Manual de Quarentena: Como sobreviver ao Corona Vírus em casa – Sexagésimo terceiro dia

baconfrito quinta-feira, 21 de maio de 2020

Não lembro qual foi a última vez que falei de números por aqui, mas com toda certeza não tava em 18 mil mortos. O que, claro, só tem acirrado todos os ânimos da galera, seja de que lado for. E é importante lemMENINO, CAIU A REGINA DUARTE.

“Saída honrosa” LOL.

Eis aqui o texto de ontem. Sem piadoca porque tô sem imaginação.

Dia 63

Acho que à esta altura já ficou claro que eu tô aproveitando a quarentena pra rever coisa velha, então toma aqui mais um filme que definitivamente não é novidade: Zombieland. Lá em 2009 o Pizurk resenhou a parada, e eu devo concordar com ele: Zombieland é foda. Baita história legal, atuações maneiras, filme fechadinho… Só faça um favor à você mesmo e não assista a continuação.

Eu NÃO A C R E D I T O que passei esse tempo todo de quarentena sem sequer indicar Felipe Dylon. Já contei minha história com o Fê aqui no Bacon, e é muito bom ver que agora com a quarentena ele retomou a música novamente para nos brindar com vários vídeos no YouTube. Segurem aí o clássico Deixa Disso:

Pra encerrra, eis a indicação de outro clássico, só que desta vez dos quadrinhos: Maus, do Art Spiegelman. O Guten quem? já resenhou o treco e eu já usei de desculpa pra falar de outro assunto, mas o importante é que Maus é um gibi incrível, tanto pela sua história quanto pela sua linguagem. É uma daquelas obras pra ler várias vezes durante a vida, nem tanto para pegar detalhes que passaram despercebidos, mas pra relembrar parte da história da humanidade.

Te dizer que eu tô começando a gostar desse governo? Tem que tratar Ministro feito merda mesmo.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

confira

quem?

baconfrito