A Tumba e Outras Histórias (H.P. Lovecraft)

Livros segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sabe aquelas estórias (Ou seriam “histórias”?) que velhos estranham nos contam no crepitar da lareira, à meia-noite? Pois é, H.P. Lovecraft não chegou nos seus 90 anos (Aparentando uns 318…), mas definitivamente farão vocês inúteis terem pesadelos e se borrarem enquanto dormem.


A Tumba e Outras Histórias é (Obviamente) uma coletânea de estórias escritas por Lovecraft, contando com textos de quando o autor era adolescente (Como A Transição de Juan Romero) e textos que o tornariam famoso (Caso de A Tumba), além de alguns contos inacabados (Sendo O Descendente um deles).

Desde os 15 anos (De quando datam algumas das suas primeiras estórias), Lovecraft demonstrava grande talento para criar contos de terror, baseados principalmente na questão do imaginário, apelando para que o próprio leitor criasse o medo que Lovecraft queria instaurar nas pessoas. São raros os momentos em que o autor fala diretamente do que causa o medo (Ou ao menos predende causar medo) para os personagens de suas histórias (No caso deste livro, todos os contos são escritos em primeira pessoa).

O livro conta com um total de 17 contos (Sendo um deles escrito com o nome de Houdini), todos contando com elementos em comum: A narrativa em primeira pessoa, o medo (E a atração) pelo desconhecido e principalmente os finais com brechas para a total interpretação do leitor (Isso é considerado spoiler?). Interessantemente, mesmo com elementos repetidos, as narrativas não se tornam entediantes e repetitivas, muito menos previsíveis.

Por parte das estórias do livro, os destaques ficam para O Festival, O Horror em Red Hook e Entre as Paredes de Eryx. Entre as primeiras histórias ficam A Fera na Caverna, O Alquimista e A Transição de Juan Romero. Azathoth e O Descendente dariam ótimos contos e até mesmo livros, se bem desenvolvidos (O que não seria um problema para Lovecraft).

Não tenho um conto favorito neste livro, mas mesmo com a repetição de elementos é uma leitura extremamente interessante. O conto que destoa em relação aos outros é Entre as Paredes de Eryx, uma aventura que se passa em Vênus (É estranho pensar em alguém usando uma roupa de couro para sobreviver em outro planeta, mas enfim), mas apesar de não ter nada em relação a “coisas do além”, se encaixa muito bem no livro. A Tumba e Outras Histórias definitivamente é um livro de coleção, perfeito para se ler em frente à lareiras, durante a noite e com o vento fazendo as janelas baterem.

Howard Phillips Lovecraft nasceu nos Estados Unidos em 1890, ficando famoso por seus contos de terror que vieram a inspirar músicas do Metallica, Iron Maiden e Black Sabbath (All Nightmare Long, That is Not Dead e Behind the Wall of Sleep respectivamente). H.P. Lovecraft morreu em 1937, com 46 anos.

A Tumba e Outras Histórias


The Tomb and Other Tales
Ano: 2010
Autor: H.P. Lovecraft
Número de Páginas: 212
Editora: L&PM Pocket

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Eu acho livros de Terror incríveis, já li um monte e achei o próximo da lista =D H.P. Lovecraft me lembrou o Edgar Allan Poe. Vou Ler esse livro.

busca

confira

quem?

baconfrito