Thelma & Louise

Bogart é TANGA! sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Thelma e Louise é, com certeza, um dos melhores road movies já feitos. O longa conta a história de duas amigas que partem em busca de alguma emoção em suas vidas e encontram não apenas imprevistos, mas a essência de si mesmas. Apesar de ser um drama, a comédia dá as caras em diversos momentos, deixando o filme muito divertido. O caráter icônico se deve ainda a atuações magistrais de Geena Davis e Susan Sarandon, aliadas a um desfecho impactante.

As duas personagens do título são responsáveis por personalidades bem distintas, que se mesclam no decorrer da história. Mesmo sendo amigas, é possível diferenciá-las bastante. Louise (Susan Sarandon) é uma garçonete meio broxada com a vida, mas que possui muito mais experiência que Thelma (Geena Davis), dona de casa, casada com um homem controlador e machista. Observando a vontade de Thelma de conhecer o mundo, Louise tem a ideia de levá-la para uma viagem de alguns dias, mas as coisas fogem do controle quando elas fazem uma parada num bar beira-de-estrada.

Deslumbrada com o lugar, e impulsionada por uma ansiedade quase infantil, Thelma começa a beber, dançar e curtir a viagem. Louise, muito mais experiente, fica com um pé atrás, mas deixa as coisas fluírem. Depois de algum tempo, Thelma passa mal e é levada ao estacionamento do lugar por um homem desconhecido, com quem havia dançado a noite toda. Com o lugar vazio, o cara não pensa duas vezes em avançar o sinal. Com a negativa de Thelma, o homem começa a espancá-la e violentá-la. Nesse momento, Louise aparece e salva a amiga, mas antes de ir embora, num momento de pura raiva, atira e mata o estuprador. Agora, sujas de lama até a calcinha, as duas fogem sem rumo, tentando pensar no que fazer.

O assassinato do estuprador é o marco inicial da verdadeira aventura. É a partir desse momento que as coisas mudam para as duas protagonistas. Louise decide fugir para o México e Thelma escolhe ir com ela. Mas, nesse meio tempo, muita coisa acontece. As duas acabam entrando numa viagem muito mais emocional do que qualquer outra coisa e descobrem aspectos da própria personalidade que não conheciam.

O bacana é que as reviravoltas e situações inusitadas permitem a identificação dessa mudança e descoberta, mas sempre de forma criativa e muita vezes hilária. Obviamente as maiores responsáveis pelo sucesso disso tudo são Davis e Sarandon, absolutamente incríveis em todas as cenas. Thelma começa o filme ingênua, mas termina de uma forma totalmente diferente. Já Louise vive conflitos ricamente retratados e estampados nos olhos extremamente expressivos de Sarandon.

Uma curiosidade: Foi nesse filme que Geena Davis conheceu Brad Pitt e os dois iniciaram um namoro que durou aproximadamente um ano. A química dos dois foi boa e as cenas mais quentes ficaram excelentes. Porém, é gritante a inexperiência de Pitt, na época apenas um moleque magrelo. Geena Davis ofusca com facilidade o ator, dando um show de presença, interpretação e gostosura.

Nos aspectos técnicos, o filme também ganha pontos, com uma fotografia interessante e tomadas externas bonitas. As cenas no deserto do Texas são um grande destaque, assim como a explosão do caminhão. Tive a impressão também que, na maioria das vezes, são as próprias atrizes que dirigem o Thunderbird 66 de Louise nas cenas de ação, o que dá um realismo que eu aprecio demais. O filme ainda ganhou o Oscar de 1992 na categoria Melhor Roteiro Original.

Dá pra destacar também a presença do ator Harvey Keitel, intérprete do investigador de polícia que está no encalço das duas, e que para mim, representa a ideia central de todo o filme. É a personificação da análise emocional das duas, quase uma cria de Freud com Mãe Dináh. É possível notar a boa intenção do personagem (Muitas vezes um misto de preocupação, sensibilidade e pena) e sua participação no final é interessantíssima.

Olhando como um todo, Thelma e Louise é um filme muito completo e delicioso. Em alguns momentos hilário, em outros emocionante. Nos presenteia com atuações únicas e cenas impagáveis. Uma viagem em todos os sentidos, envolvendo a descoberta da revolta, do sexo, do amor, da amizade, da natureza humana. Um filme icônico, que funciona bem para os cinéfilos e não cinéfilos. Imperdível!

Thelma & Louise

Thelma & Louise (129 minutos – Drama)
Lançamento: EUA, 1991
Direção: Ridley Scott
Roteiro: Callie Khouri
Elenco: Susan Sarandon, Geena Davis, Harvey Keitel, Michael Madsen e Brad Pitt.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • juliano

    a sinopse deveria ser
    duas mulheres dirigem MAL pelos estados unidos!!

  • GÊNIO

busca

confira

quem?

baconfrito