O futuro da Marvel na Netflix

Televisão sexta-feira, 24 de Abril de 2015

A Netflix terá seus próprios Vingadores, isso não é novidade pra ninguém. Tá que os caras serão chamados de Defensores, mas eles nada mais são do que metade da equipe dos Novos Vingadores de 2010. Não sabe do que eu to falando? Quadrinhos, sua mula! A questão é que assim como os Vingadores estão aumentando nos cinemas, os Defensores também devem aumentar na TV e quais personagens devem ganhar uma série própria e fodástica na Netflix após o término de Defensores? Eu tenho alguma teorias.

Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro serão os Defensores originais. Já sabemos que a série do Demolidor foi renovada para uma segunda temporada e que o mesmo deve acontecer com as outras 3 séries que estão por vir, o que significa que Defensores será uma série com início, meio e fim, como todas as outras, sendo dividida em temporadas. E nós sabemos que com novas temporadas vem grandes responsabilidades novos personagens, mas quais personagens da Marvel encaixam-se nesse mundo sombrio e violento de Defensores? Alguns.

Minha primeira aposta vai na Elektra, que já foi rapidamente citada em Demolidor e tem mais do que capacidade para manter uma série sozinha. “Ain, mas a Elektra não tem nada a ver com equipes”. Bom, cê pode dizer isso pros Thunderbolts. Outro personagem que certamente ganhará uma série pela Netflix é o Justiceiro. E você pode voltar a pensar a mesma merda de antes e eu te direi a mesma coisa também, diga isso aos Thunderbolts. Mas talvez possamos sair um pouco do óbvio.

A Marvel deveria começar a investir em seu lado místico. Sei que isso parece meio difícil, principalmente com a desconstrução da divindade de Thor e de todos os Asgardianos. Porém, o filme do Doutor Estranho está chegando aí, e por mais que digam que o que ele faz é apenas controlar as forças cósmicas do universo, ele continua sendo o Mago Supremo da Marvel, então por que não as séries do Motoqueiro Fantasma e do Blade? Absurdo? Bom, o Homem Coisa também é e ele já foi citado em Agentes da S.H.I.E.L.D.. Eles não tem nada a ver com equipes também? Bom, um deles foi dos Thunderbolts e o outro dos Vingadores no Ultiverso. Mas ok, talvez pedir que a Marvel invista em seu lado místico assumindo realmente o misticismo seja muito. Querer que o Nicolas Cage continue sendo o Motoqueiro então… Droga. MALDITA SONY!

Mas certamente se tem alguém que merece ganhar uma série própria na Netflix é a Mulher Hulk. Oras, por que não? A equipe precisará de novas mulheres na equipe, principalmente se a gravidez de Jessica Jones estiver a caminho, e Jennifer Walters é perfeita pro papel. Aliás, ela deveria ter ganho uma série no lugar da Jessica Jones, que deveria ser uma coadjuvante na série do Luke Cage. Mas caso a Marvel não queira mexer com a família Hulk, temos ainda o Cavaleiro da Lua, que é o Batman 2 da Marvel. Quié? Só tô adiantando o choro da galera.

Que novas séries com novos personagens urbanos da Marvel serão criadas é certo. Basta descobrirmos o caminho que a casa das ideias está querendo seguir. Além disso, temos o spin-off de Agentes da S.H.I.E.L.D. e uma série misteriosa focada em algum herói que está sendo reformulado pelo diretor de 12 Anos de Escravidão. Então sim, a Marvel sabe o que está fazendo na TV e por mais que tenha tomado muita volta da DC, tá dando a volta por cima e prestes a largar um belo dum ponta pé no traseiro murcho da Distinta Concorrência.

Leia mais em: , , , , , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Helô.

    Bom, claramente opinião de quem lê os quadrinhos, mas eu não acharia nada ruim um foco no lado místico da Marvel!

busca

confira

quem?

baconfrito