Um Filme Sérvio – Terror Sem Limites (Srpski Film)

Cinema segunda-feira, 19 de março de 2012

Dirigido, produzido e escrito pelo estreante Srdjan Spasojevic, Um Filme Sérvio conta a história de Milos, um ex-ator pornô que está longe do negócio e vive com sua esposa e filho. A situação não é tão fácil com a crise econômica e, portanto, aceita a oferta de um antigo colega da indústria e uma estrela de cinema e XXX. Lá você vai descobrir que as intenções do diretor de ir além do simples ato erótico.

Sim, eu sei que estou atrasado, que todo mundo já falou um monte sobre esse filme, e que dentro de algum tempo, algum outro do tipo vai surgir e trazer à tona as mesmas discussões, temas e debates, mas já que vocês gostam tanto dos meus textos, e do Bacon, farei o post para vosso deleite.

Então, a história é essa: Milos (Srdjan Todorovic) é um ex-ator pornô, que tá sem dinheiro, bufunfa, grana, para sustentar sua mulher e filho, Marija e Petar (Jelena Gavrilovic e o nome do garoto não achei… Quem disse que esse filme não preza pela inocência infantil?) e eis que num belo dia, uma antiga colega de profissão, chamada Lejla (Katarina Zutic) oferece um emprego à ele… Seguinte: Os nomes são com a grafia “original” e bem, eu não falo sérvio. Já que está na merda, Milos aceita, e conhece o diretor do filme, Vukmir (Sergej Trifunovic), que basicamente lhe pagará bem pra caralho (Hein? Hein??), mas com a condição de ele não saber nada sobre o “””””roteiro””””” do filme. Ele aceita, começa a filmar o troço, achando tudo muito estranho, e daí para frente o filme descamba para aquele monte de coisas que todos sabemos mas que não posso por fotos aqui.

 Então amor, vou alí comer umas crianças piranhas.

Como só tem onanista e maluco na internet, tenho certeza que todos você já sabem o que rola no resto do filme, mas que pode ser resumido em “um cara da pesada aprontando altas aventuras com uma turminha do barulho”. A base principal do filme é a boa e velha temática snuff, aliada com o sadomasoquismo, e é a partir destas duas que as demais demonstrações de carinho e afeto se desenvolvem. O filme, mesmo classificado oficialmente como “terror”, passa longe disso, e como a grande maioria dele trata daquelas coisas não posso falar muito… Vocês já sabem o que acontece, mas para quem não sabe, é mais… Divertido descobrir por conta própria.

Assim, o filme trata de coisas cruéis, imorais e tudo mais, mas até que é bem comportado: Tratando unicamente das partes de sexo, parece um tanto quanto os filmes que passava na Band, sem mostrar nada… Só peitos… Com raras exceções, não há nada explícito. De certa forma, o filme é bem feito, tem uma boa qualidade de imagem e som, bem como as partes mais violentas tem uma qualidade, em relação à efeitos especiais, de fazer inveja para muito filme gringo. Fazendo uma análise geral, o filme se sai bem, não tem uma grande direção nem uma grande história, mas os atores mandam bem (Heh), nada incrivelmente espetacular, mas vale dizer que fizeram um trabalho muito bom, tanto os principais quanto os secundários.

 Cê comia que eu sei.

É quase que obrigatório falar acerca das questões legais e morais desse filme. Seguinte, é realmente um absurdo o filme ser proibido em tantos lugares, afinal, é graças à esse moralismo desgraçado que se criou a irritante onda do “politicamente correto”, que por sua vez criou a outra merda que é o “politicamente incorreto”. Censura é errado, simples assim. Claro, deve haver uma faixa etária mínima, bem como não passar na TV aberta e coisas do tipo, mas proibir de todo e qualquer modo é um exagero, e como todos sabemos, o que é proibido é mais legal… Sempre fico pensando nisso nas raras vezes que vejo alguma matéria acerca de novos tipos de golpes, crimes e tals: Porra, passar essa merda na TV é só dar uma ideia nova pra bandido que ainda não as conhecia, e como tem louco pra tudo, é questão de tempo que um maníaco assista filmes do tipo, graças à esse “marketing” todo, e resolva copiar.

Já em relação ao conteúdo, a coisa se baseia em um único fator: Se você tem ou não internet. Como todos sabemos, internet não é para gente fraca, principalmente se você conhece o Japão, mas graças à popularização da WWW, fodeu o esquema de quem já manjava das putarias e virou essa zona (Sim, foi de propósito). O filme é extremamente chocante se você nunca viu nada do tipo, ou seja, se você pensava que Sexta-Feira 13 era o auge da violência, mas caso contrário, A Serbian Film é bem… Fraco. Não há nada alí que já não seja conhecido (Há muito tempo) por malucos e idiotas feito eu. Como eu disse, não é um filme de terror, não é um filme gore, não é um filme pornô… É só uma junção de várias coisas nojentas de se ver, que só dão assunto para ignorantes, moralistas e donas de casa. É um filme bem feito, mas passa longe de ser tão terrível quanto a galera pintou.

 Vai soar muito errado mas… Várias gostosas nesse filme.

Enfim, A Serbian Film é só mais um daqueles filmes que prometem trazer algo novo, nojento e incrivelmente violento, mas que na real não fazem nada… 2011 foi a vez de Serbian Film, do mesmo modo que Centopéia Humana teve sua chance (E também falhou). O filme vale ser visto pela qualidade e pelas atuações, mas só se você gosta já está acostumado com violência, sexo, pedofilia, estupro… Ou seja, se você for carioca pode assistir sem medo. Acredite, tudo que você ouviu a respeito desse filme provavelmente estará errado, já que no mundo todo a galera prefere afogar uma obra de ficção com a hipocrisia ao invés de por um fim nas coisas que acontecem de verdade. De resto, é apenas um filme legalzinho, daqueles pra esquecer no DVD e dar play durante a festa de aniversário da sua tia.

Um Filme Sérvio – Terror Sem Limites

Srpski Film (104 minutos – Terror)
Lançamento: Sérvia, 2010
Direção: Srdjan Spasojevic
Roteiro: Aleksandar Radivojevic e Srdjan Spasojevic
Elenco: Srdjan Todorovic, Sergej Trifunovic, Jelena Gavrilovic, Katarina Zutic, Slobodan Bestic e Ana Sakic

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Deh Fig

    “é apenas um filme legalzinho, daqueles pra esquecer no DVD e dar play durante a festa de aniversário da sua tia.”  certeza

  • Loney

     euheuhe =X

busca

confira

quem?

baconfrito