Jean Charles

Cinema quinta-feira, 25 de junho de 2009

 O filme Jean Charles, acompanha as experiências de diversos brasileiros que, em busca do sonho de uma vida melhor, arriscam viver longe de seu país. Contando não apenas com seus próprios esforços, mas principalmente com a alegria e criatividade – características marcantes do povo brasileiro.

Admito que não esperava muita coisa desse filme. Fui ver mais com o intuito de tacar preda pedra que por conta da história, que pra mim não é lá grande coisa, mesmo. Mas não é que eu tava certo? A história não é diferente da grande maioria dos imigrantes, ilegais ou não. O que não quer dizer que o filme é ruim. Ele só não é lá aquelas coisas, mas considerando a base dele, tá bom demais. Ah, e ele morre no final.

Mas acho que vocês já sabiam disso, não? Enfim, a história que é contada no filme não é aquela que todo mundo já sabe: Jean Charles foi confundido com um terrorista e morto com vários tiros, blá blá blá. No filme, isso é o de menos. Tanto que só no final aparece essa cena, bem rapidamente, inclusive. O filme mostra, na verdade, o cotidiano de um imigrante, legalizado, entre outros tantos, legalizados ou não.

 Tem que começar de algum lugar.

Os relacionamentos, a vida que o cara levava, os rolos, as tretas. Não tem uma tentativa de glorificar o cara, eles colocam uma pessoa comum, feito você e eu, na telona. É um mineiro esperto, que dá os pulos pra levantar uma grana, gosta de viver e vive quando pode. Mostra cagadas e acertos, já que ninguém é perfeito. E essa é a vantagem do filme: Ele é baseado em fatos reais, mas bem que podia ser totalmente real. É verossimil.

 Turista é foda!

Mas, ao mesmo tempo que é o grande trunfo, essa facilidade de identificação é o que acaba quebrando o filme. É uma pessoa comum, trabalhando, dando duro, as vezes se ferrando, as vezes se dando bem. Tipo eu ou você. É uma história que, apesar de ter sido trazida à tona pela mídia [Já que qualquer bosta que acontece com brasileiro no exterior vira notícia], não é lá grande coisa. É como se fosse a história de um amigo seu. E, pessoalmente, eu prefiro ouvir as histórias dos meus amigos, que [Tirando o final trágico], costumam ser muito mais agitadas que essa.

 Só tem foto do peão trabalhando!

Resumidamente, é um filme pra inglês ver. Ou pra brasileiro clamar por justiça…

Jean Charles

Jean Charles (93 minutos – Drama)
Lançamento: Brasil, Inglaterra, 2009
Direção: Henrique Goldman
Roteiro: Henrique Goldman e Marcelo Starobinas
Elenco: Selton Mello, Vanessa Giácomo, Daniel Oliveira, Luis Miranda, Patricia Armani e Sidney Magal

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito