Noturno (Guillermo Del Toro/Chuck Hogan)

Antípodas da Mente sexta-feira, 28 de agosto de 2009 – 0 comentários

Numa época em que o modismo vampírico está tão em alta na literatura, certas obras, mesmo não sendo tão boas por si só, acabam tendo uma grande importância no mercado literato como um todo.

Acho que a valorização dos chupadores de sangue nunca foi tão alta como agora, mesmo na época em que Entrevista com Vampiro e Rainha dos Condenados (além do resto da família Anne Rice) era hype. continue lendo »

As oportunidades aparecem

Analfabetismo Funcional quinta-feira, 27 de agosto de 2009 – 0 comentários

Estive dias atrás andando por aí, olhando umas prateleiras diferentes de livros e, do nada, consegui perceber uma coisa. Existem “nichos”, estilos de escrita e assuntos que, se bem adaptados, conseguem se adaptar em outros completamente diferentes.

Tá, isso pode ser algo que você, um dos três leitores dessa coluna, já deve ter percebido mas nunca falou para ninguém com medo de ser chamado de “Nerd! LOLOLOLOL”. Como devo ser o único num raio de… seiláquantos quilômetros que não tem medo/não liga a mínima ser chamado assim, vou falar sobre isso hoje. continue lendo »

Nobel não é sinonimo de bom

Analfabetismo Funcional quinta-feira, 20 de agosto de 2009 – 5 comentários

Tenho tido um azar para compra de livros ultimamente. Sei lá o porque, me deu na cabeça que eu deveria olhar mais esses livros que são elegidos por um grupo fodão como os melhores. Acabou que eu peguei uma lista de livros de vencedores do Prêmio Nobel, e com meus poucos trocados fui a caça de algum que poderia ser interessante. Acabou que eu já tinha lido alguns da lista, nem sempre todos bons, mas sempre tem um que se salva. continue lendo »

O Mestre e Margarita (Mikhail Bulgakov)

Antípodas da Mente sexta-feira, 14 de agosto de 2009 – 1 comentário

Um clássico pouco conhecido.
Mikhail Bulgakov, um escritor russo que presenciou a revolução e o regime Stalinista, tornou-se um dos maiores nomes da literatura européia do século XX justamente por seu maior e mais trabalhoso romance: O Mestre e Margarita.

continue lendo »

Scry

Antípodas da Mente sexta-feira, 31 de julho de 2009 – 1 comentário

Segunda à Esquerda, errei o caminho.
Ao me aproximar da rotatória, avistei o sinal do amarelo ao vermelho. Parando o carro, observei a rampa de acesso à direita, o caminho de casa. À Esquerda, nova rampa de acesso, luzes Apagadas ou Queimadas escondiam o caminho.
Dez minutos depois aquele sinal continuava vermelho. Não poderia me atrever, então continuava a esperar. Nenhum carro na rua, além de meu rádio só o silêncio da madrugada. E o vermelho Fixo & Imutável. continue lendo »

Banalidades

Antípodas da Mente sexta-feira, 17 de julho de 2009 – 1 comentário

Algumas dicas rápidas para suas mentes ansiosas.

A revista ViceLand, conhecida mundialmente, acaba de ganhar sua versão brasileira, com estréia em junho.
Para quem não conhece, a Vice é uma revista de atualidades, moda, design e música, distribuída gratuitamente em centros culturais e casas de show, conhecida por seu humor ácido, seu conteúdo duvidoso e suas matérias politicamente incorretas.

continue lendo »

O Elmo Do Horror (Victor Pelevin)

Antípodas da Mente sexta-feira, 03 de julho de 2009 – 0 comentários

Recentemente, uma coleção temática foi encomendada para certos autores contemporâneos de diferentes países: que cada um deles reescrevesse, à sua maneira e à sua escolha, um importante mito da cultura ocidental.
Essa coleção foi editada no Brasil pela Cia das Letras com o simples nome de Mitos.

Além de novas versões para Sansão e Odisséia, encontramos esta fabulosa obra: O Elmo do Horror, escrita pelo russo Victor Pelevin, reinventa o mito de Teseu e o Labirinto do Minotauro.
Mais do que isso, ele dá uma profundidade muito maior ao conceito de labirinto dentro do imaginário popular e ao próprio papel da mitologia dentro da cultura ocidental.

continue lendo »

interpretações

Analfabetismo Funcional segunda-feira, 29 de junho de 2009 – 4 comentários

intrerprear um texto é uma parte imporatnte do processo de leitura. sempre tem aquela passagem de um livro, conto, cron9ica ou até emsmo uma piada que precisa ser interpretada da maneira coreta para ter seu entendomento total. vejamos por exemplo o que aconteceu a algum tempo atrás, naquela brincadeira de primeiro de abril do AOE. o texto era aberto a muitas interpretações, alguns poucos conseguiram chegar ao texto real, mas a maioria só o leu superficialmente e chegou a conclusão de que o site iria acabar. mas achoque até foi bom, imagino que, se algum cara apocaliptico tivesse lido aquilo, poderia ter achado psitas de uma rpevisão sobre o fim do mundo ou algo parecido. continue lendo »

Mudanças

Analfabetismo Funcional segunda-feira, 22 de junho de 2009 – 0 comentários

Antes de tudo, mudanças podem ser coisas divertidas. É claro, se elas não forem feitas no meio da noite, acordando metade da vizinhança. Mas o detalhe de mudanças que eu quero frisar aqui é quando temos que juntar livros com os de outras pessoas. E é um saco carregar caixas pesadas com livros. Mas mais vantajoso do que carregar numa mochila todos, o que consigo sempre.

continue lendo »

Minha Idéia De Diversão (Will Self)

Antípodas da Mente sexta-feira, 19 de junho de 2009 – 1 comentário

Eu já li algumas coisas muito estranhas. Estranhas mesmo. Se vocês acompanham isso, devem se lembrar de algumas.
Alguém se esqueceu do Crash, que contava sobre um grupo de pervertidos, sexualmente atraídos por batidas de carro?
Coisas desse tipo sempre fizeram parte da minha predileção literária.

No entanto, Minha Idéia De Diversão é um tanto quanto diferente. Talvez seja a primeira vez em anos em que eu me sinto verdadeiramente incomodado com as cenas que tenho lido nesse livro. Talvez pela riqueza de detalhes – Will Self tem uma incrível linguagem descritiva, rica em metáforas e comparações -, talvez seja porque a história é Realmente estranha, e até agora eu não sei exatamente se eu realmente entendi tudo. continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito