Transformers: A Vingança dos Derrotados (Transformers: Revenge of the Fallen)

Cinema segunda-feira, 22 de junho de 2009

 Dois anos se passaram desde que o jovem Sam Witwicky salvou o universo de uma batalha decisiva entre duas raças de alienígenas robóticos em guerra. Apesar de seu extremo heroísmo, Sam é ainda um adolescente comum, com as ansiedades diárias sobre ir para a universidade, deixando para trás sua namorada Mikaela e separando-se de seus pais pela primeira vez. Justamente quando a vida está quase normal na faculdade de Sam, ele repentinamente é perturbado por visões que brilham em seu cérebro como raios. Com medo de estar sofrendo da demência que atormentava seu avô, Sam mantém suas visões em segredo até que não consegue mais ignorar as mensagens e símbolos que passam através de sua mente. Apesar de seus melhores planos, Sam está novamente no centro de um cabo de guerra entre os Autobots e os Decepticons com o destino do universo em jogo. Sem que seja do seu conhecimento, somente Sam tem a chave para o resultado da luta entre o mal e o supremo poder do bem.

Como começar uma resenha desse nível sem cair nos clichês? Ah, fodam-se os clichês. Transformers: A Vingança dos Derrotados é um filme foda pra caralho. Você tá com esperança de ver grandes atuações? Um roteiro muito bem amarrado? Uma fotografia espetacular? Cara, vou te contar, nem prestei atenção nisso, já que é um filme PIPOCÃO de qualidade. Antes de sair de casa, fiz questão de deixar o cérebro lá, pra não haver conflitos. Afinal, pra que eu vou ficar pensando ou coisa do tipo, quando o cinema mostra batalhas de robôs gigantes onde o PAU TÁ COMENDO BONITO?! Pra que eu vou ficar pensando na beleza da fotografia, quando tem Megan Fox de shortinhos em cima de uma motoca maneira? De que me interessa atuação, num filme em que boa parte dos personagens não existe fora do computador?

 Não querendo estragar suas fantasias nem nada… Mas esses caras não existem.

Pra quem não assistiu o primeiro, não importa, mesmo. Não notei muita ligação com ele. E nem precisa, já que os elementos que serão usados nesse filme estão nele, e pronto. Se você viu o primeiro, é claro que vai encaixar coisas e tal, mas não perde nada se não tiver visto. Vamos ao pano de fundo pro quebra-quebra generalizado: Sam Witwicky, depois de salvar o mundo [Ou ajudar os robozões a fazer isso], resolve ir pra faculdade. E deixa Mikaela, a gostosa, e Bumblebee, o Camaro maneiro, pra trás. Por que? Teoricamente, porque novatos não podem ter carro na faculdade.

 Eu não largava uma dessa [E um Camaro que vira um robô gigante] por faculdade nenhuma no mundo!

A grande merda é que, mesmo na faculdade, os robôs from hell, ou Decepticons, continuam causando problemas. E dessa vez é por conta de, como dito ali na sinopse ali em cima, visões na sua mente. E não, ele não tá usando dorgas. Considerando que, por conta de tais visões, o cabra tá sendo procurado por robôs gigantes que querem o couro dele, usar drogas seria a última coisa que ele devia fazer, inclusive. Só que, dessa vez, eles tem um plano mais bem elaborado… Que eu não vou contar, senão estraga boa parte da graça do filme.

 “Sam, precisamos de você novamente, pra ganhar uma pilha de dinheiro e reformar o pessoal!”

O climax do filme é tão foda que eu, mesmo com uma PUTA vontade de ir mijar, não conseguia sair da cadeira. E aqui fica uma recomendação que eu acho que já fiz: Não beba muito líquido antes de assistir o filme, é mais provável que cê vá mijar nas calças que sair pra fazer isso e perder partes do filme.

 “FILHO DA PUTA!”

As cenas de batalha tão melhores que o primeiro, já que não mostram só um monte de metal se retorcendo. Ok, É um monte de metal se retorcendo, mas dessa vez, por mais que tenha havido uma batalha de trocentos robôs, além de um Megazord, as batalhas foram mostradas melhor que no primeiro filme. Minha única ressalva pra esse filme foi… não terem dado tanta atenção quanto deviam pra Megan Fox. É triste…

Transformers: A Vingança dos Derrotados

Transformers: Revenge of the Fallen (147 minutos – Ação)
Lançamento: EUA, 2009
Direção: Michael Bay
Roteiro: Ehren Kruger, Roberto Orci e Alex Kurtzman
Elenco: Megan Fox, Shia LaBeouf, Hugo Weaving, Rainn Wilson, Josh Duhamel, John Turturro, Frank Welker, Isabel Lucas, Tyrese Gibson, Peter Cullen

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Caio, The Eldar

    desculpe, mas nda mais fez sentido depois de “Megan Fox de shortinhos”…

  • Danillo

    Afinal, pra que eu vou ficar pensando ou coisa do tipo, quando o cinema mostra batalhas de robôs gigantes onde o PAU TÁ COMENDO BONITO?! Pra que eu vou ficar pensando na beleza da fotografia, quando tem Megan Fox de shortinhos em cima de uma motoca maneira? De que me interessa atuação, num filme em que boa parte dos personagens não existe fora do computador?

    Falou tudo, Pizurk.

busca

confira

quem?

baconfrito