Cancelamento de Bloodline é um frisson desnecessário

Televisão segunda-feira, 26 de setembro de 2016 – 0 comentários

Nota do editor: Não tem Primeira Fila hoje.

Outro dia, no ônibus, me deparei com a notícia de que Bloodline vai terminar em sua terceira temporada ano que vem. Na cerimônia do Emmy, isso também foi falado à exaustão. Kyle Chandler foi anunciado como apresentador de uma das categorias, houve menção. Quando foi indicado como melhor ator, idem. Até a vitória de Ben Mendelsohn como melhor ator coadjuvante, foi ofuscada pelo anúncio que só surpreendeu a quem não acompanha a trama, que conta com um dos melhores castings dos últimos anos e uma narrativa consistente, com mais acertos do que erros. continue lendo »

How to Get Away With Shonda Rhimes?

Televisão quarta-feira, 30 de março de 2016 – 0 comentários

Dia 17 de março chegou ao fim a segunda temporada de How To Get Away With Murder?, série do canal ABC, produzida por ninguém mais, ninguém menos, que Shonda Rhimes, a serial killer de Grey’s Anatomy. A criação é assinada por Peter Nowalk, também da equipe de produção do drama hospitalar. Protagonizada pela incrível, maravilhosa, linda, sensual, diva, presidente do Universo Viola Davis, conta a história da advogada e professora Annalise Keating (Viola Davis) e de seus cinco estagiários, que mais atrapalham do que ajudam em seu trabalho: Fazer com que qualquer cliente escape da justiça, independente dos meios. Quanto mais escabroso o crime, melhor. continue lendo »

A mania do ser humano de estragar as coisas – Ou porque continuaram com Arrested Development, que fechou tão bem na terceira temporada

Televisão sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 – 1 comentário

Antes de mais nada, eu não farei uma resenha sobre a série. Caso você não a conheça, você pode se informar aqui. Esse texto se dá pela necessidade de questionar a natureza humana, e suas idiossincrasias, e talvez seja um pouco mais sério do que você estão acostumados. Eu acabo de finalizar a terceira temporada da série, e pra mim ela poderia muito bem ser encerrada ali mesmo. Não sei se isso é normal, mas não acho que tivesse algo mais pra ser contado ali; foi um arco encerrado magistralmente, a despeito de ter sido feito às pressas pra encerrar a parada. continue lendo »

A policial, o professor e o cavaleiro sem cabeça

Televisão quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 – 0 comentários

Entraram num bar com um papagaio e Ok, confesso que esse título ficou mais parecendo o início de uma piada, mas juro que não foi intencional. Acho que já devem ter percebido que começar bem um texto não está entre meus pontos fortes, mas se serve de consolo, as vezes geralmente tudo começa a melhorar mais para frente, No dia 16 de setembro de 2013, foi ao ar pela FOX o episódio piloto de Sleepy Hollow, com uma premissa bacana, saca só: Ichabod Crane, um professor e soldado na Revolução Americana volta a vida misteriosamente nos dias atuais e, junto com sua nova amiguinha, a tenente Abigail Mills, tem que impedir o apocalipse. Na verdade é um pouco mais complexo que isso, envolvendo também o cavaleiro sem cabeça e o professor tarado de Evolução, o que acaba dando um diferencial para a série. continue lendo »

Bates Motel

Televisão quinta-feira, 04 de abril de 2013 – 0 comentários

Psicose deve ser o filme mais famoso de suspense/terror EVER. A cena do chuveiro com a trilha do incrível Bernard Herrmann é emblemática. E se você não sabe disso ou não conhece o personagem Norman Bates, nem merece que eu esteja me dirigindo a você. Mas se conhece e está curioso para saber como o simpático e tímido rapaz virou um assassino de mulheres, pode assistir ao quarto filme da franquia. Ah, ou também pode assistir Bates Motel, nova série do A&E. continue lendo »

The Following

Televisão quarta-feira, 20 de março de 2013 – 0 comentários

The Following foi eleita por mim para substituir American Horror Story, série que me deixou temporariamente viúva. E por mais que seja dessas viúvas apaixonadas, preciso de entretenimento. Não to morta, né? O elenco é encabeçado pelo Homem Sem Sombra Kevin Bacon e pelo charmoso James Purefoy. E, ainda por cima, fala sobre serial killers. Então vamos combinar que o potencial é imenso. Tive que insistir muito com o bofe, ele não queria ver de jeito nenhum. Para fins de convencimento, comprei pipoca cancerígena de microondas sabor manteiga de cinema (Recomendo!), cerveja e balinhas cítricas da Fini. Com tantos argumentos, ele não teve remédio senão se acomodar no sofá ao meu lado pra ver qual é. continue lendo »

Além da Imaginação (The Twilight Zone)

Televisão sexta-feira, 08 de março de 2013 – 0 comentários

Houve uma época onde a palavra Twilight estava ligada a algo legal, e este algo legal é a mítica série The Twilight Zone, conhecida aqui no Brasil pelo nome Além da Imaginação. A série começou a ser exibida nos EUA em 1959, criada por um cidadão chamado Rod Serling, e a ideia era que cada episódio narraria uma história diferente, contando com elementos sobrenaturais e sci-fi, em uma mescla de suspense e drama.

 continue lendo »

Everybody Hates Chris

Televisão terça-feira, 29 de janeiro de 2013 – 3 comentários

Everybody Hates Chris era, pra mim, como aquela música insuportavelmente grudenta do Zeca Pagodinho: Nunca vi, nem comi, eu só ouço falar. Sempre que ligava a TV, estava passando na Record, mas era dublado. E se eu tenho um preconceito nessa vida é com dublagens. Perde-se muito da atuação e dos jargões. Se eu fosse da Polícia da Dublagem (Viu como a piada fica ruim?), provavelmente baniria a dublagem de todas as séries e filmes não animados. Além de South Park, que perde metade da graça quando não podemos utilizar a função SAP. Maldito VH1.

Voltando à série: Ela conta parte da história do comediante Chris Rock. Mais precisamente os anos escolares. O núcleo principal é a família Rock: Mãe, pai, irmãos e Chris. Incluo também o amigo Greg, que não é da família, mas ainda assim é muito representativo para Chris. continue lendo »

Avatar, a Lenda de Korra

Televisão sexta-feira, 13 de julho de 2012 – 2 comentários

O mercado de animação andava pobrinho, dividido entre animes e cartoons americanos. Palavra de quem acompanha os dois estilos há muito tempo: Tava cada vez mais difícil ver alguma produção boa surgir nesse meio. E, por mais que toda a população otaku-gorda-granuda tenha se doído ao ler essa frase, chuto que uns 90% das séries na TV eram lixo puro. Fosse no Cartoon ou no horrendo Disney Channel. Estávamos todos perdidos, sucumbindo ao desespero. Muitos se tornaram usuários de bolovo ou mupólatras.

 Não, mano, essa porra NÃO é legal. Conforme-se.

Até que surgiu Avatar no fim do túnel. continue lendo »

Antes de Spartacus, existia Roma

Televisão quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 1 comentário

Metade da galera vai ver esse texto achando que se trata do gladiadorzinho mais revoltado de Roma, a outra metade vai ignorar completamente. Isso é fato. Esse texto é sobre uma série chamada Roma, que estreou em 2005 nos EUA e contou com 2 temporadas fodas, com personagens fodas e muitas fodas. Não tinha a Lucy Lawless, mas tá valendo.

continue lendo »

Página 1 de 512345

busca

confira

quem?

baconfrito