Trazendo à Realidade 2.0 – Killer Croc

Nona Arte quarta-feira, 26 de Maio de 2010

Por algum motivo, répteis são uma classe de animais não muito bem vistos por aí. Isso provavelmente se deve ao fato de suas representantes mais notórias, as cobras, serem extremamente perigosas, em sua maioria. Por isso, temos inúmeros vilões de filmes/séries, HQs e animações que utilizam tais seres como tema ou fonte de poder/temor. Entre os maiores répteis existentes, estão os crocodilos, jacarés e cia, conhecidos pelo seu couro, utilíssimo na produção de sapatos e valises.

Apesar das inúmeras tentativas de zoófilos e cães no cio, o cruzamento interespécies ainda é impossível, e portanto, nada de dizer que o Croc é filho de um jacaré. A criação de seres transgênicos também ainda não chegou a esse nível, portanto, nada de saladas de genes por aqui. E, para constar, a história dele não muda: Moleque feio como o cão chupando limão é abandonado pelos pais, cresce em meio selvagem e se torna um criminoso.

Vejamos… cês se lembram do Juggernaut? O rato de academia? Pois bem. Tentem se lembrar do cara mais estupidamente anabolizado que cê já viu na vida. Agora, invadam o universo de Dragon Ball Z, aprendam a dancinha ridícula da fusão. Voltem, encontrem esse cara:

Ensinem aos dois a dancinha ridícula da fusão, com o argumento de que é a nova dança do Rebolation ou qualquer que seja a merda musical em voga no momento. Espere por alguns segundos, e, quando eles se fundirem, chame o Bátima para colocar esse maldito na cadeia.

O Croc, obviamente, não teria cauda (D’oh!). Seria um rato de academia e praticante de esportes fanático por tatuagens e modificação corporal, o que iria, aos poucos, deixá-lo com uma aparência reptiliana. Isso explica as habilidades físicas (Resistência, velocidade, sentidos etc. sobrehumanas) e maior parte dos aspectos estéticos (Aparência, dentes e unhas afiados). Sua pele, muito calosa, se tornaria um escudo para danos menores, como arranhões e cortes, além de servir como armadura, absorvendo impactos razoáveis.

Até onde eu saiba, membros humanos decepados são incapazes de se regenerar de modo integral, portanto, esqueçam o cara que faz braços e dentes crescerem durante uma noite de sono. Ou ele tem MUITO dinheiro e um time de cirurgiões a postos 24/7, ou será aleijado pelo resto da vida.

Quanto à carreira criminal, Croc provavelmente não mudaria muito seu perfil da ficção: Ladrão de bancos, sequestrador e assassino, se utilizando de sua aparência bizarra para amedrontar suas vítimas. A coisa, entretanto, mudaria caso ele fosse preso. Se as pessoas já são normalmente implicantes se seu time de futebol difere do deles, imagine se você nem sequer parecer humano… É, rapaz, vai ter muito bandido com carteira de couro de crocodilo em Gotham…

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito