Dead Snow (Død Snø)

Filmes bons que passam batidos quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Um grupo de amigos decide passar as férias de Páscoa em um chalé localizado nas montanhas geladas de Øksfjord, Noruega. Mais tarde, eles são surpreendidos por algo terrível: Nazistas Zumbis.

Sim, você leu certo. NAZISTAS ZUMBIS, PORRA! Ou melhor, NAZISTAS ZUMBIS NA NEVE, PORRA!

Logo nos primeiros minutos do filme, temos um diálogo (Um dos melhores, pois a maioria deles é fraco ou forçado) bacana. Na estrada, em direção ao tal chalé, os homens conversam sobre como uma cuspidela pode salvar a sua vida caso você seja pego por uma avalanche.

De tão desinteressantes, nem vou falar muito dos personagens humanos. Só é bom saber que eles são estudantes de medicina e, curiosamente, um deles é hematofóbico. Ah, também tem o gordinho fã de filmes de terror (O filme homenageia e referencia filmes como Sexta-Feira 13, Evil Dead, Dead Alive e até mesmo Shaun of the Dead).

Com exceção do diálogo mencionado acima, a primeira metade do filme é um saco. Acredito que foi por conta disso que muita gente desistiu de assistir Dead Snow até o fim. E se você ainda não assistiu, provavelmente terá vontade de fazer o mesmo. Mas não faça! Depois que os zumbis atacarem o chalé (Ou cabana, foda-se), só vai ter cena maneira.

Durante a parte “saco” do filme, a galera tá lá aproveitando a vida e festejando, até que um velho misterioso aparece DO NADA e começa a contar pros outros personagens uma história de terror misturada com fatos históricos. Aí ficamos sabendo que o norte da Noruega sofreu muito com a ocupação nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Os alemães invadiam as casas da região, coletavam todas as riquezas que viam (E olha que, só na base da pilhagem e do latrocínio, conseguiram juntar bastante coisa) e matavam impiedosamente aqueles que tentassem impedi-los. E segundo o velhote, os moradores enfurecidos se rebelaram, emboscaram e mataram alguns nazis, resultando na fuga dos que sobreviveram para essas montanhas. Não se sabe exatamente como os soldados alemães se transformaram em zumbis, mas tudo indica que foi algum tipo de força demoníaca ou maldição (Nope, nada de Vírus dessa vez). É claro que ninguém dá importância pra o que o velho diz e ele acaba se mandando dali.. Mas hein? O cara sabe tudo sobre dos zumbis, mas mesmo assim vive em uma barraca no meio da montanha? É, e aposto que o Tommy Wirkola escreveu essa parte do roteiro enquanto cagava em um banheiro público.

Um tempo depois, o gordinho vai pegar uma cerveja e encontra uma caixinha cheia de tesouro. Nem preciso dizer que isso tem muito a ver com a história de terror do velho, né?

 O legal é que o gordinho morre usando uma camiseta do Braindead haha.

E como todo ser humano é desprezivelmente ambicioso, eles nem pensaram duas vezes antes de socar uma quantia daquilo em seus bolsos. Pronto, merda feita. Agora os soldados mortos-vivos irão buscar o que lhes pertence.

Finalmente chegamos na segunda metade do filme! Daqui pra frente, não vou me aprofundar no enredo porque é justamente nessa parte que o filme começa a valer a pena.

Mini-spoiler: MUITO sangue e MUITA neve!

 Isso que eu chamo de “ataque soviético” (Me perdoem, eu tive que fazer essa piada)!

Antes de terminar essa resenha, vamos falar um pouco sobre o coisa mais legal do filme todo: Os próprios nazi zombies, é claro! Wirkola disse em uma entrevista que acrescentar elementos nazistas aos zumbis era a melhor maneira de torná-los ainda mais repugnantes e malvados. E não é só pelo fato de serem ex-seguidores de Hitler que os zumbis de Dead Snow se diferenciam dos padrões atuais de mortos-vivos. Eles não são muito chegados em comer gente (Sério, apesar de brutalmente mortos, ninguém é devorado no filme). O problema é que eles são muito materialistas (Acho que não é a palavra certa, mas você entendeu) e isso quer dizer que você será caçado até a morte se estiver levando consigo uma parte de suas riquezas.

O ambiente e o cenário do filme também são outros pontos positivos. Sem contar que estes são, provavelmente, os zumbis mais bem vestidos da história do cinema (E o uniforme do chefão lá? Foda demais).

 Zumbis em uniformes de guerra correndo com o pé afundando na neve = coisa mais engraçado do mundo.

Dead Snow tinha tudo pra ser genial, entretanto, o máximo que Wirkola nos oferece é uma mistura heterogênea de terror ruim com diversão. E pra quem ainda não assistiu, três coisas eu garanto: Você vai rir, você vai se divertir e você vai gostar do final.

Dead Snow

Død Snø (90 minutos – Comédia)
Lançamento: Noruega, 2009
Direção: Tommy Wirkola
Roteiro: Tommy Wirkola & Stig Frode Henriksen
Elenco: Charlotte Frogner, Stig Frode Henriksen, Bjørn Sundquist, Ane Dahl Torp, Jenny Skavlan

Gustavo Kondo gosta de cavucar a internet em busca de filmes de zumbis nazistas noruegueses mas tem nojinho de sangue. Quer ter seu texto publicado aqui também? Siga esses passos simples!

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Igor Yozen

    daora hein Gus! o gordinho fã de filmes de terror sou eu!! AHUAHAUAHAUHUAHAUHAAAHUHAUAHAUAHAUHA já te falei isso mas raxei quando li essa parte!!!!

  • M.

    só eu que achei que o filme era de terror???
    aí gus, parabéns, bela “resenha” ou digo, “spoiler” hahhaha
    forte abraço!

  • Deh Fig

    noruega? sério? obrigada, de verdade.
    fiquei o filme todo tentando descobrir que lingua era aquela e onde eles estavam… agora vou ler o resto da resenha

  • Deh Fig

    o ataque soviético é muuuuuito engraçado, mas o melhor é quando uma das antas é mordida e tem aquela ótima ideia ahauhaua (nessa hora eu não aguentei e comecei a falar com a tv “NÃO É ASSIM QUE FUNCIONA”)

  • Sr. Omar

    carai… os zumbis já são tão organizados que tem afiliação politica? que bosta de enredo, qual a diferença de zumbi nazi pro resto. só não é o pior enredo pq apollo 18 conseguiu superar a imoralidade desse sub-genero de terror, apelando para fatos históricos para dar enfase ao surrealismo. Trágico…

  • Qualquer imbecil nota que eles são zumbis nazistas porque eram nazistas ANTES de virarem zumbis, gênio.

  • Boa resenha. Além analisar o filme sem quebrar o efeito surpresa, esta resenha conta com ótimos screenshots – sacada quase genial.
    Parabéns!

  • DM.

    muito loko o jeito q comenta sobre o filme, como o recomendado assisti um poquinho do começo e a segunda metade…FODA! b

busca

confira

quem?

baconfrito