Anjos da Lei (21 Jump Street)

Cinema quinta-feira, 03 de maio de 2012

 Schmidt (Jonah Hill) e Jenko (Channing Tatum) eram inimigos no colegial que se tornaram parceiros improváveis durante a Academia de Polícia. Por enquanto, eles ainda não são os melhores policiais da turma, mas tem a chance de virar esse jogo quando se juntam a unidade secreta do departamento, 21 Jump Street, coordenada pelo capitão Dickson (Ice Cube). Eles trocam suas armas e distintivos por mochilas e usam sua aparência jovem para ficarem à paisana.

O problema é que os adolescentes de hoje em dia não são nada parecidos com os de alguns anos atrás; e Schimdt e Jenko descobrem que tudo o que eles sabiam sobre ser um adolescente – o sexo, drogas e rock’n’roll – está errado. Mais importante, eles descobrem que ainda lidam com os problemas da adolescência que não foram resolvidos na época – e ambos terão que enfrentar o terror e a ansiedade de ser de novo um adolescente e lidar novamente com questões que achavam já ter deixado para trás.

Pelo pôster, cê logo imagina que é uma daquelas comédias padrão em que os policiais se disfarçam de algo que nem de longe parecem, e mesmo assim ninguém nota, tipo As Branquelas. Ou pior, uma comédia adolescente, coisa que já me dá calafrios. Mas, felizmente, apesar de termos esse tipo de piada aqui e ali, não é o caso. E, numa puta sacada, o roteiro faz referência aos clichês de filmes policiais que todos nós [Ou só os mais velhos] conhecemos e amamos.

Mas vamos ao que interessa: O filme. Tudo se inicia com Schmidt, que nada mais é do que uma versão gorda do Eminem, e Jenko, que tá mais pro Conan de jaqueta do time de futebol. Como dá pra notar, são estilos opostos: O clássico nerd tentando se enturmar, e o valentão fodão burrão. Mas, no final, ambos estão unidos por um motivo: A porra do filme Nenhum deles foi pra formatura.

 Por motivos diferentes, do mesmo jeito que essas caretas.

Anos se passam, cabelos se normalizam [Porque todo adolescente quer mostrar rebeldia pelo cabelo?] e eles se encontram na academia de polícia. E aquela parceria clichê aparece: Schmidt é cérebro, Jenko é músculo. O primeiro auxilia o segundo nas provas, e o outro ajuda o um no condicionamento físico. E eles são aprovados, vão pro trabalho e todo mundo fica feliz. Ou será que não?

 Calma, tá só começando.

Não, eles fazem uma merda bem grande na tentativa de primeira detenção, e acabam sendo transferidos pro 21 Jump Street, que nada mais é do que uma divisão de policiais jovens e inexperientes que entra em colegios a paisana para estourar operações por dentro. Ou algo assim. Mas é claro que eles vão acabar se envolvendo demais e cagando na porra toda, sendo afastados do caso.

 “Eu não faço ideia do que eu tou fazendo.”

Bom, eu não quero revelar demais pra não estragar eventuais surpresas [Já que humor também é inesperado], mas o que importa é que o Johnny Depp só faz uma participação especial. E o filme é do caralho, bem melhor do que eu esperava.

Anjos da Lei

21 Jump Street (109 minutos – Comédia)
Lançamento: EUA, 2012
Direção: Phil Lord e Chris Miller
Roteiro: Michael Bacall e Jonah Hill, baseados na série de televisão de Patrick Hasburgh e Stephen J. Cannell
Elenco: Channing Tatum, Jonah Hill, Brie Larson, Dave Franco, Johnny Simmons, Ice Cube, Jake M. Johnson, Johnny Depp, Dakota Johnson

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito