Top Gang – Ases Muito Loucos (Hot Shots!)

Bogart é TANGA! domingo, 07 de novembro de 2010

Lembra daqueles filmes que passam na Globo desde que você começou a entender o que é uma televisão? Esse é um deles. Já perdi a conta de quantas vezes eu vi Top Gang. Aliás, acho que nem a própria Globo deve saber quantas vezes passou isso. Você já assistiu, e eu também, mas vamos lá, direto do túnel do tempo.

Top Gang começa com um piloto chamado Leland “Buzz” Harley perdendo controle do seu avião e ejetando, deixando seu co-piloto, Dominic “Mailman” Farnum, pra cair sozinho. Mailman sobrevive, mas é confundido com um veado e é morto por um caçador. Na verdade, a cena era um sonho de Topper Harley sobre o ocorrido. Topper também é piloto da Marinha, mas saiu da corporação pra viver com índios. O Tentente-Comandante Block quer que ele volte à ativa. Esse é o dilema inicial.

Topper não fez nada errado. Pelo contrário, era um exímio piloto. Só saiu da Marinha porquê não aguentou a pressão de viver sempre na sombra de seu pai e do legado deixado por ele. Mas agora, os EUA precisam destruir algumas instalações no Iraque, e só tem um homem pro serviço, advinhem quem? Pois é. O problema é que além da porcaria da missão ser complicada, Topper ainda tem que lidar com um piloto rival, que o odeia porquê seu pai foi vencido pelo pai dele, e agora teme ter o mesmo destino.

No meio dessa porra toda, ainda tem uma firma aeroespacial tentando sabotar a missão, para que os aviões da Marinha fiquem mal vistos e sejam substituídos por novos, vendidos por eles, claro.

 Topper Harley

Olha, lendo o que eu escrevi até agora, o filme parece uma merda, com um arremedo de roteiro. Seria, se fosse pra ser sério, mas a história é só uma desculpa pra parodiar o que aparecer. Aliás, alguns filmes são satirizados, como Dança Com Lobos, Nove Semanas e Meia de Amor e O Vento Levou.

Outro recurso bem utilizado em Top Gang, assim como na sua continuação, Top Gang – Parte Dois, ou em outros filmes que seguem a mesma linha, por exemplo Corra Que a Polícia Vem Aí, são as cenas absurdas. Uma amostra clássica é no segundo filme de Top Gang, quando Topper fica inesperadamente sem balas no meio de um tiroteio, e aí ele pega uma mão cheia de balas soltas e joga nos inimigos, matando eles todos. Também há cenas em que um diálogo se passa em primeiro plano, enquanto algo engraçado acontece lá no fundo da imagem. São recursos simples até, mas putz, fica engraçado.

Eu realmente acho que a fórmula dessas comédias que foram feitas nos anos 80 e 90 se perdeu. Falo dos filmes com o Charlie Sheen e principalmente, com o Leslie Nielsen. O cara era o rei desse tipo de filme. Fico puto de ver coisas como American Pie (Todos, sei lá quantos são) e Não é Mais um Besteirol Americano, sendo o primeiro uma franquia de filmes ridículos e o sengundo uma tentativa de parodiar a velha instituição do besteirol americano (!), mas cheia de piadas toscas que beiram o grotesco.

 Leslie Nielsen, rei da comédia-absurdo

Em algum ponto na última década, alguém achou que humor é fazer piadas com gordas, adolescentes e colegiais americanos perdedores. Que colocar o maior número de piadas sexuais também ia dar certo. Os fimes do gênero de Top Gang não eram assim. Faziam referências (Boas, diga-se) a política, filmes clássicos, ao dia-a-dia, enfim. Tem que ser mais ou menos esperto pra entender todas as referências, não está tudo lá, na cara, e nem em um humor baixo, chulo, que caracteriza o humor da nossa época.

O papel de Topper Harley é do Charlie Sheen, que hoje está no seriado Two and a Half Men. O ator Jon Cryer, que também está em Top Gang, faz o irmão de Charlie no seriado. Só uma curiosidade, enfim.

Hã, bem. Assistam aí porra. E eu estou falando sério. Se não estivesse, diria “Um cavalo entrou num bar e pediu uma cerveja, daí o garçom perguntou – porquê a cara comprida?” (Quem assistiu Top Gang 2 vai entender). Se já tiverem assistido, vejam de novo. E vejam Two And a Half Men também. Ah, e vejam o trailer original:

Top Gang – Ases Muito Loucos

Hot Shots! (83 minutos – Comédia)
Lançamento: 1991
Direção: Jim Abrahams
Roteiro: Jim Abrahams, Pat Proft
Elenco: Charlie Sheen, Cary Elwes, Valeria Golino, Lloyd Bridges, Kevin Dunn, Jon Cryer

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Humm, me deu vontade agora de rever “Apertem os sintos o piloto sumiu” (o primeiro desse estilo nonsence) e “Top Secret”(com Val Kilmer, onde ele interpreta um espião americano que vai a alemanha nazista disfarçado de cantor de rock…)
    Adooro esse tipo de humor sutil, sarcastico, que se vale de gags como imagens ou pantominas. Esse é o humor real do cinema. Desde Chaplin, passando pelos irmãos Marx, Buster Keaton e chegando ao auge com a trupe do Monty Python. Esse é o tipo de humor em que num cinema inteiramente lotado, só vc gargalha duma piada…

  • Como assim, falar de Top Gang sem falar do chihuahua? (ou pincher, sei lá)

  • Arcannes

    LoL !

    É uma pena que tenhamos que nos apoiar no passado, aprecio muito a evolução, a criação e o desenvolvimento das coisas em geral, e todos adoramos as comédias, filmes de pancadaria, ação e suspense das décadas de 80 e 90, o que os caras fizeram foi abrir portas, e que infelizmente nenhum imbecíl conseguiu passar até agora, mas foi ótimo dar risada e lembrar de coisas legais mesmo assim .

  • Jão

    esse é o filme

  • Aliás, eu esqueci de mencionar no texto, Top Gang faturou uns 180 milhões de dólares na época de exibição. Não é só um filme capenga que passa na Globo, eu o considero importante no seu gênero, que é um tipo de comédia que realmente parece extinta.

  • Alan

    Cara, Charlie Sheen não está mais no seriado Two and a Half Man (não sei é porque sou tipo Sheldon Cooper e não compreendo sarcasmo, mas acho que realmente você colocou no texto porque esqueceu dessa atualização), então nem é bom recomendar mais a série, mas esse filme é fantástico, nunca esqueço a cena dele fritando bacon na barriga da mulher (como diria o Máscara: smoking!)
    http://www.youtube.com/watch?v=8oTbih9goco

  • Só pra constar, cara: O texto é de 2010.

busca

confira

quem?

baconfrito