Se Beber, Não Case (The Hangover)

Cinema quinta-feira, 20 de agosto de 2009

 Doug vai com três amigos para Las Vegas, dois dias antes de seu casamento, para passar uma noite inesquecível. Mas quando os três padrinhos de casamento acordam no dia seguinte, explodindo de dor de cabeça, não conseguem se lembrar de nada. O luxuoso quarto de hotel está um caos e o noivo simplesmente desapareceu.

Sem a menor ideia do que pode ter acontecido e correndo contra o tempo, o trio precisa refazer os passos da noite anterior até descobrir quando as coisas começaram a desandar e, de preferência, levar Doug de volta a Los Angeles a tempo para o casamento. O problema é que, quanto mais eles descobrem, mais percebem o quanto estão encrencados.

Antes de mais nada: Quando essa resenha foi feita, o filme estava em 192º lugar no top 250 do IMDB. Como? Eu não sei, já que pra mim aparenta ser uma comédia-padrão hollywoodiana. Mas enfim, o povo do IMDB usa dorgas. Um Sonho de Liberdade tá em primeiro nesse top. Bom, voltando ao filme que interessa agora: Se Beber, Não Case é uma típica comédia americana, já que mostra a história de um grupo de homens que vai fazer a despedida de solteiro em Las Vegas. Qual cueca ae que nunca sonhou com isso?

 Prostitutas e jogatina!

Alan, o noivo, leva seus dois melhores amigos, Stu e Doug, além de seu cunhado Phil, pra passar a noite numa farrinha modesta. O problema é: Essa não foi uma farra qualquer. Não senhor, foi a SENHORA PUTARIA. Tanto que os caras não lembram de merda nenhuma. Eles tavam mais loucos que o Batman. E ai que tá o grande problema: Os três distintos senhores acordam, na suíte do hotel, sem o noivo. E não fazem IDEIA de onde o puto tá. Pra falar a verdade, eles não fazem ideia nem do que eles fizeram na noite passada.

 E o Mike Tyson ainda te dá uma surra.

Sem saber o que fazer, o que fizeram ou mesmo quem botou um tigre no banheiro, eles tentam refazer os passos da noite anterior. E o pior: Eles conseguem. A custa de alguns subornos, muito sofrimento e serviço voluntário. Claro que você, que também não faz ideia do que aconteceu, vai se surpreendendo tanto quanto [Ou até mais que] os caras, com as merdas que eles fizeram em apenas uma noite em Las Vegas.

 “Gimme my money, mothafuckaaaaAAAAAAAAAAAAAAA!”

Claro que eu não podia deixar passar a participação do china bizarro, Sr. Chow. O cara não faz mais do que umas participações especiais, mas mesmo assim me fez ficar com a barriga doendo de tanta risada. Sem brincadeira, é o tipo de piada racista e/ou preconceituosa que me faz rir muito. Ou não, já que o japa é hetero, segundo ele mesmo.

Mas o filme vale a pena. Não que seja a melhor maravilha do mundo, mas é melhor que ir ver Paulo Coelho versão cinema.

Se Beber, Não Case

The Hangover (100 minutos – Comédia)
Lançamento: Alemanha, EUA, 2009
Direção: Todd Phillips
Roteiro: Jon Lucas e Scott Moore
Elenco: Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis, Justin Bartha, Heather Graham, Sasha Barrese, Jeffrey Tambor, Ken Jeong, Rachael Harris, Mike Tyson

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito