Uma palavra sobre a crítica

baconfrito sábado, 01 de dezembro de 2012

Estava tranquilamente cuidando da minha vida e navegando no Bacon, lendo o comentário dos nossos amados leitores e me deparei com um comentário de uma dessas pessoas que possuem o intelecto de um homem de neanderthal sobre um texto do meu companheiro de site Jo, o gordo. Isto me incentivou a escrever um texto sobre crítica, de modo geral.

O que escrevera tal rapaz? Bom, entre xingamentos e erros de português, ele acabou por concluir que só quem gosta de The Walking Dead deve escrever sobre The Walking Dead. O que isso quer dizer, meus amigos? Que nosso companheiro que teceu tal comentário não admite que existam posições contrárias a dele.

Um site como o Bacon, que é especializado em opinião e crítica, faz o quê? Ele faz isto: Seus colunistas e redatores dão suas opiniões sobre um assunto e fazem críticas sobre filmes, livros, seriados, jogos e todas as coisas que nós falamos aqui. É esse nosso papel. Não é nosso papel ser condescendentes com nossos leitores e com os gostos deles. Se uma série está na moda e achamos que ela tem um defeito, chegamos aqui e falamos. Note que você não é obrigado a concordar conosco, é sua opinião contra a nossa, porém não incorra no erro de exigir que, se não gostamos de uma coisa, não escrevamos sobre elas. Muitas pessoas levam em consideração o que escrevemos e tentamos ser referência para que essas pessoas possam fazer escolhas acertadas de entretenimento, claro, que por escolha acertada consideramos aquilo que nós gostamos.

O papel da crítica é justamente esse, tecer uma opinião subjetiva. Por mais que se tente embasar em alguma teoria, dar um padrão, quase que com rigor científico, a verdade é que no final das contas tudo aquilo que nós falamos é subjetivo, isso do crítico do Bacon Frito ao do New York Times.

Não concordar com uma crítica é algo comum e o conflito é a pedra filosofal do debate. Porém, pessoas que não sabem lidar com a opinião alheia estão na estirpe mais baixa da sociedade, que para mim, pelo menos, são os autoritários. São essas pessoas que, como Hitler, Stalin e Médici, matam as outras por discordarem.

Leia mais em:

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito