Manual de Quarentena: Como sobreviver ao Corona Vírus em casa – Vigésimo oitavo dia

baconfrito quinta-feira, 16 de abril de 2020

Eu sei que com quase 30 mil casos confirmados a coisa tá feia, principalmente considerando o tanto de casos que a gente sequer sabe que existe, mas nada é tão ruim que não possa piorar.

Enquanto isso, na Rússia eu não acho que seja a Rússia de verdade

Como já diz o ditado, depois da calmaria vem a tempestade.

Dia 28

Vou começar com os dois pés no peito: Forrest Gump. Se nunca assistiu, assista. Se já assistiu, assista mesmo assim.

Pau no seu cu, Jenny.

Pra não basear o dia de hoje unicamente em piadocas, eis Care for Me, álbum do rapper Saba, lançado em 2018. Esse treco é um tapa na orelha da qualquer um. Eu sei que tem gente que não se liga em rap, mas véi, isso aí é o tipo de coisa que te faz entender a ligação do rap com o blues, o rock e o R&B: Solidão, overwork, racismo, perseguição, relações disfuncionais, assassinato, depressão, oportunidades perdidas e desperdiçadas… Sabe aquela coisa de só contar história de negro quando é sobre sofrimento? Pois esse aqui é pra entender esse sofrimento.

A terceira indicação vai para Atire, gibi do Constantine pela Vertigo. Eu fiz um texto todo sobre a parada, mas aconselho fortemente que você leia o gibi primeiro (E faça o favor de ler o texto depois, porque é um quadrinho dos anos 90). Em Atire, Constantine tá investigando uma onda de school shootings no Estados Unidos, e é claro que o governo não está tratando a parada como se deve… História foda pra te fazer pensar.

Quer uma verdade? Os problemas que a gente vai passar por causa dessa pandemia vão ser piores no longo prazo que a pandemia. E disso forte nenhum vai nos proteger.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

confira

quem?

baconfrito