A desvalorização da música nacional. Ou: Edu Falaschi está certo?

Música terça-feira, 15 de março de 2016 – 0 comentários

Inspirada pelo ótimo e bem antigo (Setembro de 2014, chesus) texto do Loney e pelo chilique (Bem mais antigo) do Edu Falaschi, resolvi escrever esse texto aqui sobre algo que sempre me incomodou. Concordo com ambos: O Loney disse que brasileiro acha que tudo o que é feito aqui tem que ser valorizado e ponto, sem qualquer análise crítica. O que é ridículo por si só, ninguém é obrigado a gostar de nada só porque foi feito na sua cidade/estado/país. É bom, vamo valorizar, não é bom, dane-se, não vou dizer que é só porque compartilho a mesma nacionalidade do cara que fez. Mas também concordo com o Edu quando ele diz que brasileiro paga muito pau pra gringo. Que valoriza demais o que é feito lá fora, que paga preços exorbitantes pra ver show de gringo, mas que ignora completamente quem faz metal por aqui. O que pensando no quanto o rock/metal e suas vertentes nacional é desvalorizado por aqui ele tá absolutamente certo. Parece contraditório? Parece, mas não é. Vem comigo que eu explico. continue lendo »

CDS #321 – Gold (Chet Faker)

Clipe da Semana domingo, 18 de outubro de 2015 – 0 comentários

Chet Faker é australiano e faz um som que eu curto pra caramba. É séééquisse, intimista, delicinha para ouvir sozinha ou acompanhada. Dentre os clipes, Gold merece destaque absoluto, pois conta com três esportistas da patinação estilo quad (Esse patins meio vintage) dançando de forma hipnotizante. E elas são completamente fodas! Cê achava que sabia patinar? Então clica logo que cê vai entender meu crush! continue lendo »

Azul é a Cor Mais Quente (La vie d’Adèle)

Cinema segunda-feira, 12 de outubro de 2015 – 2 comentários

Encontrei Azul É A Cor Mais Quente em alguma matéria sobre cenas de sexo mais polêmicas do cinema. De lá, resolvi assisti-lo inteiro sem pré-julgamentos para entender melhor o contexto. Depois de ter feito isso, cheguei à conclusão de que a “polêmica” em relação ao filme se trata muito mais do preconceito de quem assiste do que a cena de sexo registrada no longa. continue lendo »

O advogado do diabo musical – Lady Gaga

Música quarta-feira, 07 de outubro de 2015 – 1 comentário

Olá crianças! Vocês já devem ter ignorado lido textos anteriores meus, sobre causas sociais, que o Pizurk posta aqui com muita felicidade, mas na verdade, eu gosto mesmo de falar de música, e é por isso que estou aqui. A internet é um antro de pessoas com coraçõezinhos negros, que odeiam a tudo e a todos, e quando se trata de música, não é diferente. continue lendo »

CDS #319 – Too Close (Alex Claire)

Clipe da Semana domingo, 04 de outubro de 2015 – 0 comentários

Depois do momento “mamãe-quero-ser-punk” do Pizurk, vamos falar de coisa boa, vamos falar da nova Tekpix de música boa. Diretamente de 2011, vem Alex Clare com Too Close. A música é sossegada, mas com um ritmo forte; e o clipe com essa pegada de combate de kendô dentro de prédios abandonados, e o clichê do cantor solitário. É bom pra manter o orçamento. continue lendo »

Pra você, o que é cinema nacional?

Cinema quarta-feira, 09 de setembro de 2015 – 1 comentário

Pra você, o que é cinema nacional? Pois é, eu sempre me fiz essa pergunta, o que é o cinema nacional? Como ele é visto no exterior? Qual a importância dele no cenário mundial? E depois de muito me questionar, eu pude concluir que o nosso cinema pode ser descrito em praticamente duas palavras: Favela e comédia. Mas será que é mesmo?

 Chega um momento que você pergunta: “Como assim só favela e comédia?”

continue lendo »

CDS #309 – Nippon Manju (Ladybeard)

Clipe da Semana domingo, 19 de julho de 2015 – 0 comentários

Eeee deeesseee laado do riiingueee… Com gloriosos 1,81m de altura e 86kg… LAAADYYYYBEEEARRRD!

Sim, ninguém leu errado, LADY de mocinha mesmo e BEARD de barbado mesmo. Pelo menos foi assim que a história do Ladybeard começou, no wrestling em Hong Kong, onde Richard Magarey resolveu encarnar um alter-ego de uma menina de 5 anos, vestida de lolita, pra sentar a porrada em todo mundo. continue lendo »

CDS #307 – Pieces Of Gold (The Aikiu)

Clipe da Semana domingo, 05 de julho de 2015 – 0 comentários

Já que estou dando dica mesmo, pra comemoração da modinha do Facebook: Bandeira-colorida-porque-um-país-liberou-o-casamento-gay-sendo-o-que-seu-já-faz-isso-a-tempos, ou pra encurtar maria-vai-com-as-outras (Não encurtou muito, mas deu pra entender), temos o clipe do The Aikiu, Pieces Of Gold. Quem editou o filme ou amou ou odiou, meio termo não existe ai. Agora se curtiu o clipe mais do que devia, sai do armário que já tá na hora. continue lendo »

Top 11 Metal sofrência / Heavy corno

Música sexta-feira, 06 de março de 2015 – 2 comentários

Gostaria de deixar bem claro, antes de qualquer coisa, que sou apaixonado pelo Heavy Metal e suas vertentes. Agora, próximo aos meus trinta anos, percebo que sou um proto-tiozão do metal, daqueles que se ficam calvos, deixam o resto de cabelo longo e começam a usar bandana de caveirinhas, logo de banda, Eddie The Head, ou outro motivo truezão bobo, mesmo que vá a um velório.

 “Ah, meu netinho, você nem imagina como foi o Rock in Rio de 2015…”

continue lendo »

Fist of Jesus e a heresia nossa de cada dia

Cinema, Games segunda-feira, 17 de novembro de 2014 – 0 comentários

Sabe a melhor forma de irritar qualquer fandom? Cê faz uma fanfic zoneando o barato, e vai ter nego soltando fogo pelo rabo. E qual base de devotos é melhor pra aloprar do que a maior do planeta: Os cristãos.

Ah, qualé. Cê vai me dizer que a Bíblia não é ficção? Tá de zoeira comigo.

Antes de mais nada, assista esse vídeo de Fist of Jesus em espanhol com legendas em inglês, porque foda-se você que não manja dos paranauê: português porque o link antigo parou de funcionar continue lendo »

confira

quem?

baconfrito