Como os jogos de celular estão destruindo o próprio mercado

Games segunda-feira, 23 de novembro de 2015 – 4 comentários

Eu não tenho um console da nova geração e meu computador já tá velho e acabado, então vocês que estão antenados nas mais novas ondas do mundo gamer atual me digam: Os jogos “hardcore” tão tão chatos quantos os de celular?

continue lendo »

Infinity Inc. – Plataforma

Jogaí sábado, 21 de novembro de 2015 – 0 comentários

Cê tem uma arma que faz clones… E é isso. Infinity Inc. é maneiro, joga aí, véi.
continue lendo »

Espetáculo Mudo

Música segunda-feira, 16 de novembro de 2015 – 0 comentários

Não tenho intenção de fazer disto um ensaio ou ainda uma extensa vista do ponto em questão, mas é bom, de vez em quando, dar aquela pincelada UI num desses assuntos que dão pano pra manga. Não, não estou falando de religião, estou falando de shows.

“Show” é uma palavra inglesa, e significa mostrar, exibir, apresentar, explicar, tornar conhecido, demonstrar. E nós daqui da terrinha usamos a palavra do mesmo jeito que usamos “shopping”, para significar algo ligeiramente relacionado, mas sem a raiz principal da palavra estar presente.

Bem, shows são sobre música ou não? continue lendo »

Skeleton Gardens – Ação

Jogaí sábado, 14 de novembro de 2015 – 0 comentários

Skeleton Gardens tem esse nome por você plantar umas árvores cheia de esqueletos que te ajudam a matar um tipinho sem vergonha de inimigo… É tipo um jogo de zumbi, só que aqui é você que já não tem mais pulso. continue lendo »

Mobs, Inc. – Hack and Slash

Jogaí sábado, 07 de novembro de 2015 – 1 comentário

Em Mobs, Inc., tu é uma assombração, o chefe final na masmorra fodida, mas o problema é que a tal da masmorra ficou popular e agora chove nego querendo te derrotar, e é claro que isso não pode acontecer, senão cê tá demitido. continue lendo »

Os curtas da Disney são os melhores desenhos da atualidade

Televisão sexta-feira, 06 de novembro de 2015 – 2 comentários

Nos dias de hoje, quando se fala em “animação”, a mente das pessoas vai imediatamente pro 3D, sendo inundada por Kung Fu Panda, Frozen, Toy Story e vários outros, mas a verdade mesmo é que animação é qualquer coisa que use imagens para gerar um filme, ou seja, do parado ao movimento através da sequência de imagens interligadas, e por décadas e décadas a animação foi feita através do desenho.

Ainda com suas origens na pré-história, a animação ganhou mais importância no século XIX, sendo que suas bases modernas surgiram na França, não por coincidência, pátria também do cinema. No começo do século XX então surgem o que hoje são grandes clássicos: Betty Boop, Popeye e O Gato Felix. Até que, num belo dia de 1928, nasceu um rato. E bem, ele mudaria tudo.

 continue lendo »

Eu e minha decisão de não ver filme de superheroi

Cinema terça-feira, 03 de novembro de 2015 – 33 comentários

Agora que esta pocilga gordurosa só conta com três marmanjos fica difícil ler qualquer coisa aqui que não envolva a Marvel, uma vez que o Pizurk é puta de tudo que é filmeco que a Casa das Ideias lança e o Jo só não é puta da Marvel toda porque The Walking Dead é da Image. Mas neste meio tão impróprio para o quadrinho de qualidade, eis-me aqui. Eu, eu mesmo e a DC.

continue lendo »

Demon’s Revenge – Plataforma

Jogaí sábado, 31 de outubro de 2015 – 0 comentários

Demon’s Revenge é sobre um cramulhão que foi aprisionado e agora tá se libertando em busca de vingança. E é isso aí: Tá lá o cruz-credo indo atrás de seu arqui-inimigo enquanto foge de sua prisão… Nem tudo precisa ser extremamente complicado. continue lendo »

Hex FRVR – Puzzle

Jogaí sábado, 24 de outubro de 2015 – 2 comentários

O que acontece quando cê vai dormir, fica enrolando no celular e descobre, de madrugada, que esqueceu de fazer o seu serviço? Isso mesmo, cê vai nos arquivos procurar as indicações dos amigos chegados conhecidos! Mas não é que o Euclides acertou com Hex FRVR? continue lendo »

O Repente é muito melhor que o Rap

Música segunda-feira, 19 de outubro de 2015 – 0 comentários

Os últimos vinte anos foram, sem dúvidas, movimentadíssimos na história do mundo: Nunca antes nada foi tão grande, potente, poderoso quanto é hoje. Apesar de suas raízes datarem de muito antes do que a mídia mainstream alcança, o rap só ganhou o lugar de destaque que tem hoje na década de 90, quando derrotou o rock na eterna batalha pelo ouvido do mundo.

O que começou com tribos africanas começou a tomar forma na década de 20, nos EUA, ganhando força na década de 70 e finalmente chegando ao ponto em que todos os saudosistas gostam de lembrar, com os negros pobres da América proclamando que não mais se sujeitariam à vida que levavam nos guetos e subúrbios: O rap era o novo blues, com a polícia no lugar do capataz e as ruas dos distritos ignorados pelo resto da sociedade no lugar dos campos de algodão.
continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito