A Ressaca (Hot Tub Time Machine)

Cinema sexta-feira, 10 de setembro de 2010
 Comédia com um pôster sensacional e um que de nostalgia

Adam (John Cusack) foi abandonado por sua namorada. Lou (Rob Corddry) adora uma festa, mas não consegue encontrá-la. Nicky (Craig Robinson) tem sua vida controlada pela esposa. Jacob (Clark Duke) é fanático por videogame e, por causa disto, raramente sai de casa. Eles são amigos e, após uma noite de muita bebedeira, acabam na banheira de hidromassagem de um resort de esqui. Sem saber como, eles acordam em pleno 1986. É a chance que têm para apagar erros do passado e criar um novo futuro.

Em meio a milhares de cansativas e nunca engraçadas produções da dupla Friedberg/Seltzer (Donos de uma filmografia invejável, como Deu a Louca em Hollywood, Espartalhões e o recente Os Vampiros que se Mordam), é bom de vez em quando ver uma comédia besteirol com algo de novo. Se utilizando de uma sinopse absurda, que vai te fazer ou se esconder embaixo da cama ou correr pro cinema, o filme acaba sendo uma demonstração de que para entreter e divertir, podemos deixar de lado a lógica.

 …podemos deixar de lado a lógica.

A obra confia em um elenco de figurinhas marcadas: John Cusack, o ator mais sub-valorizado de Hollywood (A.K.A. versão oposta de Keanu Reaves), Clark Dude (Que vem de papéis cômicos interessantes no divertido Rumo ao Sexo e no sensacional Kick-Ass) Craig Robbinson e Rob Corrdry (Que figuram em praticamente todas as comédias americanas, já a algum tempo), além dos veteranos Chevy Chase e o “pau para toda obra” Crispin Glover. E junto com o tema, esse é o grande chamativo do filme.

Agora que a introdução está feita, vamos diretamente ao que interessa: O filme é engraçado. Talvez menos do que um fanático por comédias pudesse esperar, mas ainda sim o filme tem um outro apoio que não as piadas: A nostalgia. Todas aquelas roupas, “novidades”, músicas e jargões que foram famosos no final dos anos 80 (Eles voltam para 1986, afinal) estão lá. E não de uma maneira jogada – eles contribuem e criam um universo único para o filme. E em uma época de American Pie 7, voltar as origens e relembrar o tempo de Clube dos Cafajestes e Porky’s acaba sendo algo totalmente válido.

 Na época da Uiara as pessoas se vestiam assim…

A história, com um mote non sense (Energético + hidromassagem = máquina do tempo), consegue cativar (Mesmo que se utilizando de alguns clichês), os personagens são carismáticos, o filme é divertido (Com alguns momentos hilários), os personagens carismáticos e a recriação da época vai fazer que mesmo um pessoal mais velho (Que não é atingido por “comédias adolescentes”) saia com um sorriso nostálgico no rosto. Não se enganem, todos os elementos das comédias adolescentes “não paródias” estão lá, mas arrumados de uma maneira diferente, de forma a dar um certo ar de “algo a mais” a obra.

A Ressaca

Hot Tube Time Machine (101 minutos – Comédia)
Lançamento: EUA, 2010
Direção: Steve Pink
Roteiro: Josh Herald, Sean Anders e John Morris
Elenco: John Cusack, Clark Dude, Craig Robbinson, Rob Corddry e Chevy Chase

Leia mais em: , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Uiara

    Va te faire foutre, pirralho.

  • Lionheart

    ahaihiahiahiahahiaia
    melhor comentário ever!

  • Guilherme Calciolari

    A Ressaca vira Se Beber Não Case.

    Máquina do Tempo na Banheira vira A Ressaca.

    Bleh.

busca

confira

quem?

baconfrito