Bacon Entrevista: Fábio Vera Cruz

Livros sexta-feira, 29 de julho de 2016

E a entrevista de hoje será com Fábio Vera Cruz, um autor de histórias de vampiros e lobisomens com um teor um pouco diferente do que as pessoas estão acostumadas. Mas não vou ficar me enrolando aqui, confiram a entrevista logo abaixo:

Santhyago: Então, começa contando num pouco de quem é o Fábio quando não está escrevendo.

Fábio Vera Cruz: Tenho 32 anos, sou casado e moro em Macaé. Pode-se dizer que estou sempre lendo uma ou duas histórias. Sempre gostei de ler mesmo não tendo uma referência na família. Gosto de tudo que contenha uma boa história, filmes, seriados e até mesmo mangás.

Qual a melhor série já produzida e justifique porque é Breaking Bad?

Breaking Bad?

Não conhece Breaking Bad?!

Não ‘-‘

Quando tiver um tempo, procure. Vale muito a pena. Mesmo sem ninguém com o vicio de leitura na família, o que te levou a escrever as suas histórias?

Eu sempre gostei de ler, quando era criança eu li até enciclopédias e dicionários quando os livros acabaram. Comprar um livro era uma coisa que estava fora do meu alcance, então comecei a criar minhas próprias histórias. Meu primeiro leitor foi meu irmão mais novo. Até hoje ele se lembra de minhas histórias. Fui gostando de escrever, mas somente depois de conhecer o Wattpad que essa chama reacendeu em mim. Pois você vai vivendo a vida e o tempo passa. Quando percebi já tinha caído na rotina de muito trabalho e estudo. Hoje eu sempre separo um tempinho para escrever.

Quando escreve, tem alguma coisa que gosta de fazer antes de começar? Ou só senta e as palavras surgem na tela sozinhas?

Gosto de escutar uma boa música anos 80 enquanto escrevo. Mas já ter feito um roteiro do capítulo ajuda a escrever.

Isso é bom. Suas histórias são planejadas antes de irem pra uma versão definitiva?

Sim! Na verdade antes de escrever a primeira linha da história, já sei tudo o que vai acontecer, inclusive o final.

É ótimo fazer isso, ajuda bastante em caso de bloqueios criativos. E como é o processo de criar este roteiro da história? Demora muito pra criar a história?

Eu tenho a mente muito fértil! Rsrs. Eu crio o roteiro logo depois que tenho a ideia da história e vou ajustando à medida que novas ideias surgem. Mas depois disso costuma ser rápido. Eu consegui escrever a minha história em 40 dias.

Escreveu “A Última Original” em 40 dias? Um bom tempo. O que te inspirou a escrever ela?

Na verdade foi a Aquela Noite. A Última Original ainda estou escrevendo. Rsrs. É a continuação. O que me inspirou foi eu ter lido histórias muito bem escritas por amigos meus. Eu queria provar para mim que podia sair da minha zona de conforto. Então foi a primeira vez que escrevi em primeira pessoa, foi a primeira vez que escrevi com uma personagem principal mulher e foi a primeira vez que escrevi algo que não fosse fantasia. E coloquei a meta de escrever em 40 dias e consegui.

Foi um tipo de desafio entre amigos ou um desafio auto imposto?

Foi um auto desafio. Estou sempre me desafiando a melhorar a minha escrita.

Quarenta dias pra escrever a história. Quais as origens da personagem?

Por incrível que pareça, eu criei a história sem qualquer estímulo. Eu via sempre os mesmos tipos de histórias e quis fazer algo novo, diferente, fugir do clichê. Escrevi um texto de mistério e toda a ideia veio à minha cabeça. O nome Sarah é em homenagem a minha sobrinha que tinha acabado de nascer.

Que legal isso! Por ter escrito sem estímulos, conseguiu fugir de alguns clichês relacionados a esses temas. Mas agora vamos a uma pergunta séria: Team Jacob ou Team Edward?

Kkkkkkkkkkkk! Eu li Crepúsculo antes de saírem os filmes. Gostei bastante da história e a autora ousou muito em mexer em algo sagrado para os fãs de histórias de lobisomens e vampiros. Eu não sou muito fã do Jacob, mas minha esposa gosta dele. Kkkkkkkkkkkk. Tenho um pezinho no lado Lobisomem pelo fato deles não estarem mortos.

E por causa da sua protagonista, presumo?

Eles têm mais humanidade dentro deles e a constante luta entre o humano e o lobo me fascina. Todos os pontos fracos são deixados de lado e têm sua fúria liberada de uma só vez, deixando o lobo tomar conta. Minha personagem sempre busca manter-se mais humana do que qualquer outra coisa.

Bela justificativa de escolha. Conta um pouco sobre as histórias que tem no Wattpad.

Coloquei no Wattpad, além dessas histórias de lobisomens e vampiros, meus Versos Guardados que fiz há 15 anos e estou com um novo projeto chamado Antes de Acordar, é um drama cheio de mistério e suspense.

Ela é dois volumes, com o primeiro já concluído, pelo que disse. Quer falar um pouco sobre a história?

Aquela Noite começa contando duas noites que mudaram a vida de muitas pessoas. Sarah Miller descobre da pior maneira que os humanos não estão sozinhos neste mundo e que todas as histórias referentes aos seres da noite eram reais. Descobre que tudo em sua vida está cercado por esse novo mundo, mas ela se recusa a abrir mão de seus sonhos. E passará por cima de qualquer um para alcançar seus objetivos. Sem deixar seu lado doce de lado, ela vai se tornando cada vez mais forte tentando encontrar as respostas para as suas perguntas. Acho que se eu contar mais daria muitos spoilers. Kkkkkkkkkkkk

E Versos Guardados? São aquelas histórias que escreveu quando criança?

Na verdade não. São minhas poesias que escrevi quando tinha 17 anos. As histórias que fiz quando era pequeno, estou reescrevendo sem publicar. Sempre acho que está ruim e recomeço. Como se fosse um vício. Kkkkkkkkkkkk

O vício de reescrever, normal de todo escritor. É difícil para você descobrir quando uma história está chegando ao fim? Ou seu planejamento ajuda nisso?

O planejamento ajuda muito. Eu sempre tento brincar com a curiosidade das pessoas, então não espere um final com todas as respostas. Rsrs. Eu planto coisas imperceptíveis ao longo da história, mas com propósitos. Nem todos que leem conseguem ver esses detalhes. Quando faço o planejamento, também considero se terá uma continuação da história. Então não é difícil definir o final. Mas tem que ser épico.

Entendi. Suas histórias são sobre criaturas fantásticas. A narrativa que usa nelas é bem interessante e envolvente. É difícil dosar o texto para ter esse efeito?

Eu busco me divertir escrevendo, gosto de leituras leves e descontraídas, acho que passo isso na escrita também. Eu sempre fui obrigado na escola a ler livros com textos maçantes e cansativos. Acho que simplesmente acontece.

Com a temática que escolheu, não surgiu nenhuma vontade de fazer alguma história erótica para aproveitar o publico crescente do Wattpad desse estilo? Alguma coisa envolvendo lobisomens e vampiros, por exemplo.

Eu gostaria muito de atingir o público jovem. A partir dos 13 anos, por isso nunca pensei nisso. Falando no assunto, acho muito interessante usar o romance, a sensualidade em uma cena e tentar expor todos os sentimentos em apenas um beijo. Usar algo do tipo erótico no meu ponto de vista tira todo o charme de uma história. Tira toda a mágica. Não sou contra cenas de sexo, desde que não seja o foco da história.

É uma ótima coisa, assim consegue ter controle da história. O que vejo acontecer muito hoje em dia é o pessoal escrever só pra atingir o público, e não pra contar uma história que querem. Assim, enfiam sexo e pornografia em cenas que não tem nenhum sentido isso aparecer.

Concordo plenamente! Mas também acredito que se há oferta é porque há procura. Cada pessoa gosta de coisas diferentes de outras. Tento não julgá-los.

Acompanha outros autores no Wattpad? Quais são os seus preferidos?

Tenho tantos… Luísa Mamprin, Michaelly Amorim, Juliete Aparecida, Lucas Fernandes, Murillo Magalhães, Felipe Damazio, Diego Pessoa, entre muitos outros. Passaria horas escrevendo aqui. Estou sempre achando novas e incríveis histórias por lá. Note que nenhum deles é um escritor muito famoso dentro do Wattpad. Não consigo achar muita qualidade dentre os mais lidos.

O que deixa uma aura de mistério de o porquê são os mais lidos.

Kkkkkkkkkkkk! Mas tente observar a porcentagem da diferença entre as leituras e os votos. Vai perceber que muita gente nem termina essas histórias com um milhão de leituras. O que me motiva são as inúmeras mensagens das pessoas que leram a minha história.

Ah sim, os leitores participantes são os melhores e que incentivam a continuar.

Gosto de usar a ferramenta do Wattpad para interagir mais com eles. Grande parte dos nomes dos personagens é de leitores. Sei que ficam muito felizes vendo seus nomes nos personagens.

O Fábio leitor é assim também? Comenta e incentiva o autor a continuar a história se gosta dela?

Claro! Adoro ser o primeiro a comentar e não gosto de ser aquele chato que fica procurando os erros alheios. Inclusive comecei a ler a sua história enquanto conversamos.

Eita, a minha apesar de estar finalizada, estou revisando. Quando publicá-la oficialmente, algumas partes serão um pouco diferentes. Mas obrigado por ler, espero que goste. Quanto às criticas, já recebeu alguma que te fez repensar o que escreveu? Alguma que foi muito grossa ou desnecessária pela maneira que o crítico expôs a opinião?

Já recebi muitas críticas. Muitas me ajudaram a melhorar a história, outras foram de pessoas que não quiseram ler o restante da história para descobrir o porquê de certas coisas “estranhas” que coloquei intencionalmente na história. Mas nunca recebi uma crítica ofensiva, mas não iria achar ruim. Todos têm o direito de opinar. Porém algumas pessoas deveriam ser mais discretas. Eu procuro sempre conversar com as pessoas por mensagem privada. Dessa forma não precisa expor ao público minhas opiniões sobre o texto.

Santhyago: Pra finalizar, teria alguma dica ou mensagem que gostaria de deixar para aqueles autores que às vezes perdem a vontade de escrever?

Fábio Vera Cruz: Eu pensei em parar de escrever uma vez. Um autor famoso, Raphael Dracoon, me disse para sempre ir atrás de meus sonhos não importasse o quão difícil seria realizá-lo. Isso me motivou a continuar, cinco anos depois eu o agradeci. Ainda não realizei o meu sonho, estou perto de publicar a minha história e participar da Bienal. Mas estou mais perto do que nunca.

E essa foi a entrevista com Fábio, espero que tenham gostado. Não se esqueçam de conferir o perfil dele no Wattpad para acompanhar esta e outras histórias que ele venha a publicar!

Esta é mais uma parte da série Bacon Entrevista: Wattpaders. Caso cê queira ler as outras entrevistas clique aqui.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Juliete Vasconcelos Simões

    Ahhhh que lindo, parabéns Fabio! Desejo muito sucesso para você e seus novos projetos!
    Hoje você deixou feliz duas vezes kkkk obrigada! Bjão.

  • fabio Vera Cruz

    Muito obrigado Carlos! Eu me diverti muito com essa entrevista!

busca

confira

quem?

baconfrito