Proibido para maiores de 1995

Cinema segunda-feira, 17 de março de 2014

BooOOOOOOOoooooOOooom diiiiiiiiiiaaaa gente bonita! Como vãos os senhoritos e senhoritas? Aproveitando que fiquei sem internet nesses últimos dias, aproveitei para rever alguns dos clássicos da Disney. Sim, eu tenho 12 anos e sou a Aline. E poxa que coxa, façamos um post sobre como antigamente as coisas eram muito mais legais.


Além de A Pequena Sereia, entram na lista também O Cão e a Raposa, Robin Hood, Tarzan, Tigrão, O Filme (Sim, o do Ursinho Puff), Mulan e, claro, O Rei Leão… E sim, todos já sabemos que é triste o Mufasa morrer, mas já faz quase 20 anos, superem isso. A questão é que reassisti a coisa toda, lembrei de uns trechos que já tinha esquecido, dei risada das mesmas coisas que ria há anos e me dei conta de como era um troço muito menos… Mercenários.

Claro que eu não penso que tudo era muito legal, bonito, heroico e inocente em plena década de 40 60 70 90, mas era uma abordagem diferente. A Disney vinha fazendo filmes desde o final da década de 30, com Branca de Neve, com um máximo de quatro anos entre eles, e bem, vocês sabem como é a Disney: Histórias bonitinhas e com finais felizes, várias e várias músicas, piadas inocentes e mensagens subliminares uma “moral da história”.

 Ou quase.

Se é pra botar um nome só na fogueira, este nome é Bob Iger. O atual presidente, chefe executivo, presidente administrativo e diretor de operações da porra toda é, basicamente, o culpado por tudo que a Disney é e o que deixou de ser. Esse cara comprou Os Muppets, a Marvel e Star Wars. Esse cara praticamente matou todos os NOVE estúdios de animação, animação em 3D, estúdios de música e teatro. E foi esse cara que permitiu que acabassem com Zapping Zone pra criarem o ainda mais estúpido, burro e insuportável The U-Mix Show. Ele não foi diretamente responsável pelo fim da Fox Kids, mas já tava no barco, e a merda do Disney XD é coisa dele.

Caso não esteja claro, vou explicar num parágrafo à parte: A Disney não faz mais o que faz de melhor – animações clássicas – por decisão dele. Pelo contrário, temos várias e várias animações em 3D cada vez mais genéricas, tanto por parte da Disney quanto pela Pixar, feitas pra ganhar prêmios e lotar redes sociais com gifs. Sim, é isso mesmo, cês deviam prestar mais atenção na DreamWorks… Mesmo tendo de tolerar mais TRÊS Kung Fu Panda.

 Relaxaram? Tão mais tranquilos agora? Então continuemos.

E esse é o grande ponto: A desistência das animações por parte da empresa que praticamente fundou a porra toda. Não teria problema se o trabalho atual estivesse à altura, mas não está. Detona Ralph é legal, mas não te diverte que nem o Capitão Gancho ou o Iago de Alladin (O papagaio, seu burro). Frozen virou uma febre foda mas é muito melhor assistir O Corcunda de Notre Dame ou Avatar Pocahontas. Me diz o que a Disney fez nos últimos anos que se compara à Hércules. O Galinho Chicken Little? Bolt? Dou um tiro na minha própria cara se alguém disser Enrolados.

 Ou vocês acham que este é o melhor desenho dos últimos anos à toa?

Há de se admitir que as últimas animações tradicionais também não foram tão bem. Planeta do Tesouro é bem meia boca (Mas o jogo de PS1 é maneiro), Irmão Urso é legal mas ninguém liga muito e A Princesa e o Sapo é um bom exemplo de um filme subestimado porém ainda assim subaproveitado. Porra, Nova Orleans, jazz, macumba… Porra, foda-se que a piranha é suja negra, aproveita a chance e faz um troço foda. E aposto que cê nem sabia que saiu O Ursinho Pooh (Essa mania de merda de mudar o nome dos personagens), um filme finalmente reunindo os três livros clássicos. Aí eu reclamo dessas merdas e é porque eu sou racista velho.

E vou confessar aos senhores: Este post devia ser completamente diferente. Saca quando cê acha que gostou de alguma coisa, começa a falar sobre o quão maneira ela é e, na metade do caminho, se dá conta de que a coisa é uma merda gigantesca? Então. A Fox Kids eu aguentei. High School Musical eu aguentei. Aguentei também a Demi Lovato, a Selena Gomes, os Jonas Brothers, o Zack e o Cody, Hanna Montana, o fim da LucasArts e até mesmo a Alice do Tim Burton, mas ver parte da minha infância ser assassinada assim é demais. E eu sei que isso soa babaca e clichê, mas ei, é da Disney que estamos falando.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Lantern_JC

    A Disney ainda publica uns gibizinho bem massa.

  • Loney

    Li os do Mickey, Pato Donald e vários outros e achava um saco… só o Zé Carioca salvava

  • Lantern_JC

    Pato Donald é massa pra caramba. E nem são quadrinhos com tanto cunho humorístico igual os “Turma da Mônica”. São mais focados em aventura mesmo.
    EU, particularmente, gosto. Mesmo os mais recentes mantém um estilo de arte clássico dos personagens, e isso dá o maior tom de nostalgia.

  • Loney

    O Donald é meu personagem preferido dentre os grandes, mas sempre preferi os filmes, desenhos e curtas

  • Ótimo texto, concordo com tudo, etc e tal, mas vamos ao que é importante: essa primeira imagem do post me fez lembrar de uma revistinha da Pequena Sereia que eu tinha. É meio bicha, mas foda-se. E um funfact: eu não sabia nem ler na época.

    http://24.media.tumblr.com/222dbeb3b991c3333cc7059c93b74c1f/tumblr_n2qf43ywJA1qajbako2_400.jpg

  • Loney

    A Pequena Sereia era bem melhor na minha memória, pra ser sincero

  • Na verdade, eu nunca assisti. Tive muito gibi e revista de atividades da Disney, mas não era muito de assistir quando era pequeno não.

  • Aline Esteves

    me senti excluída desse texto

  • Ingrid M H Pianta

    Eu sou antiga , velha entao li muitos gibis e vi muitos filmes da Disney como Bernardo e Bianca , Os Dalmatas , etc , etc ….

busca

confira

quem?

baconfrito