Veja o trailer do filme Max Payne

Cinema sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 8 comentários

Dá uma olhada ae:

Mark Wahlberg vai encarnar o policial Max Payne, que é assombrado pela trágica morte de sua familia. Ele se descobre frente a frente com o cara que destruiu sua vida e as ruas que ele protege.

Curti o trailer, nunca joguei o jogo, então nem vou opinar. Apesar do clima de Punisher.

Robert Downey Jr. viverá Sherlock Holmes

Cinema sexta-feira, 11 de julho de 2008 – 0 comentários

Depois de ser o Homem de Ferro, Robert Downey Jr. vai viver o detetive mais famoso do mundo numa versão de Sherlock Holmes dirigida por Guy Ritchie, pra Warner Bros.

De acordo com The Hollywood Reporter, o filme é baseado numa história em quadrinhos que o produtor Lionel Wigram escreveu pra vender uma nova visão sobre o personagem clássico. A idéia é um Holmes mais aventureiro e sombrio, porém menos “pensador”, como as outras adaptações faziam.

O projeto de Holmes da Warners coincide com o da Columbia, que conta com Sacha Baron Cohen como o detetive e Will Ferrell como Dr. Watson. Essa comédia tá sendo produzida pelo Judd Apatow, mas não tem diretor.

A produção deve começar logo, porque a Warner pretende lançar o filme lá pra outubro de 2009.

O Segredo do Grão (La Graine et le Mulet)

Cinema quinta-feira, 10 de julho de 2008 – 1 comentário

O Segredo do Grão fala sobre derrota, superação e união. Clichêzão, hein? Mas o filme não é “menos bom” por isso.

Confesso que fui esperando um filme pra dormir, roncar e babar de boca aberta. Me enganei. O filme é melhor do que parece, apesar da sinopse não ajudar muito:

Slimane Beiji tem 60 anos de idade e divorcia-se após anos de casamento. Sem emprego e sem salário, ele é obrigado a continuar próximo da família, sempre precisando de ajuda. Isso o faz sentir-se um homem inútil e fracassado. Sua vontade é abrir um restaurante, o que parece ser um sonho muito distante. Mas, pouco a pouco, a família se une em torno desse projeto, que se torna para todos o símbolo da busca de uma vida melhor. Graças a seu senso de “como se virar” e a seus esforços, o sonho deles vai em breve se tornar realidade… Ou quase…

Tudo começa nas docas, onde Slimane Beiji trabalhou toda a sua vida, arrumando barcos. Até ser demitido. Separado da mulher, sem emprego, ele se sente um bosta. A única pessoa que lhe dá apoio é sua jovem enteada, Rym, que é filha da dona do hotel que Slimane tá comendo.
Ele é um daqueles homens honestos, que não aceita ser sustentado por uma mulher, e por isso quer realizar seu antigo sonho: Um restaurante em um barco. E pra isso ele conta com toda a sua familia, até mesmo a ex-mulher, que é quem vai levar o restaurante no braço com sua comida.
Com a ajuda de Rym, ele vai atrás da papelada pra abrir seu restaurante. Se fode lindamente e não consegue tudo. Mas dá pra fazer uma festa de inauguração, onde tudo acontece.

E que bela ajuda! [Não, ela não usa dança do ventre pra ajudar, imagem meramente ilustrativa]

Os problemas são que a familia de verdade de Slimane na verdade são um bando de filhos da puta. Apesar de ajudarem, eles fodem tudo. Nem é por querer, mas você pega uma raiva da familia dele. [Mesmo rindo em muitas cenas de familia] E do próprio Slimane, que deixou tudo chegar á esse ponto. Ele não reage como você espera diante de determinadas adversidades. E isso te emputece. E as vezes o povo fode tudo sem nem mesmo saberem que tá fodendo, como você vai descobrindo, junto com o véio. Boa parte do elenco não é ator de verdade, o que faz o filme fluir muito mais. Você nota que há uma química ali mesmo, porque eles estavam mesmo convivendo. E a confluência de eventos termina num final abrupto, a primeira vista. Mas se você reparar bem, vai ver que tudo se encaixa… Não como devia ou as pessoas gostariam, mas se encaixa. Por que a vida continua, não para pra esperar. Filme cabeça é foda… Além de praticamente tudo ser spoiler.

Familia ê, familia á, familia!

Recomendo com força. Leis de Murphy até o talo, além de um “A vida como ela é” bem no meio da sua orelha. E semana que vem vocês nem vão lembrar mesmo, seus aborígenes!

O Segredo do Grão

La Graine et le Mulet (151 minutos, Drama)
Lançamento: França, 2007
Direção: Abdel Kechiche
Roteiro: Abdel Kechiche
Elenco: Habib Boufares, Hafsia Herzi, Farida Benkhetache, Abdelhamid Aktouche, Bouraouïa Marzouk, Alice Houri, Leila D’Issernio, Abelkader Djeloulli, Olivier Loustau, Sabrina Ouazani

Estréias da semana – 11/07

Cinema quinta-feira, 10 de julho de 2008 – 0 comentários

Viagem ao Centro da Terra – O Filme (Journey to the Center of the Earth)
Com: Brendan Fraser, Josh Hutcherson, Anita Briem, Giancarlo Caltabiano, Garth Gilker, Kaniehtiio Horn
Trevor e seu irmão, Max, são geólogos, ou seja, estudam pedras. Numa viagem até a Islândia, o irmão de Trevor some do mapa. Ele então pega seu sobrinho, Sean, e vai atrás do irmão. É quando eles descobrem que dentro da Terra tem uma porrada de coisas. E não é terra.

Agente 117 – Uma aventura no Cairo (OSS 117: Cairo, Nest of Spies)
Com: Jean Dujardin, Bérénice Bejo, Aure Atika, Philippe Lefebvre, Constantin Alexandrov, Saïd Amadis, Laurent Bateau, Claude Brosset, François Damiens, Youssef Hamid
O Agente 117, [que no cinema é mais velho que o próprio James Bond, já que apareceu pela primeira vez num filme em 1956] voltou á ativa. Agora, ele vai até o Cairo, reestabelecer a ordem em nome do presidente da França.

O Segredo do Grão (La Graine et le Mulet)
Com: Habib Boufares, Hafsia Herzi, Farida Benkhetache, Abdelhamid Aktouche, Bouraouïa Marzouk, Alice Houri, Leila D’Issernio, Abelkader Djeloulli, Olivier Loustau, Sabrina Ouazani
Um tio que trabalhava nas docas é demitido e se divorcia. Mas mesmo assim tem de conviver com a ex e a familia, já que está sem grana. Se sentindo um idiota que não serve pra nada, ele tenta abrir um restaurante num barco.

O Advogado do Terror (L’Avocat de la Terreur)
Com: Jacques Vergès, Klaus Barbie, Abderrahmane Benhamida, Bachir Boumaâza, Isabelle Coutant-Peyre, Guillaume Durand, Lionel Duroy, Hans-Joachim Klein, Magdalena Kopp, Gilles Ménage
Documentário sobre a vida do controverso advogado Jacques Vergès, que tem como especialidade defender, como diria o narrador da Sessão da Tarde: “Uns carinhas da pesada”, como o nazista criminoso de guerra Klaus Barbie [O Açougueiro de Lyon] e Carlos, o Chacal.

Pequenas Histórias (Pequenas Histórias)
Com: Gero Camilo, Paulo José, Patrícia Pillar, Marieta Severo, Maurício Tizumba, Constantin de Tugny, Miguel de Oliveira, Edyr Duqui, Maria Gladys, Rodolfo Vaz
Costurando retalhos de pano, uma tia vai contando histórias, criando assim imagens do que conta. Ela conta quatro histórias bem brasileiras, principalmente de Minas Gerais.

O Advogado do Terror (L’Avocat de la Terreur)

Cinema quinta-feira, 10 de julho de 2008 – 0 comentários

Você gosta de terrorismo? Mas eu não tou falando de cenas de ação, com explosões e miolos voando, tou falando de terrorismo como uma causa, de terrorismo como meio, não como fim.
Você gosta de direito? De discussões irrelevantes, mas que podem levar á liberdade ou á prisão perpétua?
Então vá ver O Advogado do Terror. Você vai gostar. Não vai adorar, idolatrar, comprar o pôster e fazer um altar, mas vai achar que valeu a pena assistir. Caso contrário, passe longe. A não ser que esteja com insônia e queira um remédio.

O filme começa mostrando a origem do jovem Jacques Vergès, que se forma em Direito, e acaba entrando na defesa dos terroristas que lutavam para libertar a Algéria do dominio francês, em 1954. A partir desse caso, Jacques começou a defender casos que contrariavam o poder vigente, como o uso do terrorismo para defesa pelos palestinos. Ou então o nazista Klaus Barbie, o Açougueiro de Lyon. Ou ainda o terrorista-mercenário Carlos, o Chacal.

Mas o diretor Barbet Schroeder não tenta mostrar que o advogado é inocente ou culpado. Ele só pretende mostrar os fatos, já que está fazendo um documentário, o que é bom, já que o mundo não é dividido entre mocinhos e bandidos sempre. O filme mostra um Jacques eloqüente e cativante, como todo bom advogado. Cabe a você decidir se acha o véio um filho da puta que defende outros filhos da puta, ou um cara foda que defende os pobres coitados do mundo, que só tem como se defender explodindo os ricos.

Um documentário de duas horas e meia de falatório sobre terrorismo e direito. O que pra quem gosta, tipo eu, é ótimo, apesar de um pouco cansativo. Recomendo pra quem vê os dois lados da moeda, e quer ter uma idéia de como o terrorismo “evoluiu” dos anos 50 pra cá. Não na tecnologia, mas ideologicamente.

O Advogado do Terror

L’Avocat de la Terreur (135 minutos, Documentário)
Lançamento: França, 2007
Direção: Barbet Schroeder
Elenco: Jacques Vergès, Klaus Barbie, Abderrahmane Benhamida, Bachir Boumaâza, Isabelle Coutant-Peyre, Guillaume Durand, Lionel Duroy, Hans-Joachim Klein, Magdalena Kopp, Gilles Ménage

Quatro TV Spots de A Múmia – A Tumba do Imperador Dragão

Cinema quarta-feira, 09 de julho de 2008 – 0 comentários

Somando tudo, dá dois minutos. Um trailer. Ou nem isso. Mas vale a pena!

A Múmia – A Tumba do Imperador Dragão estréia dia 1º de Agosto.

Trailer de Quarantine

Cinema quarta-feira, 09 de julho de 2008 – 3 comentários

Lembram que eu já falei de Quarantine? Como não? Cês tem alzheimer? Olhem isso então.

Ah, lembraram, né? Pois bem, hoje saiu um trailer…

Eu acho que esse filme vai ser bom. Não muito, mas vai ser bom.

Dia 17 de outubro. Lá nos EUA.

Segundo trailer de Ensaio Sobre A Cegueira

Cinema quarta-feira, 09 de julho de 2008 – 3 comentários

Já falei sobre Ensaio Sobre A Cegueira aqui, certo? Certo! =D

Então, temos um novo trailer do filme.

Estréia 12 de setembro.

Imagens FORTES do Duas-Caras

Cinema quarta-feira, 09 de julho de 2008 – 3 comentários

E a enxurrada de imagens do filme do Batman continua…

“Meus dentes estão sujos?”
“ó procê!”
Enfermeira do inferno!

Tem uma porrada de imagens, quer ver mais? Se fode ae.

Ah, sim: Dica do Eric.

Dia 18!

E mais fotos de Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Cinema terça-feira, 08 de julho de 2008 – 3 comentários

Vocês já viram fotos que não prestam pra nada mas servem pra enrolar antes, e agora divulgaram outras. Tomae:

Belos olhos. (heh)
“Tou fudido…”
“Cê enfia isso no seu cu, tá?”
“Buá, ninguém gosta de mim.”
“Quer dar uma antes do jogo?”
“Vou embebedar, ai eu traço fácil, fácil…”
“Ai, por que eu não tenho uma varinha grande assim?”
“Que pedra… dura (heh)”
“O que vocês estão fazendo pelados um em cima do outro?”
Aproveita e troca o óculos, mané!

21 de Novembro é quando essa pissirica sai nos EUA.

confira

quem?

baconfrito