Recomendo: A Ilha do Tesouro (R. L. Stevenson)

Analfabetismo Funcional terça-feira, 27 de julho de 2010

Como diriam os jogadores filósofos: “Clássico é clássico e vice-versa”. O que quero dizer é que os livros ditos clássicos, em geral, merecem tal qualificação. Repito: Em geral. Por isso, nunca é demais recomendar a leitura e re-leitura dos clássicos que sobrevivem a décadas e séculos sem sair das prateleiras e das listas das grandes obras da literatura.

Então, chegou a hora de recomendar um clássico: A Ilha do Tesouro (Publicado originalmente em 1883), de Robert Louis Stevenson, o mesmo que escreveu O Médico e o Monstro. A palavra que melhor define esse livro é aventura. Pois então, trata-se de uma aventura completa, com direito a vilões, mocinhos, reviravoltas, viagens, tesouros, sangue, mortes e lutas. Além de se entreter com a intensa aventura o leitor mergulha no mundo da navegação e da pirataria e suas curiosidades.

 A temida Jolly Roger

A história começa na estalagem da família do protagonista, Jim Hawkins, um jovem esperto e sortudo. Lá se aloja por alguns meses um velho pirata, cheio de marra e modos estranhos, e com um baú que guarda um mapa com a marcação do local em que está um grande tesouro, numa desconhecida e deserta ilha. Após um série de acontecimentos, Jim se vê numa expedição rumo à tal ilha, rodeado por alguns amigos, além de estranhos marinheiros e velhos piratas (Com direito a papagaio falante no ombro e perna de pau) disfarçados que pretendem tomar para si o tesouro.

Quem quiser se distrair com uma aventura de narração agradável e suave, este clássico é uma excelente opção. Além disso, também é uma boa opção de presente para todas idades e gostos. O mesmo pode-se dizer em relação ao caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde em O Médico e o Monstro. Diversão e entretenimento garantidos. Boa Leitura!

A Ilha do Tesouro (R. L. Stevenson)


Treasure Island
Ano de Edição: 2010
Autor: Robert Louis Stevenson
Número de Páginas: 250
Editora: L&PM

Leia mais em: , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Muito bom o livro, recomendo também.

  • Eu, como bom pirata, tenho esse entre os meus, inclusive a mesma edição dessa imagem!

busca

confira

quem?

baconfrito