Accept

Música terça-feira, 09 de março de 2010 – 2 comentários

No mundo da música, em qualquer gênero, existem as bandas que todo mundo ouve, as que alguns ouvem porque encontraram num site russo e acham legal serem exclusivos e outras que ficam no limbo chamado “eu gosto só de umas músicas, não da banda”. Accept é uma banda que, particularmente, eu não morri de amores na primeira vez, porque a primeira música que ouvi foi Balls To The Wall e eu achei ela meio monótona. Tudo mudou quando ouvi Fast As A Shark, pois meus miolos foram parar no teto, após ter pronunciado um “que afudê!!!!”. Pra quem não é do sul, “afudê” quer dizer o mesmo que “muito bom” ou “que massa!”. [Nota do tradutor: Ou “Que foda!”] continue lendo »

Metallica – World Magnetic Tour (POA)

Música quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 – 6 comentários

Tudo começou em novembro, quando o Opinião abriu as vendas dos ingressos para um dos maiores shows que Porto Alegre já teve. Meu namorado foi pra fila às 4h da manhã (Pois eu moro em Caxias do Sul) e já tinha umas 10 pessoas na frente dele. Como ele não podia ficar na fila até o momento que abrissem a Multisom, um amigo dele ficou no seu lugar e pegou para nós dois ingressos na área VIP. continue lendo »

O martírio de procurar obras underground

Analfabetismo Funcional segunda-feira, 18 de maio de 2009 – 8 comentários

Antes de mais nada, gostaria de agradecer ao Santhyago, por ter cedido a sua coluna para a publicação desde humilde texto. Obrigada!

Quando você vê uma pessoa, com ares de intelectual, andando de um lado pra outro numa livraria, você já sabe: ela está procurando uma obra underground. Mas afinal, o que é underground?

continue lendo »

Rapa de Tacho (Apparicio da Silva Rillo)

Livros terça-feira, 24 de março de 2009 – 1 comentário

Se tem uma coisa que eu realmente aprecio no mundo é os causos gaúchos e a forma como são contados. Não adianta sentar numa roda de chimarrão e contar aquele causo engraçado como se tivesse numa consulta com um urologista. Tem que ser com emoção, com vontade e, principalmente, tem que saber fazer um suspense. Se o desfecho da história vai ser realmente engraçado é sempre bom ter aquelas pausas dramáticas ou então aumentar um pouco mais o conto pra fazer valer a pena o tempo investido em ouví-lo. continue lendo »

O Anel dos Nibelungos (A. S. Frachini e Carmen Seganfredo)

Livros quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009 – 6 comentários

Imagino que todos os que frequentam (agora sem trema) este site já tenham jogado D&D na vida ou, pelo menos, tenham jogado algum RPG de computador. Para quem teve esta magnífica experiência de transportar-se como um besta para uma realidade paralela, deve saber como os anões tem fama de serem ávidos por ouro. Entretanto, ficar cavando em busca desse metal precioso é cansativo e chato, pois o ouro que se extrai das minas não oferece nada mais do que status. Já o ouro que jazia nas profundezas do Reno oferecia poder inigualável àquele que o possuísse.

Opa, tem ouro? Agora podemos conversar…

continue lendo »

O Rei de Ferro (Maurice Druon)

Livros quinta-feira, 22 de janeiro de 2009 – 3 comentários

Esse foi um livro que eu me arrependi de ter comprado cinco minutos depois de ter entregue a grana pra tia da banquinha, na Feira do Livro em 2007. Achei que “repugnante” seria o mínimo xingamento por um livro semi-romanceado baseado na história da França, na época de 1314 a 1328, onde tudo era uma porquice extrema. Mas tudo bem, já tinha pagado e o único remédio era ler.
continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito