As mídias e as massas

Livros terça-feira, 08 de abril de 2014 – 3 comentários

Tava outro dia, suaves e de boas, deitado na rede, aproveitando a vagabundeagem de vida, quando ocorreu-me um pensamento: Os livros nunca foram um instrumento de massa, já a TV e o rádio, sim. Acreditem, pode parecer estranho falando assim, mas eu vou explicar. Ignorem este parágrafo tosco e leiam o resto.

Só pra dar aquela ilustrada.

continue lendo »

Da arte

Analfabetismo Funcional terça-feira, 08 de janeiro de 2013 – 0 comentários

Num mundo em que o dividir e conquistar tem se tornado mais e mais frequente, há algo que une, mesmo que fracamente, uma quantidade razoável de gente. Que une nós do Bacon, entre nós mesmos e entre muitas outras pessoas, pessoas estas que às vezes odiamos, às vezes adimiramos ou sequer sabemos que existem, mas o fato é que estamos todos juntos. continue lendo »

Mídia vs. Estilo

Nona Arte quarta-feira, 27 de outubro de 2010 – 2 comentários

Há cerca de 200.000 anos atrás, iniciou-se aquilo que, hoje, é simultaneamente, um dos flagelos e uma das melhores coisas da humanidade: A comunicação. Se, por um lado, temos Neil Gaiman, Tolkien e Júlio Verne, do outro temos Stephanie Meyer, jornais povão de R$ 0,25 e pessoas que puxam papo sobre o tempo. Tudo isso é culpa de um homem das cavernas desconhecido que, um dia, ao voltar da caçada, resolveu contá-la usando terra e sangue. Comunicação verbal? À época, se resumia a apontar para as costas do outro e gritar “Hurr-durr-urrm-unga-bunga!”, que, traduzido para o português hodierno, significaria: “Olha para trás, feladaputa, tem um dentes-de-sabre atrás de você!”. continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito