falando de uma chapa para impressão, nota-se. continue lendo »

Como treinar seu dragão (How to train your dragon)

Cinema terça-feira, 16 de novembro de 2010 – 3 comentários

É, eu sei. Faz tempo que o filme foi lançado. Mas e daí? Só fui assisti-lo agora e bem, resolvi escrever uma resenha.

Bom, a primeira vez que li sobre o enredo dessa animação da Dreamworks pensei com meus botões: Mas isso é incrivelmente parecido com Eragon! Pra quem não sabe, Eragon é um livro. Mas foda-se o livro, a parada é que dentro dele há uma história sobre o primeiro Cavaleiro de Dragão e, adivinhe, é praticamente a mesma coisa do resumo de Como treinar seu dragão.

A história gira em torno de um adolescente viking chamado Hiccup, que vive na ilha de Berk, onde os combates dragões é um modo de vida. Depois que ele captura a raça mais poderosa com um canhão de disparo de bolas, Hiccup acaba por fazer amizade com o dragão. Esta relação vira seu mundo de cabeça para baixo enquanto ele se esforça para convencer sua tribo que não precisam ser matadores de dragão.

continue lendo »

Juntem os trocados

Publicidade quinta-feira, 09 de setembro de 2010 – 1 comentário

Neste sábado, 11 de setembro de 2010, vocês, nerds de todo o Brasil (Bom, não de todo o Brasil) terão um motivo, mesmo que efêmero, para continuar vivendo suas vidinhas miseráveis: Acontecerá na gloriosamente cinzenta metrópole de São Paulo o 3º Mercado de Pulgas.

Neste evento, de entrada gratuita, estarão centenas, se não milhares, de nerds como você e eu, ávidos por encontrar uma namorada comprar, vender e trocar quadrinhos, livros, action figures/colecionáveis, cartas de Magic: The Gathering, jogos e toda essa tralha que está mofando nas gavetas do seu quarto.

Além do mais, para aqueles que não têm tino comercial e querem exercer a nobre arte de se dar bem sem fazer nada, serão feitos sorteios de hora em hora de brindes surpresa. Comece a juntar agora as moedas que estão debaixo do sofá: Sua coleção de fanfiction de Cooking Mama não vai se completar sozinha.

Fonte e mais informações aqui

Sobre The Big Bang Theory e outras cousas

Televisão segunda-feira, 05 de julho de 2010 – 4 comentários

Bora deixar de lado que The Big Bang Theory já tem três temporadas, exibidas pela Warner. Não é nada novo na televisão de ninguém. O que me faz falar sobre a série só agora é: 1 – Antes eu não escrevia pro Bacon; 2 – Tem muita gente escrevendo merda por aí. Com o crescimento relativo dessa sitcom, essas coisas acontecem, mesmo. Ainda mais quando o season finale da série supera, em audiência, o último episódio do Lost, nos EUA. Entre uma série feita em uma ilha no Havaí e outra em um estúdio, qual você acha que custou mais? Tapa na cara dos produtores, véi. Mas não é disso que a gente vai discutir no texto. “Discutir” – eu vou escrever; vocês vão ler e concordar. continue lendo »

A Fênix Pixelizada – Cinzas Eternas

Nona Arte quarta-feira, 17 de março de 2010 – 5 comentários

Como discutido semana passada, ser nerd se tornou uma maldita modinha. Do nada, todo mundo se dizia nerd, amantes/admiradores dos nerds e coisas parecidas. Nossos mundos foram invadidos por matérias da Globo que mostravam como éramos “legais” em nossa ânsia por conhecimento e pornografia, e como tínhamos nossa contraparte mais incrivelmente legais ainda, os geeks (Nada contra eles, claro). continue lendo »

A Fênix Pixelizada – A Chama Célere

Nona Arte quarta-feira, 10 de março de 2010 – 9 comentários

De uns anos para cá, começou a acontecer algo que eu, desde pequeno, julgava impossível: Os nerds se tornaram populares. Claro, sempre tinha uma ou outra ovelha desgarrada que, devido a algum desvio de personalidade, conseguia ser menos desprezado que o normal. Nós, nerds, não tínhamos habilidade para praticar esportes, velocidade ou resistência para brincar de esconde-esconde ou pega, ou mesmo beleza para brincar de salada mista. continue lendo »

Mais Webcomics Ainda

Nona Arte quarta-feira, 09 de setembro de 2009 – 0 comentários

Pulemos a parte onde eu digo que o título é auto-explanatório e vamos logo ao que interessa. Ah, vale dizer: todas as tiras recomendadas abaixo são em inglês. Infelizmente, não temos muitas produções nacionais que valham a pena ser citadas (dessa série de recomendações, entre os brasileiros, sei que falta Malvados. Não se preocupem, Dahmer ainda aparecerá por aqui). continue lendo »

Fire in the hole!

GameFreaks quarta-feira, 06 de maio de 2009 – 0 comentários

Na minha primeira e ilustre coluna, quando ainda não era coluna e quando eu ainda sabia escrever, eu deixei bem explícito que os MMOGs eram mais indicados para jogadores casuais. Vamos conhecer o perfil destes jogadores:

Jogadores casuais costumam ser pessoas normais, que, por algum motivo não explícito, acabam ficando em casa em alguns fins de semana e, sem mais o que fazer além de conversar com os amigos nerds, já que as pessoas normais SAEM, decidem jogar. Na verdade, eles tentam conversar com os amigos nerds, que enchem TANTO o saco deles que os fazem jogar.

“Hey, Junnin, seu mentiroso. Nerds não saem do jogo”

continue lendo »

Ironia fina é pouco

Games sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009 – 12 comentários

Cambaleando, Lúcio se dirigiu no escuro ao computador adormecido. Clicou no botão de boot e se dirigiu ao banheiro, onde admirou seu rosto adolescente. O rosto magrelo e com resto de amassados do travesseiro, contrastante com o cabelo loiro-avermelhado, lhe lembrou um personagem de The Sims.

Voltou ao quarto, abriu Fallout 3 e começou a jogar. Eram 5h45.

No andar de cima, os pais ressonavam.

Algumas horas depois, Lúcio estava explorando um cenário alternativo, enquanto a mãe preparava o café da manhã. O pai ouvia as notícias matinais na televisão.

continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito