Supletivo Nerd #05 – Famílias Defensoras da Galáxia

Nona Arte quarta-feira, 24 de junho de 2020 – 0 comentários

Vingadores e X-Men são o básico do básico para o caminho das HQs da Marvel e agora que já falamos de todas as equipes de mutantes e de heróis mais poderosos da Terra (Ou pelo menos as equipes que importavam), é hora de nos aprofundarmos no universo 616 da Marvel, mas primeiro, temos que falar sobre sobre o Quarteto Fantástico, os Guardiões da Galáxia e os Defensores.

Não esses, cara.

continue lendo »

O Rato, o Supremacista e o ET Bilu

Cinema sexta-feira, 17 de agosto de 2018 – 0 comentários

Recentemente James Gunn foi demitido de Guardiões da Galáxia – Vol. 3 por causa de tweets com piadas pedófilas resgatados lá de 2008. Entendendo completamente a atitude da Disney, James Gunn assumiu o erro e pediu desculpas pelo vacilo, recebendo o apoio de todo o elenco de Guardiões da Galáxia. Isso é o que todo mundo sabe, o que pouca gente sabe é que tem muito mais caroço nesse angu do que os que estão boiando na superfície.

Após muitos boatos sobre a relação entre Disney e James Gunn, foi confirmado recentemente que a Disney não pretende demitir o diretor. Além disso envolver quebra de contrato, que resultaria em uma indenização, que pra Disney nada mais seria do que troco pra pão, também deixaria o diretor livre pra trabalhar em estúdios concorrentes, como Warner e Sony, que inclusive já disseram que se a Disney não quiser eles querem.

Pra afastar esses urubus, a Disney, tentando mostrar que a relação tá conturbada, mas ainda não acabou, anunciou que usará o roteiro de James Gunn para Guardiões da Galáxia – Vol. 3, mesmo que o roteiro passe por outras mãos. Ou seja: “A gente vai deixar o cara aqui, ele vai comandar Guardiões da Galáxia – Vol. 3, mas pra vocês não encherem o saco, a gente vai dizer que ele tá afastado e botar o nome de outro diretor nos créditos”.

Dito os fatos que a maioria de imprensa publicou, vamos ao que pouco foi dito. O caso de James Gunn foi na verdade um ataque da Alt-Right que não ficou nem um pouco feliz após a atriz Roseanne Barr ser demitida da série Roseanne por chamar a ex-assessora de Obama, Valerie Jarret, de macaca. Com o ataque, a Alt-Right colocou a Disney nessa situação complicada na tentativa de faze-la recontratar Roseanne, afinal, se ela não pode ser racista, James Gunn não pode ser “pedófilo”. Então se a Disney manter James Gunn ela tem que trazer Roseanne de volta e se demitir a mulher, tem que demitir James Gunn também. Eu não tô aqui pra passar pano pra nenhum dos dois. Ambos erraram, mas acho que são situações bem diferentes e acredito que o fato de James Gunn não ter feito mais piadas pedófilas nesses 10 anos, prova que o sujeito evoluiu como pessoa.

E não vai achando que quem atacou a Disney fez isso por ser fã da Roseanne Barr, não. Os membros da Alt-Right são supremacistas brancos e acreditam que não poder ofender negros, gays, imigrantes e afins é uma violação de seus direitos, uma agressão a sua liberdade, um golpe comunista que quer que todos sejam miseráveis e vivam numa ditadura gayzista na eterna festa do aborto. São os mesmos caras que marcharam em Charlottesville e que acusaram Hillary Clinton de chefiar uma rede de pedofilia e tráfico infantil no caso Pizzagate. Ou seja, um bando de nazista criador de fake news.

O que me assustou em todo esse caso, nem foi o ataque da Alt-Righ, mas sim a repercussão que o caso teve em todo o mundo, com muitas pessoas acreditando que James Gunn era mesmo pedófilo. Eu entendo que vivemos em uma época onde o politicamente correto ganha cada vez mais espaço, e isso é maravilhoso, mas é preciso ter um pouco de calma em certos momentos.

As piadas que James Gunn fez há 10 anos atrás, não significam que ele é pedófilo, só que ele era um cara bastante sem noção e que como muitos antes de começarmos a debater o politicamente correto e incorreto abertamente, achava que uma piada era só uma piada. Existe atualmente um desespero muito grande em provar-se politicamente correto nas redes sociais. A preocupação não é em ser politicamente correto, mas sim em se provar politicamente correto. E com isso, é claro, as pessoas acabam se mostrando cada vez mais intolerantes e hipócritas.

Não acreditar que pessoas podem mudar e evoluir é um pensamento burro, é o mesmo tipo de pensamento de quem grita por aí que bandido bom é bandido morto e que o politicamente correto tá estragando o mundo. Então antes de abrir esse teu caderninho mágico da justiça social, popularmente conhecido como Twitter, pensa um pouquinho no que aconteceu e no que está acontecendo, dá uma pesquisada na situação, entende de fato o que rolou, e aí vai dar pitaco e xingar a mãe de quem tiver errado.

CDS #417 – Guardians’ Inferno (The Sneepers)

Clipe da Semana domingo, 20 de agosto de 2017 – 0 comentários

Pra você, que ainda não viu Guardiões da Galáxia Vol. 2, talvez Guardians’ Inferno seja o jeito mais fácil de entender o que se passou no filme. Ou não entender porra nenhuma, já que a galera tá totalmente irreconhecível. Não que alguém faça ideia de quem sejam The Sneepers, mas o que importa é o clima de anos 80. E a participação do David Hasselhoff, que já virou cover de si mesmo. continue lendo »

Guardiões da Galáxia Vol.2 (Guardians of the Galaxy Vol.2) [2]

Cinema quarta-feira, 03 de maio de 2017 – 0 comentários

 Agora já conhecidos como os Guardiões da Galáxia, os guerreiros viajam ao longo do cosmos e lutam para manter sua nova família unida. Enquanto isso tentam desvendar os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill (Chris Pratt).

Guardiões da Galáxia foi certamente o filme mais divertido da Marvel Studios nesses quase 10 anos de existência. Além, é claro, de mostrar a competência do estúdio ao pegar um grupo de personagens B, quase C, e transformar na equipe favorita de muitos hoje em dia. Provando também que a DC, que tem personagens A+, precisa tomar vergonha naquela cara e entender que filme de super herói não tem que ser sombrio. Como é que o Superman vai trazer esperança pra alguém se ele vive deprimido jogando Baleia Azul?

A gente já tem um herói deprimido, o nome dele é Batman. Eu sei que ele é o grande trunfo da editora, mas cês não precisam transformar todo mundo nele. Afinal, ele nem é tão legal assim. Aproveitando esse espaço de encheção de linguiça pra dizer que o filme solo do Batman será o Logan da DC. Será tão foda quanto? Queremos que sim, mas tudo aponta pro fracasso. Enfim… continue lendo »

Estreias da Semana – 27/04/2017

Cinema quinta-feira, 27 de abril de 2017 – 0 comentários

Guardiões da Galáxia Vol. 2 (Guardians of the Galaxy Vol. 2)
Com: Chris Pratt, Elizabeth Debicki, Sylvester Stallone, Zoe Saldana, Karen Gillan, Bradley Cooper, Vin Diesel, Dave Bautista, Kurt Russell, Tommy Flanagan, Chris Sullivan e Michael Rooker
Depois de salvarem a galáxia, os Guardiões aproveitam a fama pra lucrar um pouco. Mas a mamata não dura muito, tendo em vista que Senhor das Estrelas [Que coisa horrível] e sua trupe terão que lutar pra salvar a galáxia onde moram. De novo.
O filme é bacana, o hype é justificado, e puta que pariu, cinco cenas pós-crédito? continue lendo »

Guardiões da Galáxia Vol. 2 (Guardians of the Galaxy Vol. 2)

Cinema quinta-feira, 27 de abril de 2017 – 1 comentário

 Ambientado para o novíssimo pano de fundo musical de Awesome Mixtape #2, “Guardiões da Galáxia Vol. 2”, da Marvel, dá sequência às aventuras da equipe enquanto eles atravessam os confins do cosmos. Os Guardiões têm que lutar para manter sua recém-descoberta família unida enquanto desvendam o mistério da real ascendência de Peter Quill. Antigos inimigos se tornam aliados e os personagens favoritos dos fãs das clássicas histórias em quadrinhos virão para ajudar nossos heróis à medida que o Universo Cinematográfico da Marvel continua a se expandir.

Como é de se imaginar, o universo Marvel não para de crescer, assim como o saldo bancário dos executivos dos estúdios Marvel e associados. Mas o que é jogar umas notas de dinheiro na cara de quem já tem dinheiro pra caralho, não é mesmo? E, ao contrário do que eu me acostumei a fazer pra blockbusters, eu não vou dividir essa resenha em temas, que acabam ficando repetitivos pelo simples motivo de que boa parte das coisas faladas servem pra todos os filmes. Tipo visual: Não me lembro de ter visto em algum filme da Marvel algo que me fizesse pensar: Eta, parece até o primeiro filme do Wolverine, então ficar falando “nossa, que efeitos maravilhosos” já deu no meu saco. continue lendo »

Baconews #41 – Samurais, Fugitivos e uns bichão

Cinema, Televisão segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017 – 1 comentário

Samurai Jack tá de volta, infelizmente (Televisão)

Foi liberado o trailer da nova temporada de Samurai Jack, que apesar de parecer muito bacana, eu pretendo passar longe. Esses dias eu tava assistindo uns Cartoon Cartoons de madrugada e PUTAQUEMEPARIU, como aquilo era chato. Claro que quando moleque eu curtia e achava foda e é justamente tentando prezar estas memória que eu me manterei bem longe desses remakes/novas temporadas. E cês ainda reclamam dos novos desenho do Cartoon Network. continue lendo »

O que dizer e não apenas sentir sobre o UCM pós SDCC?

Cinema terça-feira, 09 de agosto de 2016 – 1 comentário

E a Marvel, não querendo tomar muita volta da DC esse ano na San Diego Comic Con, resolveu malandramente liberar algumas boas novidades para o futuro do UCM. E entre trailers, teasers, atrizes confirmadas e um novo logo, o que se destacou mesmo foi a revelação de quem e o que é o pai de Peter Quill, o Senhor das Estrelas no UCM.

 continue lendo »

Baconews #35 – Um bom som prum monte de notícias ruins

Cinema, Música, Televisão sexta-feira, 29 de abril de 2016 – 0 comentários

O bom e velho som novo do Blink 182 (Música)

Bored To Death é a primeira música do novo álbum Califórnia, que será lançado no dia 1° de julho e é também o primeiro som dos caras com Matt Skiba, que substitui Tom DeLonge, que, segundo Travis Baker, era merdeiro e vinha tentando mudar o estilo da banda nos últimos dois discos, querendo que a mesma fosse um novo U2 e soasse mais como o Coldplay (?), enquanto ele e Mark nunca quiseram abandonar o velho jovem estilo da mesma. Bom, acho que temos que agradecer a Mark e Travis por não termos que lidar com mais um U2, não é mesmo?

continue lendo »

Amor de Marvel na Fase 3

Cinema quarta-feira, 29 de outubro de 2014 – 1 comentário

Cambada… Peraí, tá difícil. Cês lembram que eu fiz esse texto aqui falando dos filmes estranhamente anunciados pela DC para os próximos anos? Então, a Marvel resolveu fazer algo parecido, só que melhor, como sempre. “Calma fera, cê tá muito exaltado”. Pois é, cara. Eu tô assim desde o trailer de Vingadores 2 – A Era de Ultron, que certamente vocês já viram. E tá, tá bom, a Marvel andou dando umas escorregadas com Homem de Ferro 3, Thor I e II e a primeira parte de Agentes da S.H.I.E.L.D., mas ainda assim ela continua superior ao restante dos filmes do gênero. Então para de choro que tua Liga da Justiça tá vindo aí (Ou não) e lê essa porra pra ficar com mais raivinha da titia mamãe Marvel.

 continue lendo »

confira

quem?

baconfrito