Super Crazy Guitar Maniac Deluxe 4 – Ritmo

Jogaí sábado, 09 de junho de 2018 – 0 comentários

Eu jurava por tudo que era sagrado que já tinha passado Super Crazy Guitar Maniac Deluxe por aqui, mas aparentemente eu tava errado, um erro que tenho que corrigir imediamente: Gosta de Guitar Hero? Chega junto. continue lendo »

Peter Parker No More

Cinema sexta-feira, 08 de junho de 2018 – 0 comentários

Como cês já devem saber, saiu essa semana o trailer da mais nova animação da Marvel, Spider-Man: Into the Spider-Verse (Com o título bem meh Homem-Aranha: No Aranhaverso aqui no Brasil). Como cês também já devem saber, em sua grande maioria as animações da Marvel são bem merdas. E como cês já devem saber o Miles Morales é a melhor coisa que a Marvel faz há décadas.

continue lendo »

Religious Idle – Idle

Jogaí sábado, 02 de junho de 2018 – 0 comentários

Religious Idle é um daqueles jogos que cê se diverte mais quando vai zoar a parada do que quando vai jogar sério… Não que eu ache que os criadores de Religious Idle esperem que ninguém vá jogar o treco à sério. continue lendo »

Público não se pega, se conquista

baconfrito sexta-feira, 01 de junho de 2018 – 0 comentários

Não sei vocês, mas eu tenho um costume muito simples no que se trata de acompanhar tópicos do meu interesse: Se eu não lembro de acompanhar por mim mesmo, então é porque não é realmente importante pra mim.

 continue lendo »

Hat Wizard 2 – Plataforma

Jogaí sábado, 26 de maio de 2018 – 0 comentários

Tem quase seis meses desde que Hat Wizard passou por aqui, e eis o treco aí de novo: Em Hat Wizard 2 você ainda é um mago cafetão com um chapéu roxo, só que agora tem história. continue lendo »

Hellblazer, School Shootings e as Cabeças de Pedra na Ilha de Páscoa

HQs sexta-feira, 25 de maio de 2018 – 0 comentários

É sábado, dia 19, enquanto escrevo isto aqui, e ontem houve mais um atentado numa escola americana, mais uma vez por um aluno atirando contra colegas, professores e funcionários: Outro school shooting. Dez morreram e outros dez foram feridos. Não que seja novidade alguma à esta altura. Mas, pra este texto, temos que voltar mais no tempo do que apenas ontem, temos que voltar pra 1998, e olhar pro que tava acontecendo com John Constantine.

 continue lendo »

Tough Growth – Agilidade

Jogaí sábado, 19 de maio de 2018 – 0 comentários

Tough Growth é um jogo bem simples no qual cê tem que pegar pegar comida, pra crescer o suficiente pra depois poder comer seus inimigos… Pense em Spore com gráficos 2D de Asteroids e você estará mais ou menos no caminho certo… Mais ou menos. continue lendo »

Volta pra casa, Beyoncé

Música sexta-feira, 18 de maio de 2018 – 0 comentários

Véis, cês sentem falta de Beyoncé? Porra, eu sinto falta da Beyoncé… De quando a Beyoncé não era diva. Porra, a Beyoncé era maneira. Agora ela é aquela tua tia que participa de meio milhão de clubes, congregações e o caralho, e que você tem certeza que toma Adderall pra acordar e Lexotan pra dormir.

 #TRU

continue lendo »

Corruption – Estratégia

Jogaí sábado, 12 de maio de 2018 – 0 comentários

Não é sempre que aparece um bagulho tão legal que absolutamente nada mais sobre ele importa, mas eis Corruption: Um jogo de estratégia que cê tem que “controlar” a maioria do tabuleiro pra vencer, fazendo um movimento por vez e cuidando do trajeto que você forma… É o tipo de jogo que parece fácil mas na verdade tem um baita duma estratégia por trás. continue lendo »

Estaria o show em estádio acabando?

Música sexta-feira, 11 de maio de 2018 – 0 comentários

Isto não é conversa nova: Fazer um show custa caro, principalmente quando se está falando de um show num estádio, para dezenas de milhares de pessoas. Tem o aluguel da parada (Afinal, seja de futebol, baseball ou qualquer outra coisa, um estádio precisa gerar lucro pra se manter), conta de energia, transporte de todo o equipamento de som e mais o palco, todo o equipamento de iluminação, o preparo da estrutura pra receber o evento (Já viu show rolar com milhares de pessoas pisoteando o gramado? Claro que não) e, por fim, toda a estrutura acessória, com a organização das portarias, as lanchonetes, barracas e os caralhos pra vender comida superfaturada, concessões, estacionamento… Isso tudo custa caro, leva tempo e requer profissionais específicos e capacitados, então não é de se estranhar que muito artista prefira lugares menores e festivais. continue lendo »

busca

confira

quem?

baconfrito