Suposta foto de Jonah Hex

Cinema quinta-feira, 19 de junho de 2008 – 0 comentários

Os caras do Film School Rejects conseguiram uma suposta foto de Thomas Jane [O Justiceiro] caracterizado como o anti-herói sacana Jonah Hex.

Não mostra muita coisa, mas até que parece.

O filme não tem elenco confirmado, data de estréia, nada, então pode ser só um fake.
A Warner Bros. e a DC Comics deram a produção nas mãos de Akiva Goldsman [Constantine, I Am Legend], Mark Neveldine e Brian Taylor [Crank]. Os dois últimos estão envolvidos em Crank 2, mas disseram que assim que o filme estiver terminado, irão partir para a adaptação do caçador de recompensas.

Tái um filme que promete ser foda.

Filme dos Vingadores só com o basicão

Cinema terça-feira, 17 de junho de 2008 – 1 comentário

Os caras do IGN conseguiram uma entrevista exclusiva com o presidente dos Estúdios Marvel, Kevin Feige, que falou dos planos da companhia pro filme dos Vingadores, programado pra Julho de 2011.

“Nossos instintos estão definitivamente indicando algumas direções especificas para seguir. Vai ser um desafio. Mas eu acho que o que fizemos no passado, em particular a experiência com os filmes dos X-Men em que nós bobeamos, você sabe, X-Men 2 teve meia dúzia de vilões e mais do que meia dúzia de heróis. E nos Vingadores não vai ter muito mais que isso,” disse Feige.

E continuou, “O que importa é como cada personagem vai se relacionar com os outros. E francamente, eu acho que beleza dos Vingadores vai além das cenas de ação desenfreada, com todos na mesma cena, o que me anima são as cenas de interação entre eles, porque você não acha duas pessoas mais distintas que Tony Stark e Steve Rogers, como sabe quem lê as revistas.”

Feige disse ainda que está “realmente excitado sobre essa interação e, tendo experimentado 2 filmes com Tony Stark, você pode ver como o personagem muda e como é a dinâmica entre os dois, o que aumenta a espectativa.”

“Eu acho que é seguro assumir que o mundo é povoado por personagens que os fãs de HQs vão reconhecer nos filmes solo que sairam, mas ao mesmo tempo eu quero ser muito, muito cauteloso para não sobrecarrega-los, e muito, muito cuidadoso para não encher lingüiça. Eu não quero um filme em que a cada 5 minutos aparece um personagem, dá um sorriso pra platéia e vai embora. Eu realmente quero um filme do conjunto em si, interagindo em grupo.”

Homem de Ferro revelou que o pai de Tony Stark trabalhou com projetos de armas do governo americano na Segunda Guerra Mundial. Isso pode envolver a origem do Capitão? “Cada linha em cada filme é relevante, mas não é toda linha de todo filme que vai ser seguida, se necessário, nós olhamos o cenário geral para conectar todas as histórias. Então certamente se você fizer as contas e olhar pra trás, tem uma chance de que iremos ligar os fatos desse jeito.”

E, além disso, sairam os logos dos filmes da Marvel relacionados com isso:

Homem de Ferro 2, Thor, Capitão América, e Vingadores.

E assim começará a era dos crossovers no cinema.

Quer HQ mais barata? “Feira Cult”

HQs terça-feira, 17 de junho de 2008 – 0 comentários

ORRÔ!

Vai rolar quarta, quinta e sexta, em frente ao bandejão central da Universidade de São Paulo [USP], a Feira Cult, que reune, entre outras coisas, um estande organizado pela Comix [Que organiza o “Fest Comix“, evento conhecido por também vender HQs com desconto], com quadrinhos de todas as editoras, e o que é melhor, com pelo menos 20% de desconto.

É isso mesmo, no mínimo 20% de desconto. Tu finalmente vai poder terminar a sua coleção do Homem Aranha.

E não é só isso, em outro estande serão vendidos quadrinhos independentes. Sem desconto. Queria o que? Pelo menos você vai achar esses quadrinhos. E no último dia, quem comprar mais do que R$10,00 leva uma caricatura feita na hora. Esse estande vai ser mantido pelo grupo do 4º Mundo, um selo de vários autores independentes.

Feira Cult, de 4ª [18/06] a 6ª [20/06], no corredor do bandejão central da USP (Universidade de São Paulo). Endereço: Cidade Universitária, em São Paulo. Das 10h ás 20h. De grátis.

Uwe Boll sendo premiado?

Cinema segunda-feira, 16 de junho de 2008 – 10 comentários

Vocês lembram de Postal? Aquele jogo em que você é um carteiro, pira e sai matando todo mundo [Ou algo assim]? E vocês sabiam que o jogo foi adaptado para o cinema por Uwe Boll? E que o filme recebeu 5, CINCO indicações, e ganhou o prêmio de DIRETOR? Não, tem mais. O filme também ganhou o prêmio de Best of Festival Award, que é dado pela audiência.

q

Aqui procêis, ó!

“Quando os fãs falam, NóS GANHAMOS,” disse o produtor executivo de “Postal”, Vince Desi. “Nós sabemos isso da nossa experiência na indústria de jogos, e agora o negócio de filmes só confirmou. O sucesso da franquia ‘Postal’ em todas as formas é prova de que a democracia funciona; você não pode parar o que está no coração das pessoas. A liberdade sempre vai triunfar sobre a tirânia.”

Além de Melhor Diretor, Postal foi indicado por Melhor Edição, Melhor Ator Coadjuvante (Dave Foley) e Melhor Roteiro no Hoboken International Film Festival, na Austrália, que rolou de 31 de Maio até 4 de junho, com uma Cerimônia de Gala no dia 5 de Junho.

Saiu o trailer de Death Race junto com o site oficial

Cinema sexta-feira, 13 de junho de 2008 – 1 comentário

Olha só, e não é que parece ser legal?

A história desse Death Race é a seguinte: Num futuro próximo [2020], Death Race é um programa de televisão popular no mundo todo, em que prisioneiros de alto risco dirigem carros armados em uma pista que faz parte de um complexo chamado de Terminal Island [Ilha Terminal, noob] e correm pelo direito de serem “chefes” da prisão.

Death Race estréia dia 22 de agosto nos EUA.

Ah, sim. O site aqui.

Primeiras imagens do mangá da turma da Mônica

HQs sexta-feira, 13 de junho de 2008 – 35 comentários

Lembra que eu falei do mangá da Turma da Mônica, que traria os pirralhos na adolescência? Então, o Blog dos Quadrinhos liberou duas imagens do mangá da turma na rede, veja só:

Quem diria, hein Mônica!
Só eu tou botando fé que vai ser engraçadão?

Foi divulgado que essa linha será mensal, e não fará parte da “cronologia oficial” da Turma: “Uma linha não invalida a outra”, disse Maurício de Souza.

E não é só issoam! Também serão abordados temas como sexo, drogas e rock ‘n roll [Tá, a parte do rock ‘n roll foi empolgação minha]: “Vamos falar de temas diversos, como drogas bebidas e sexo”, disse o pai da Mônica. “O autor deve ser tratar o leitor como filho e, por isso, tem a responsabilidade de educar.”

Pô, eu curti. Quando sair eu vou ler! =D

O Incrível Hulk (The Incredible Hulk)

Cinema sexta-feira, 13 de junho de 2008 – 15 comentários

Sério, não leia essa resenha. VAI VER o filme.
Ainda tá aqui por que? Não leu a linha acima? JÍ PRO CINEMA!!!

Não vai me ouvir? Tudo bem.

Todo mundo conhece o Hulk. Aquele cara que quando se estressa fica grande, verde e rasga toda a roupa, menos a calça. Graças aos céus. Mas pouca gente conhece as nuances da história toda, como o fato do Bruce Banner querer se livrar do Hulk, por atrapalhar toda a vida do cara. Ou o real poder destrutivo do cara. Porra, nas palavras do próprio Emil Blonsky: “Ele levantou uma empilhadeira como se fosse uma bolinha de papel!”.

O filme mostra, obviamente, o Hulk porrando o Abominação, um soldado de elite que se voluntaria pra algumas experiências, digamos, perigosas. Mas também mostra o Dr. Bruce Banner tentando se livrar do seu alter-ego. E a tentativa dele de proteger seu amor, Betty Ross, dos perigos que o exército proporcionam, graças ao pai da moça, Gen. Thaddeus ‘Thunderbolt’ Ross.

Ô menino bonitinho do tio!

EFEITOS VISUAIS / SONOROS

Apenas três palavras: PUTA QUE PARIU! Cara, essa parte do filme é simplesmente PERFEITA! O Hulk em si já ficou muito parecido com o dos quadrinhos. As transformações são muito bem feitas, você olha aquilo e fala: “Eita porra!”. Até algo que alguns fanboys xiitas podem apontar como falhas, como o fato de que os pequenos ferimentos do Hulk não fecham instantaneamente, igual ao gibi [Fator de cura do Wolverine? Não é nada perto do Hulk. Noob.], são prodigios visuais. Você VÊ que o baguio foi fundo. E o som então? Puta merda, na medida. Nos momentos de paz, é aquela calma, quase inexiste som. Ai, conforme as transformações ocorrem, o som vai ficando intenso, pesado. E quando o Hulk fala o clássico “HULK SMASH!”? Foi tenebroso, ainda mais no contexto!

ENREDO

Cara, você tem noção de que conseguiram fazer uma adaptação que encaixa (heh) os personagens clássicos, como Dr. Samson ou Samuel Sterns [Que é quase certeza de que será o vilão do próximo Hulk, aliás], e mostrou uma história coesa e sem pontas soltas? É claro que deixaram aqueles ganchos pra uma sequência certa, mas nada que comprometa a história, muito pelo contrário. Se você conhece, vai ao delirio com a cena final do Sterns [Não, não vou spoilerzar].
Aliás, o Stan Lee, robert como sempre, aparece numa cena muito patife. Fora o Lou Ferrigno sendo subornado… com pizza!

Lou e seus bíceps.

PERSONAGENS

Escolhas perfeitas, cada ator/atriz encaixa como uma luva nos personagens, no contexto do filme.
Edward Norton é o Banner encarnado. Franzino, mas sem muita cara de nerd. E as caretas das transformações foram bem realistas. Liv Tyler foi exatamente a Betty que eu via no gibi: Doce, mas forte, não é uma menininha assustada, é uma mulher decidida a ajudar o amor da sua vida, mesmo depois do que aconteceu. Tim Roth ficou um Emil Blonsky véio, mas nem por isso menos fiadaputa, ainda mais no estágio intermediário, depois dos experimentos, mas antes de virar o Abominação. E o William Hurt foi um viado corno manso fdp de Gen. Ross, o que é bom, porque o personagem é um viado corno manso fdp mesmo. E os personagens secundários muito bons também, aquele 3º figurante que corre pra esquerda na cena da porradaria me convenceu!

A gostosa mocinha do filme.

EXPECTATIVA BLOCKBUSTERIANA PóS O INCRÍVEL HULK

O Incrível Hulk é o filme a ser batido, na minha opinião. Melhor que Homem de Ferro, melhor que o Batman, melhor que Hellboy, arrisco-me a dizer que foi melhor que qualquer outro filme, o melhor filme de todos os tempos!

E eu repito: VÍ JÍ VER ESSE FILME!!! E leve seu irmão, sua irmã, sua mãe, seu pai, seu cachorro, sua gordinha, sua vizinha gostosona, seu amigo nerd, seu amigo não-nerd que você não tem, o motorista do ônibus, enfim, TODO MUNDO!

Quem não for ver esse filme merece um beijinho do Abominação.

E eu vou repetir de novo: VAI LÍ VER O FILME!!! AGORA!!!!!!!!!!!!

O Incrível Hulk

The Incredible Hulk (114 minutos – Ação)
Lançamento: EUA, 2008
Direção: Louis Leterrier
Roteiro: Zak Penn
Elenco: Edward Norton, Liv Tyler, Tim Roth, Tim Blake Nelson, Ty Burrell e William Hurt

MAIS novidades sobre blockbusters Marvel

Cinema quinta-feira, 12 de junho de 2008 – 1 comentário

Pra começar, sobre o Capitão América no Hulk:

Os putos do Judão tão dizendo que NÃO, o bandeiroso não aparece no filme, segundo a produtora: “Ele (o diretor) não quis dizer o personagem Capitão América, a não ser que seja algo que eu não estou sabendo. O que aparece é o Super-Soro.”
Ou seja, vai ser alguma coisa ínfima, que ninguém vai notar na hora, tipo o escudo no Homem de Ferro.
Ou pode ser que a produtora viajou. Enfim, o foco do filme é o Hulk…

Hulk sai amanhã. Noobs.

E agora, temos uma novidade sobre Punisher: War Zone: Um teaser-trailer!
Como você já viu, o pôster saiu faz tempo.
Agora veja o teaser-trailer do filme que vai ser melhor que Hulk!

E o filme estréia dia 5 de dezembro, o ffééo viajou na maionese quando falou 12 de setembro.

RoboCop pra gente grande?

Cinema quinta-feira, 12 de junho de 2008 – 2 comentários

Um sortudo que esteve na Licensing International Expo 2008, onde foi mostrado aquele pôster do RoboCop, e também é leitor do ComingSoon, conseguiu fazer o representante da MGM abrir o bico.

Ele deu duas informações relevantes: 1ª: Esse RoboCop vai, com certeza, ter censura R [Ou seja, proibido pra menores de 17 anos desacompanhados] lá nos EUA. YEAH! SANGUE!!!!

2ª: O estúdio convidou alguns ótimos diretores para o filme, ou seja, o McG não é diretor oficialmente nem nada. Ou então eu viajei nas siglas, MGM, McG, tudo igual, cara.

RoboCop sai em 2010, quer você queira, quer não.

Capa de Amazing Spider-Man #562

HQs quinta-feira, 12 de junho de 2008 – 2 comentários

Por que isso é relevante? Dá uma olhada:

q

Putz, saga do clone de novo? Não. Bob Gale, o roteirista, jurou de pé junto que não é um clone.
Mesmo assim, deu um calafrio…
Eu chuto que tem a ver com skrulls!

Crédito pros caras do MdM, que foram ownados pelo Hulk.

confira

quem?

baconfrito