Top 3 Autores – Alan Moore – John Constantine

Nona Arte quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 – 1 comentário

Ao ler John Constantine, você provavelmente se lembrou daquele filme baseado no arco Hábitos Perigosos, assombrado por tensão sexual, com um Constantine apático, baseado em Los Angeles, moreno e representado pelo Escolhido-Sem-Expressões-Faciais, Keanu Reeves. Por favor, não faça isso; Alan Moore faz uma prece a Glycon pela destruição da humanidade toda vez que alguém menciona esse filme. continue lendo »

Top 3 Autores – Alan Moore

Nona Arte quarta-feira, 15 de dezembro de 2010 – 1 comentário

Poucas figuras, no mundo dos quadrinhos, são tão incomuns quanto Alan Moore. Anarquista; mago auto-entitulado; adorador de Glycon (um obscuro deus-serpente romano); morador de uma casa que, segundo as palavras de um jornalista que o visitou, “apenas o banheiro […] é tolerável; o resto da casa possivelmente nunca viu um aspirador de pó”; compartilhou uma amante com a primeira esposa e, depois de ser largado pelas duas (que, sim, foram viver juntas), casou-se com Melinda Gebbie, companheira de trabalho. E, notem vocês, isso não resume todas as excentricidades de Moore. Essa listinha cita somente aquilo que é conhecido do público. continue lendo »

Fãs

Nona Arte quarta-feira, 18 de agosto de 2010 – 4 comentários

Fãs são uma raça curiosa. Não só os de quadrinhos (Esses têm mais fama de bizarros, mas essa não é a questão), mas os de livros, filmes ou jogos. Eles se diferenciam dos fanboys e dos meros admiradores por algo relativamente simples: A facilidade com que mudam da admiração extremada para o ódio irracional. Uma frase, uma idéia, um virar de olhos, qualquer coisa é passível de preencher o fã verdadeiro com ódio enregelante ou admiração pulsante. E lidar com qualquer uma dessas coisas é muito, MUITO difícil. continue lendo »

A Liga Extraordinária, Volume II (America’s Best Comics)

Bíblia Nerd sexta-feira, 04 de junho de 2010 – 1 comentário

Há muito, muito tempo atrás, na aurora do tempo, havia um colunista do AOE, conhecido pela alcunha de Black. Induzido por overdoses de benflogin e salame de chow-chow, ele resenhou o primeiro volume d’A Liga Extraordinária. Depois de tantos anos, no entanto, ninguém cumpriu seu legado de resenhar o resto da obra, o que o levou ao suicídio. Hoje, seu fantasma assombra a OLOLCO Corp., arrastando tentáculos e gemendo “Dattebayo” pelos corredores. Para nos livrar desse incômodo fantasma, cumprirei seu legado e resenharei o segundo volume d’A Liga Extraordinária. continue lendo »

Heróis sem poderes

HQs sexta-feira, 14 de Maio de 2010 – 11 comentários

Os poderes são a parte fantástica dos quadrinhos de super-heróis, e nem por isso só temos combatentes do crime que podem voar, transmutar matéria, se teleportar, ter visão de calor e outras tantas habilidades.
É isso ai mesmo, eu vou falar dos heróis sem poderes que nem por isso deixam de dar um cacete fuderoso nos bandidos. continue lendo »

Webcomics e seus amantes

Nona Arte quarta-feira, 03 de março de 2010 – 1 comentário

Ei, você.

É, você mesmo, aí na frente do computador.

Eu sei o que você faz naquela hora mais avançada da noite, enquanto todos ao seu redor dormem. continue lendo »

Lost Girls (Top Shelf Productions)

Bíblia Nerd sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 – 1 comentário

Vocês, os três nerds malditos que ainda lêem essa coluna, devem, em sua maioria, ter ouvido ou lido durante os, digamos, primeiros dez anos de suas vidas, contos de fadas. Cinderela, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho e companhia apareceram, em algum momento, em suas vidas, e você aceitava tudo aquilo sem problemas. Você era puro, inocente e ignorante dos males que assolam a humanidade. E então, você chegou à puberdade e, com os hormônios correndo alucinadamente pelas suas veias, começou a ver que, bom essas histórias são simplesmente legais demais para ser verdade. Culpa do politicamente correto, que transformou histórias podres, recheadas de crimes e imoralidade no que conhecemos. continue lendo »

Crenças Literárias

Nona Arte quarta-feira, 30 de setembro de 2009 – 1 comentário

Como provavelmente alguns entre a minha dúzia de leitores, eu estudo em uma universidade pública. E, como se sabe, há um problema recorrente nessas instituições: Má infraestrutura Falta de recursos Professores mal pagos que, vez ou outra, faltam sem motivo algum. Isso é causa de alegria, ira ou indiferença, dependendo do professor. Pois bem. Dia desses, um professor, não muito estimado, faltou. Aproveitando o fato de que não havia quase ninguém na sala, soltei minha mente de quaisquer amarras, o que no meu caso se traduz por “divagar desenfreadamente”. continue lendo »

Gênios Conflitantes

Nona Arte quarta-feira, 02 de setembro de 2009 – 6 comentários

Já repeti aqui inúmeras vezes que não tenho o costume de ler HQs semanais. Meu foco é, quase que exclusivamente, voltado àquelas HQs/Graphic novels já concluídas, ou que já têm um final definido e, portanto, não irão passar décadas se arrastando em histórias repetidas. Essa preferência tem dois motivos: continue lendo »

Do Inferno (Alan Moore)

Antípodas da Mente quinta-feira, 30 de abril de 2009 – 2 comentários

Muito se fala de V de Vingança. Muito se fala (agora principalmente com o filme) de Watchmen.
Inegavelmente, são as duas obras mais conhecidas de Alan Moore e aquelas que o tornaram mundialmente consagrado no mundo dos quadrinhos e, por que não, na literatura.

Alguns fãs admiram seu trabalho mais recente em Lost Girls e relembram a genialidade de A Piada Mortal.
Mas poucos falam de Do Inferno. Por quê?
Por conta da péssima adaptação hollywoodiana?
Por ser um tema menos popular aqui no Brasil? continue lendo »

confira

quem?

baconfrito