Amor custa mais caro

Contos quarta-feira, 03 de julho de 2019 – 0 comentários

Não tinha muito que eu havia me mudado pra cidade: Mudanças na empresa que eu trabalhava acabaram levando à uma demissão em massa – uma “reestruturação” como eles chamaram – e acabei desempregado. Mandei currículo pra várias outras companhias, desde as start-ups até multinacionais, mas meus antigos colegas de trabalho ou chegaram primeiro ou tinham melhores indicações. Fiquei feliz por eles… Ao menos pela maioria. Só que isso me levou à tentar vagas bem mais distantes, e a primeira que me chamou eu fui: Quatro malas bastaram pra pôr tudo que eu tinha dentro e me mudar pra cá. continue lendo »

Aparadores de livros e a estupidez humana

Livros terça-feira, 04 de junho de 2019 – 0 comentários

Resolvi fazer um texto raiz aqui: Cês deixam seus livros na prateleira como?

 Auto-ajuda? Pode queimar.

continue lendo »

Atualizando a conversa sobre audiobooks

Livros sexta-feira, 10 de maio de 2019 – 0 comentários

Tem uma parada que eu nunca consegui gostar nesta vida: Audiobook, ou audiolivro, em brasileiro.

 Opa, não.

continue lendo »

Lei do Silêncio

Contos terça-feira, 12 de fevereiro de 2019 – 0 comentários

Ariovaldo passou pela sala à caminho da cozinha. Ainda com sono botou a cafeteira para funcionar. Bocejou, voltou para a sala e foi aí que viu, por baixo da porta, o envelope branco com o carimbo do condomínio, colocado alí e não na caixa de correio no térreo de propósito. Não se surpreendeu nem um pouco.

Desde que comprara o apartamento, há seis anos atrás, estranhara o preço abaixo da média para a região. Segundo a corretora deixara escapar, outros oito candidatos haviam se interessado pelo imóvel mas desistido da compra pouco antes de fechar negócio. Ela deu-lhe um beijo quando ele finalmente assinou a papelada da venda. Dois dias depois de concluída a mudança, Ariovaldo descobriu o motivo de tanta desistência: O apartamento era assombrado. continue lendo »

Vassoura de Merda

Livros sexta-feira, 16 de novembro de 2018 – 0 comentários

Rapaaaaaaz, feriado. Feriado né. Feriadão aí…. Puta feriado. Tem que escrever no feriado. Nossa.

 NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSS

continue lendo »

Tratamento por escrito

Livros quarta-feira, 07 de novembro de 2018 – 0 comentários

Uma das tragédias dessa vida é o jovem. Outra é ficar velho. E quando junta as duas rola um sentimento agridoce de vencer uma guerra e perder as duas pernas três, no meu caso. Pois eis que vi-me em meio à gente mais jovem que eu e que – ora vejam só – têm a leitura como hobby. E não, eu não encontrei na biblioteca e nem na livraria… E nem no prédio de humanas. E porram, é meio estranho você se deparar com gente que faz “atualmente” o que pra você já foi faz tempo.

 Nem sei se dá pra chamar de meme, só sei que tive um misto de vergonha alheia e nostalgia aqui.

continue lendo »

Todo Dragão Merece Respeito

Cinema, Games, Livros sexta-feira, 05 de outubro de 2018 – 0 comentários

Cara, eu tenho um problema foda com dragões na fantasia: Eles são uma merda.

 continue lendo »

Ouçam, ouçam!

Livros terça-feira, 14 de agosto de 2018 – 0 comentários

Não lembro a última vez que usei isto aqui, o que significa dizer que faz tempo o suficiente para perder o jeito.

É estranho como as coisas são: Como o costume é uma parte integrante de tudo que fazemos, e ainda assim é tão fácil tirá-lo da equação, relegando-o à uma posição de bastidores. Num mundo em que a memória muscular faz toda a diferença, e o segundo colocado é mensurado em milésimos de segundo, não tem espaço para o desconhecido: A prática à exaustão é o segredo do sucesso mais que o talento, e quando chega o inevitável momento em que o resultado final não é mais o melhor resultado possível, há um problema. A aposentadoria é uma vergonha não porque os louros prévios perderam seu valor, mas porque o passado não gera interesse. continue lendo »

O Sabor das Massas

Livros segunda-feira, 02 de julho de 2018 – 0 comentários

Quer uma coisa muito louca? Tem quase dez anos que eu tô no Bacon. Vamos falar um pouquinho sobre jornada.

 Sidney Magal, é você? Tá quente aqui, né?

continue lendo »

A Fruta do Diabo

Contos sexta-feira, 13 de abril de 2018 – 0 comentários

Caro Sr. Pacheco,

Acredite-me: Não há nada mais que eu gostaria de fazer que atender à vosso pedido e comparecer, à Quinze de Abril, à vossa reunião. Entretanto e infelizmente tenho compromissos há muito agendados e irrevogavelmente inadiáveis à atender. Ainda que tais engajamentos sejam de natureza particular e pessoal, sinto que vossa pessoa é de confiança e que tua integridade seja à prova de ressalvas. Veja bem Sr. Pacheco, nos últimos tempos – nos últimos oito meses de fato – tenho sofrido terríveis crises nervosas: Em um mero instante passo de um membro de nossa sociedade, civil e (Com o perdão da arrogância) bem educado, para uma demonstração temerosa da mais baixa estirpe de nosso país. Torno-me, ouso dizer, um bárbaro, sem ética e respeito algum aos meus semelhantes. Sr. Pacheco, é com grande pesar que coloco a realidade no papel: continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito