Bacon Entrevista: Wattpaders

Livros sexta-feira, 08 de julho de 2016

Nota do editor 1 Introdução: Você pode tirar a pessoa do Bacon, mas não pode tirar o Bacon da pessoa. E foi por isso que o Santhyago resolveu que era uma boa ideia entrevistar uma galera que, por bem ou por mal, tá “movimentando” o “mercado” de “literatura”. Qual o motivo das aspas? Você vai entender.

Não importa se você escreve sobre as predisposições intestinais de um vassalo na idade média, ou sobre a vida sexual de pôneis africanos, ou, ainda, aquele sonho molhado que você teve com um cara de uma banda dessas que o cabelo parece ter dois quilos de musse. Ou uma mistura dessas três coisas que citei anteriormente: Sempre se encontrará alguém que ache legal e queira que escreva mais.

Mas nessa tal de internet sempre é complicado encontrar pessoas que queiram ler, numa rotina atarefada que envolve Twitter, Facebook e reclamar que o Orkut não existe… Isto é, se alguém não inventasse um lugar onde quem quer ler e quem quer escrever pudesse se reunir. O Wattpad é um site criado por uns canadenses que junta isso: Pessoas que querem ler e pessoas que escrevem, mas dificilmente acham seu público. É uma ferramenta que te permite escrever a história que sempre sonhou e encontrar um público que esteja disposto a lê-la.

Com uma interface simples que atrai até mesmo aqueles que mal sabem acessar o e-mail, o site tem uma interação com diversos sistemas, facilitando a escrita e a leitura tanto no celular quanto no computador. E com tantos autores assim disponíveis me passou pela cabeça escolher alguns pra que eles possam contar sobre o que escrevem, como são seus processos e tudo o mais relacionado ao mundo da literatura que eles ajudam a produzir. Este aqui será o Bacon Entrevista: Wattpaders.

Será uma série de 13 entrevistas [Toda sexta], com diversos autores de diversos gêneros. Então não se preocupa, aquele seu autor que você tanto gosta de ler pode ser que apareça aqui. Só pedir para ele entrar em contato pelo campo de comentários. Ainda restam umas vagas livres. E se você quiser fazer uma pergunta sua, manda ver também.

Nota do editor 2: Apesar dos esforços da equipe de revisores, pode ser que algumas coisas não fiquem tão agradáveis [Ou ignoráveis] quanto seriam numa conversa, mas isso aqui é o Bacon, então foda-se.

Confira o índice abaixo:

Bacon Entrevista: Catheryn Esnarriaga

Bacon Entrevista: Luis Challenger

Bacon Entrevista: Danka Maia

Bacon Entrevista: Fábio Vera Cruz

Bacon Entrevista: Vivy Keury

Bacon Entrevista: Patrick Wesolowski

Bacon Entrevista: Caroline Nonato

Bacon Entrevista: Cristian Scuziato

Bacon Entrevista: Luísa Mamprin

Bacon Entrevista: Isabella Allende

Bacon Entrevista: Mariana Camara

Bacon Entrevista: Michaelly Amorim

Bacon Entrevista: Juliete Vasconcelos Simões

Leia mais em: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito