Sobre séries de livros

Livros terça-feira, 12 de abril de 2011

Sério, nenhum de vocês vai ter tanto sucesso quanto O Senhor dos Anéis ou Harry Potter. Aliás, nenhum de vocês deveriam ser comparados à ambos, porque são cópias esdrúxulas e descadaras de ambos. E para ficar mais claro ainda, ninguém tem saco para romances melosos… Só meninas de 12 anos, mas elas não tem dinheiro para comprar seus livros.

Séries de livros não são coisas atuais, afinal, temos SdA, HP, As Brumas de Avalon e Duna, só para citar exemplos. De uns tempos para cá (Lê-se “depois que Crepúsculo surgiu para foder com nossas vidas”) nego acha que escrever livro é como fazer cosplay: Qualquer merda serve. É realmente surpreendente ver a quandidade de séries atualmente… E porra, cê tem MESMO que fazer capas pretas com objetos coloridos? Falta de dinheiro pra contratar ilustrador é foda.

 Eu sei que Split é uma série de TV, mas porra, é uma série de TV de ISRAEL!!!

Eis que entro no Submarino e este me informa algumas das séries de livros: The House of Night, Diários do Vampiro, Dragões de Éter, Filho do Fogo, Trilogia da Fraternidade, Trilogia do Coração, Gossip Girl, Os Imortais, Crônicas das Trevas Antigas, Beijada por um Anjo, Mediadora, Aprendiz de Mago, It Girl e As Crônicas de Artur. Caralho, é tão difícil assim escolher um tema de livro? Porra, só tem fofocas, caras “excêntricos, lindos e ricos” e magia nessas porcarias.

Aliás, qual a grande questão com vampiros? Tá certo que Crepúsculo fez sucesso e deu dinheiro, mas porra, até um professor velho fode com um vampiro (Claro que era o professor velho mais foda do mundo, mas também era o vampiro mais foda do mundo)! E lobisomens? É tão difícil entender que lobisomens são a mistura de lobos com seres humanos? Sério mesmo, tô cansado de ver huskys olhando pra mim nos filmes.

E esse tal de Crônicas das Trevas Antigas e As Crônicas de Artur? Pra início de conversa, “Artur” sem “h” é escroto pra caralho, e depois, acho que C.S. Lewis teria algo a dizer sobre o assunto. Aliás, taí outra série de livros que é foda: As Crônicas de Nárnia. Esqueça o que viu nos cinemas, os livros não tem aquele clima “filme para criançinhas com animais falantes” e definitivamente a Susana é mais bonita.

Tenho exemplares de duas séries de livros que seguem esses novos rumos anti-direitos autorais: A Trilogia de Herança e A Mão Esquerda de Deus. A Trilogia da Herança é do Christopher Paolini e deve ganhar o quarto livro em breve, e A Mão Esquerda de Deus é do Paul Hoffman e ainda está no primeiro livro, sem informações sobre a continuação. A TH é o clichê dos clássicos medievais e MED é o clichê da igreja ruim. A história de ambos (E provavelmente de todas essas novas séries) gira em torno do gigantesco clichê “merdão que vira o foda”, seguido de perto por “ele matou meus pais!”, “a Glen fez O QUE?!”, “um DRAGÃO véio!!!!” e o já mencionado “caras excêntricos, lindos e ricos”.

 Pensando bem…

Torço, sinceramente, que essa onda de séries termine rápido, afinal, histórias bem desenvolvidas só são legais quando os motivos para elas existirem são decentes (Lê-se “fazer um livro de 2500 páginas é físicamente difícil e minha criação não é uma merda aproveitadora”). Tenho acompanhado muito pouco sobre o lançamento de livros (Uma vergonha, eu sei), mas não fiquei sabendo de nenhuma série realmente boa nos últimos anos… Se souberem, coloquem aí nos comentários.

Assim que terminar a Herança, faço a resenha aqui… Comprei os 3 primeiros, ficar sem o final é foda. E se você gosta de alguma das séries que eu xinguei aqui, favor colocar seu nome completo e endereço nos comentários, quero fazer uma lista de quem devo matar até 2012. De um jeito ou de outro, todos sabemos qual a melhor série já criada… Boa leitura para todos vocês!

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Ícaro

    porra, true blood é foda, tem sexo, sangue, violência e os carai, e os lobisomens… ok, eles viram lobos, não criaturas misturadas, mas PORRA, ELES ENCHEM A CARA DE SANGUE DE VAMPIRO E MARCAM MULHERES A FOGO

    e também tem as fadas, que são… fadas

  • ivo

    Pô… gostei das crônicas de Artur. (spoiler) Um livro em que a namorada do mocinho é estuprada e perde um olho logo nas primeiras 20 páginas não pode ser ruim.
    E gostei do Crônicas saxônicas (ainda não terminado, está no 5o livro) do mesmo autor.

  • Toninho do Diabo

    Só porcaria. Esses livros não nascem espontaneamente da vontade de um autor, e não surgem unicamente do seu imaginário. São encomendas feitas a um rol de escritores com um proposito já definido: FAZER DINHEIRO apenas.

    Dessas promoçoes que o submarino tem feito a uns meses, algumas valem a pena e eu já garanti as minhas: coleção dos SDA por 29 reais, a coleção de quadrinhos do Joe Sacco por 29 reais, coleção Clic do Milo Manara por 39 reais, 5 quadrinhos do Crumb por 29 reais, Maus do Spielgeman por 29 reais!

    Economizei uns 500 paus nessa promoçoes!

    Quanto ao resto, são essas porcarias que você citou ai.

  • bundinha

    A Mediadora é uma série bem mais antiga e divertida que Crepúsculo e afins…

  • A criatividade praticamente não existe mais.
    O mundo é feito de cópias.

    Agora… quanto ao Ciclo da Herança…
    No começo era só Star Wars no universo de Tolkien + dragões… mas depois a história realmente se desenvolveu absurdamente, principalmente no terceiro livro.
    Me chamem de fanboy se quiserem, não vou negar.

  • Daniel

    Alguém tem alguma coisa pra dizer sobre “A Guerra dos Tronos”?

    Tão fazendo bastante propaganda sobre o seriado, e fiquei na vontade de comprar os livros, mas com essa avalanche de livros e mangás ruins, tenho medo de jogar dinheiro fora.

  • André Degaut

    As Crônicas de Artur são anteriores a essa palhaçada de trilogia pra lá, trilogia pra cá que virou moda. O autor (Bernard Corwenll) pega uma lenda e conta a história do jeito que ele acha mais interessante, com muitas informações verídicas, como localizações e tudo mais. Da mesma forma, ele conta a história do Duque de Wellingtown e as guerras napoleónicas na série Sharp… Pra quem gosta de Romance Histórico, é o melhor autor da atualidade…

  • Victor

    Só pra falar que a trilogia “As Crônicas de Artur”, mesmo sem “h”, é MUITO foda.
    Não tem magia, romancezinho e afins. E só as cenas de guerra escritas por Bernard Cornwell já fazem valer a série.

  • Arthur

    Do Bernard Cornwell eu só li a trilogia do Santo Graal e gostei. Até peguei o Rei do Inverno pra ler mas to saturado de leitura da faculdade até o talo.

    De resto eu não conheço quase nada que foi dito ai, tirando os clássicos, pq deve ser tudo uma merda mesmo. Mas Crepúsculo é bom pra caramba, pra acender churrasqueira…

    Bricadeira, por pior que seja um livro ele não merece ser queimado, sacanagem com as árvores…

    Ah! E outra coisa HP fede tb…

  • Ricardo

    As Crônicas de Gelo e Fogo. A Guerra dos Tronos é o primeiro livro da série e é excelente, o livro tem quase 600 páginas (em fonte pequena) e a história é muito bem desenvolvida. O primeiro livro tem uma trama bem política e uma narrativa meio lenta, mas que não deixa o livro massante por ser rica em detalhes e fiel às personagens. Ainda não sei como a série continua (já adquiri o segundo livro mas não comecei a ler ainda) mas pelo que li antes de começar a série os livros seguintes são excelentes também.
    Para quem quer começar a ler a série, é importante saber que apenas os dois primeiros volumes foram publicados no Brasil e que a série ainda não terminou lá fora, segundo o autor, irá até o 7º livro (recentemente foi lançado o 5º).

  • Climber

    Bem…já disseram o qto vc foi equivocado em falar mal de Cronicas de Artur (Arthur é anglosaxonismo, igual James -> Tiago).

    Uma trilogia q passou batido é do “Guia do mochileiro das galáxias”. Porra…5 livros de 90 páginas! P q não faz tudo junto? Sacanagem…

    E a vantagem das trilogias é q vc compra o primeiro livro e lê. Se gostou, compra os outros. Eu me arrependi de comprar os tres livros de “Alexandros”. Só o primeiro é legal, os outros são uma bosta (ainda mais o terceiro). Esse sim é caça-niqueis…félas…(tinha q ser italiano)

    E vampiro é uma bosta…ô coisa q NÃO mete medo (q é o objetivo do terror). Até o ET de varginha dá mais medo.

  • Climber

    E se quiser “nome completo e endereço” por gostar de Bernard Cornwell manda um e-mail pedindo q eu te respondo, e venha aqui q eu arranco os teus dedos e beberei o teu sangue no seu crânio. Teu destino será inexorável, seu desgraçado pútrido comedor de bosta. (SE vc leu algum livro dele, DEVE ter entendido o sentido da coisa)

  • @Ícaro

    A Inquisição também teve sexo, sangue e violência, e qualquer livro sobre ela é muito mais foda que True Blood.

    @Toninho do Diabo e @reyterry

    Se ainda fossem cópias bem feitas… e realmente, as promoções do Submarino ajudam pra caralho. Quanto à Herança, é bem desenvolvido, mas tem muita farofada, é esperar que o último livro concerte isso.

    @Daniel

    Livro NENHUM que saia quase junto com série pra TV é bom.

    @Todo mundo que falou de Crônicas de Artur

    Pelo que vocês tão falando aí, o Bernard Corwenll curte essa coisa medieval e tals, principalmente de coisas relacionadas com o Reino Unido. Sei lá, sou meio chato quando se trata de histórias reais e tals, prefiro as versões originais.

    @Climber

    Finalmente alguém falou do Guia o/
    E vampiros de verdade são fodas pra caralho, vide Bram Stoker.
    E não, não entendi a citação.

  • M.O.

    Loney,faz um post com as suas indicações cara,tirando as saturadas como SdA e HP.

  • @M.O.

    Em breve faço =)

  • André Degaut

    Volto a falar porque sou chato e fã do Bernard. O elemento em si fala da História de inglaterra e vizinhos, utilizando-se de um tema x pra falar de outro completamente diferente. Explicando: em a busca do Graal, Há toda uma mística da procura da lança que São Jorge usou pra matar o dragão, apenas pra dar uma aula de história sobre a guerra dos 100 anos entre França e Inglaterra. Quem acredita em nobreza boazinha, vai tomar um banho de água fria quando ler qualquer livro dele. Se há políticos piores que os brasileiros? Leia qualquer livro dele e verá que os nossos são até bonzinhos…
    E seria estranho se ele resolvesse falar sobre história do Brasil….

  • ivo

    Sério, já li um bocado de séries.

    Desde as mais famosas: Potter, crepusculo (que é uma bosta, livrinho de mulher adolescente) e senhor dos anéis (mais o hobbit, silmarilion, contos inacabados, os filhos de Hurim).

    Até as menos badaladas: Xogum, Musashi, os do André Vianco, brumas de avalon, A torre negra, Operação cavalo de tróia, etc…

    E com certeza os do Bernard Cornwell são os mais fodas (Crônicas de Artur e Crônicas Saxônicas), seguido de perto pelo SdA e pelo Shogum.

    Mas opinião é que nem bunda, cada um tem a sua e (normalmente) ninguem se mete na do outro.

  • Lionheart

    Gosto mto da Trilogia da Herança (engraçado usar o terminologia Trilogia, posto que serão 4 livros O.o).

    A história eh interessante, envolvente, mas ele peca em alguns momentos, deixa algumas pontas em aberto, algumas dúvidas não sanadas, mas … n vou deixar de comprar o 4 livro.

    Outra história interessante, estilo HP, eh Percy Jackson. Não se iludam com o filme q eh uma porcaria completa, os livros (li os 2 primeiros) são ate legaizinhos.

  • @André Degaut

    Se você precisou de um livro pra aprender isso, você realmente não devia estar aqui cara…

    @Lionheart

    Cara, Percy Jackson é uma difamação de merda. Sem mais.

  • André Degaut

    @Loney
    MeoDeos!Típica resposta de quem acha que o c* é o centro do universo, e que sua opinião é a única que vale. Meu comentário sobre a nobreza podre é para ser lida em comparação com os grande clássicos que você citou, tipo HP, que é uma mistura de tudo que já foi escrito sobre fantasia, o mito do herói e os ritos de passagem. Faz o seguinte, quando você quiser discutir com argumentos, ao invés de usar a ignorância, me avise.

  • @André Degaut

    Prove-me que o cu não é o centro do universo e discutiremos =)

  • André Degaut

    essa foi boa :-D

  • J.P.

    Cê chegou a ler sobre o que são as Crônicas das Trevas Antigas? Nào direi por pura preguiça, mas são bem legais.

  • As crônicas de gelo e fogo é uma série apaixonante. De verdade.

    HP é lindo e ninguém tira isso da minha cabeça.

    Dragões de éter é incrivelmente… CHATO. PQP de livro enrolão. Li um capítulo ou dois e me arrependi dos 30 contos que eu gastei nele. Maldito.

    E, enfim, Percy jackson. Cara, é livro pra quem tá lendo um livro pela primeira vez. É infantil, repetitivo, clichê, pereré-pão-duro, mas é bom pra CRIANÇAS que ainda não tão na idade pra Harry Potter.

    Até mais, obrigada pelos peixes.

  • Gabriel Cristian

    Realmente, o ciclo da herança tem muita farofada, mas ainda assim considero uma boa história, não deixarei de ler o quarto e ultimo livro (espero que seja o ultimo…)

  • @André Degaut

    ;D

    @J.P.

    Não mesmo… aliás, a maioria que tá aí eu não eu li =X

    @Aline

    O problema é que temos crianças de 30 anos que compram =/

    @Gabriel Cristian

    É o jeito, não comprei os 3 primeiros para ficar sem saber o final.

  • Philipe

    Concordo com quase tudo,menos em relação a As Crônicas de Artur(que no original é The Warlord Chronicles),é uma trilogia muito boa e o primeiro volume é de 1995,então não se encaixa nesse amontoado de merda que vem surgindo nos últimos tempos.

  • Sandy

    Só digo duas coisas:

    Artemis Fowl

    Fronteiras do Universo

  • Daniel

    Um livro que tem seus defeitos, mas que ainda assim me agradou muito foi “O Nome do Vento”, de Patrick Rothfuss. De qualquer forma, eu paguei apenas R$10,00 por ele.

  • @Sandy

    Já li um dos livros do Artemis Fowl (creio ser o primeiro) e achei chato, tanto que já debati um pouco sobre ele com a Bruna…

    @Daniel

    o/

  • Daniel

    “@Daniel
    Livro NENHUM que saia quase junto com série pra TV é bom.”

    @Loney

    Game of Thrones foi publicado pela primeira vez em 1996.

busca

confira

quem?

baconfrito