Amor Extremo (The Edge of Love)

Cinema quinta-feira, 07 de janeiro de 2010

 Amor Extremo é baseado em histórias reais que giram em torno de duas mulheres muito a frente do seu tempo e seus amores. Caitlin e Vera, o soldado apaixonado por Vera, William, e do brilhante e incorrigível Dylan casado com Caitlin. Em meio as incertezas da guerra promessas são quebradas, e o relacionamento dos dois jovens casais se entrelaçaram de maneira perigosa e arriscada. A única coisa mais perigosa que uma guerra, é o amor.

Sabe aqueles filmes que você entra esperando ver um negócio meia boca, e sai convencido de que era… pior ainda? Pois é, esse é o caso de Amor Extremo. Eu achei que ia ser um romance meio bobinho, mela cueca, piegas, coisa e tal. Mas na verdade é um drama cretino, que mostra um monte de gente imatura na Inglaterra durante a Segunda [Ou é a Primeira?] Guerra Mundial.

O pior que eu vi, em alguns lugares, que o filme é uma biografia do poeta Dylan Thomas [Que eu nunca vi mais gordo]. O problema nessa definição, pra começar, é que o cara é um coadjuvante. E mala. Sério, dava vontade de socar o maluco, de tão viadinho que ele era.

 Eles não são os principais?

Te juro, achava que o filme girava em torno da história de Vera Phillips, uma mocinha descuidada que acabou dando… bola pro soldado William Killick. Só que Dylan, o poeta baitola, era gamado em Vera. E não queria perde-la. Ao mesmo tempo que não queria perder a mãe de seu filho e sua esposa, Caitlin MacNamara.

 Se bem que eu não ia querer largar uma tetéia dessas, também.

Acontece que Vera se casou com William, e os quatro foram morar no interior de São Paulo da Inglaterra, do lado de uma praia feia e deserta. Só que a guerra continuava comendo, independente do amor deles estar acontecendo ou não. E ele foi lá, dar tiro em alemão.

 “Eu te amo!” “Então me traga um escalpo de nazista!”

Mas, como eu disse, o poeta lá é um viadinho, e ficou pentelhando e fazendo merda e todo tipo de coisa que te deixa com raiva e vontade de socar ele. Porra, parece até aquelas crianças mimadas que não apanharam o suficiente da mãe, o que te deixa com vontade de completar o serviço. Que bom que ele morre no final.

Amor Extremo

The Edge of Love (110 minutos – Drama)
Lançamento: Reino Unido, 2008
Direção: John Maybury
Roteiro: Sharman Macdonald
Elenco: Cillian Murphy, Keira Knightley, Sienna Miller, Matthew Rhys

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Jake

    Um filme tão chato que dura quase duas horas, eu não teria paciência nem de ver até o final.

  • Beck

    “Dylan Thomas [Que eu nunca vi mais gordo].” Dylan Thomas é o poeta que Bob Dylan homenageou ao mudar seu nome em meados do século XX.

  • @Beck
    Parabéns, mas… porque eu deveria saber disso, se nem sou fã do Dylan? O Bob, no caso.

busca

confira

quem?

baconfrito