Teorizando sobre o futuro da Marvel no cinema

Cinema quinta-feira, 15 de agosto de 2013 – 3 comentários

Não, eu não estou escrevendo este texto de uma sala de cinema. O que eu quis dizer com o título é que eu vou teorizar sobre os futuros filmes da Marvel. Por que? Porque teorizar é uma das coisas mais legais do mundo, quiçá do universo, ficando atrás apenas de passar pasta de dente no orifício peniano.

 Quem escreve em uma sala de cinema?

continue lendo »

Seriam Ron Perlman e sua cara de babuíno albino ícones nerd?

Cinema quarta-feira, 14 de agosto de 2013 – 2 comentários

Ron Perlman, por mais que tenha cara de badass, assim como Danny Trejo, está amaldiçoado a projetos B. Porém, parece que o cara é o número 1 na hora de escolher alguém pra interpretar um personagem fodão em alguma produção nerd. Não? Como assim não? É claro que é.

continue lendo »

Viagens temporais em Exterminador do Futuro

Cinema sexta-feira, 09 de agosto de 2013 – 5 comentários

Tempos atrás escrevi este texto sobre viagens temporais na ficção cientítica. Mas recentemente – hoje, pra falar a verdade – lembrei de uma grande franquia onde as viagens temporais são muito importantes também e que eu esqueci de mencionar anteriormente. Até que foi bom, ela merece um texto específico. Vamos falar de Exterminador do Futuro. Vem comigo, baby. continue lendo »

Filmes engavetados

Cinema quarta-feira, 17 de julho de 2013 – 2 comentários

Alguns filmes foram feitos pra nunca ver a luz do dia. Foram roteirizados, planejados, filmados, editados e divulgados, mas nunca serão lançados. As vezes é um diretor que desiste, uma empresa que veta, um ator que desiste de tudo, sempre acontece alguma coisa e o filme, junto com meses e até anos de trabalho, vai pra lixeira. Veja aqui uma pequena lista de filmes que foram feitos, terminados e que você nunca vai conseguir ver sendo lançados: continue lendo »

Personagens de HQ que merecem um reboot nas suas séries cinematográficas

Cinema sexta-feira, 12 de julho de 2013 – 14 comentários

Desde que começou o fenômeno das adaptações de heróis e personagens de HQ em geral para o cinema, temos visto bons e maus filmes. Histórias bem contadas e outras nem tanto. Nolan, por exemplo, conseguiu dar a sua trilogia sobre o Batman tanto brilho que ela é um universo a parte e considerada uma das obras primas sobre o personagem, assim como as histórias de Frank Miller ou Alan Moore para o homem morcego. Por outro lado temos pérolas como X-Men Origins: Wolverine (Beleza, X-Men como um todo). Deste modo, fiz uma lista com os personagens que mereceriam mais uma chance na tela grande. continue lendo »

Personagens fumantes

Cinema segunda-feira, 17 de junho de 2013 – 12 comentários

Soltar fumaça é um hábito milenar, entre humanos e inumanos, como os hobbits e outras criaturas fantásticas, do rico ao pobre, do mocinho ao vilão. O tabaco, que já foi considerado benéfico para a saúde, e hoje goza do status de uma das maiores causas de morte no mundo, ainda é extensamente consumido e o cigarro, o cachimbo e afins fazem parte da cultura pop. E no cinema e televisão, vários ícones são fumantes desta ou de outras ervas diferenciadas. Como todo futuro ex-fumante, vivo atravessando períodos de abstinência, mas que dessa vez me deu uma ideia para um texto, então clica ai e veja quais os personagens que têm o velho hábito. continue lendo »

Trilogia Blood and Ice Cream

Cinema sexta-feira, 14 de junho de 2013 – 0 comentários

As coisas mais nonsense da criação parecem ter nascido no país mais cinzento, com as pessoas mais formais, mais sacais e com os piores dentes do mundo. Sim queridos, estou falando da terra da rainha, do país das colinas, onde o céu está sempre nublado: Inglaterra. A trilogia Blood and Ice Cream é uma das pérolas do humor inglês, e carregam consigo o peso de ter influenciado – bom, pelo menos o primeiro filme, Shaun of The Dead – a cultura pop. continue lendo »

Ficção científica e viagens no tempo

Cinema quinta-feira, 13 de junho de 2013 – 1 comentário

Me lembro de uma vez, há muito tempo, ter lido uma história da Turma da Mônica em que um dos personagens (O Cebolinha, se não me engano) dormia um dia e acordava 20 anos no futuro, só pra encontrar tudo completamente diferente e cair em desespero. Tudo por que ele tinha ouvido falar de um conto bem antigo de um certo sujeito que tinha passado pelo mesmo. Curioso isso. Na época em que li essa revista (E outras, já que eu tenho quase certeza que não é a primeira aventura da Turma da Mônica que envolve ver o futuro) fiquei fascinado com a idéia de mexer no tempo, ver o futuro ou o passado, de viajar nele de alguma maneira. Normal. Provavelmente foi como ficaram os leitores de Washington Irving em 1819, quando o escritor americano publicou um conto sobre um homem que dormia e acordava 20 anos no futuro, entitulado Rip Van Winkle. Não sei o que é mais interessante: O interesse de séculos que nós humanos temos pela viagem no tempo ou uma revista infantil fazer referências desse tipo. Mas enfim. Você também se interessa? Great Scott! Então, vem comigo. continue lendo »

Ligeiras meditações sobre as comédias nativas

Cinema segunda-feira, 10 de junho de 2013 – 2 comentários

Tava pensando no cinema nacional outro dia. Nada muito profundo, nada muito desenvolvido: Não só não tenho conhecimento pra isso como também era algo momentâneo, uma simples ideia a qual dediquei um ou dois minutos e só. E como eu não tenho uma ideia melhor para texto, vamos nisso mesmo.

 Não tou com saco pra procurar imagem decente.

continue lendo »

3 problemas da nova franquia de Jornada nas Estrelas

Cinema terça-feira, 28 de maio de 2013 – 0 comentários

Lá fora, no mundo, Jornada nas Estrelas – Além da Escuridão já estreou. Existem milhões de reviews, opiniões e todo tipo de divagação sobre o lançamento da segunda parte da nova franquia de filmes encabeçados por J. J. Abrams. O negócio é promissor e como não podia deixar de ser, mês passado falei sobre o assunto aqui. Particularmente, não tenho nada contra esses filmes – pelo contrário, até falei bem deles no texto passado, me diverti com o primeiro e estou ansioso pelo segundo. Mas é sempre bom ver as coisas por novos ângulos, meditar sobre elas, isso ajuda a perceber aspectos que a galera levada na onda dos modismos geralmente nem suspeita. E depois tudo tem um lado feio. Aliás, dá até pra continuar o papo e fazer uma pequena lista dos problemas. Vem comigo.

 continue lendo »

confira

quem?

baconfrito